Médicos cubanos estão em 62 países e são maior fonte de divisas

(Arquivo) Médicos cubanos em Brasília, em 22 de outubro de 2013 – AFP/Arquivos Médicos cubanos trabalhavam em 62 países no fim de 2016, em 35 dos quais o governo cobrou por seus serviços, segundo estatísticas oficiais publicadas nesta segunda-feira. A venda de serviços profissionais, fundamentalmente médicos, é a principal fonte …

Leia mais