“Sou nazista, sim”: O protesto da extrema-direita dos EUA contra negros, imigrantes, gays e judeus

“Fogo! Fogo! Fogo!”, gritavam os manifestantes, enquanto se aproximavam do grupo de estudantes. Direito de imagem Reuters Image caption Protestos carregando tochas marcam a história de grupos supremacistas como a Ku Klux Klan Centenas de homens e mulheres carregando tochas, fazendo saudações nazistas e gritando palavras de ordem contra negros, …

Leia mais