Felipe Carreras anuncia cerca de R$ 10 milhões para Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Deputado Felipe Carreras anuncia cerca de R$ 10 milhões para Fernando de Noronha

O deputado Felipe Carreras vai à Ilha de Fernando de Noronha, nesta quarta-feira (13), para anunciar a destinação de cerca de R$ 10 milhões em emendas parlamentares para o arquipélago.

O valor será destinado para a requalificação de ruas (R$ 500 mil), saúde (R$ 500 mil), a aquisição de um castramóvel, que será utilizado para controlar a população de cães e gatos, além de oferecer serviços veterinários, e a requalificação do aeroporto (R$ 8,5 milhões).

O anúncio será feito durante visita ao Hospital São Lucas, para onde o próprio Carreras já destinou R$ 535 mil em anos anteriores para a aquisição de 133 equipamentos, entre eles o ultrassom que deve ser entregue na próxima semana.

“Sempre tive um carinho muito especial por Fernando de Noronha. Acredito que a Ilha é um dos principais destinos turísticos do mundo e por isso precisa de cuidados permanentes. Além disso, precisamos cuidar dos ilhéus, das pessoas que moram e que mantem aquele local. Por isso sempre será um prazer contribuir com uma melhor qualidade de vida daquelas pessoas”, afirmou.

Outra grande novidade será o início das obras de balizamento noturno do Aeroporto até o final do mês de novembro. Esta era uma luta antiga do parlamentar, desde que esteve como secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado. “Não poderíamos permanecer sem a possibilidade de socorrermos as pessoas que precisam de atendimento médico de urgência no período noturno, na ilha. Hoje, se uma pessoa precisar ao Recife após o sol se pôr, ela precisa esperar o sol nascer novamente, pois o aeroporto não possui condições de receber aeronaves à noite. Após o balizamento, o salve aéreo poderá chegar e sair da Ilha a qualquer hora”, afirmou Carreras.

Esta não é a primeira vez que o deputado federal Felipe Carreras tem uma atenção especial com a ilha de Fernando de Noronha. Enquanto esteve como secretário estadual, ele reformou a usina de compostagem, com um investimento de R$ 24 milhões, instalou o Bike Noronha, melhorando a mobilidade da Ilha, e levou a Academia ao ar livre, onde todos podem praticar exercícios de forma gratuita, para a Vila do Trinta. Isso sem contar com a instalação do letreio no Porto e a reforma de 19 ruas, no valor de R$ 12 milhões.


Nova atração no Mirabilandia: o game multissensorial Dark Ride

O DARK RIDE XD É UM GAME MULTISSENSORIAL DE ORIGEM CANADENSE, COM TECNOLOGIA DE PONTA E MUITOS EFEITOS ESPECIAIS

Novembro chegou com tudo no parque de diversões Mirabilandia, que funciona ao lado do Centro de Convenções, em Olinda. O Dark Ride XD é um game multissensorial de origem canadense com tecnologia de ponta e muitos efeitos especiais. Tem estrutura que lembra um cinema, mas além dos óculos e das poltronas especiais que se mexem de acordo com o que se passa na tela, o filme é, na verdade, um jogo com total participação do público. Possui gráficos 3D em tempo real, muitas sensações reais e um sistema de pontuação individual que estimula rounds competitivos e saudáveis entre os intitulados “caçadores de diversão”.

O Dark Ride tem estrutura para receber partidas com até oito competidores, em dois jogos: Los Banditos, com temática western, e Gigamon, de alienígenas. A nova atração está localizada perto da praça de alimentação do parque e o ingresso custa R$ 12.

HORA DO TERROR – a atração continua em cartaz até dezembro, reunindo grande público de sexta a domingo, das 17h45 às 19h45 na área de eventos do parque, tendo como tema “O Espetáculo”. O personagem principal é o Palhaço Dançarino, responsável por apresentar os números e as surpresas que acontecem sob a lona. Cerca de 150 pessoas estão envolvidas na encenação, sendo mais de 110 personagens, que contam uma história recheada de mistério, suspense, aventura e terror.

Os monstros circulam durante duas horas nas áreas demarcadas, mantendo a maior parte do parque livre para as crianças menores e para quem não quer participar das brincadeiras aterrorizantes, reforçando que não é recomendada para pessoas cardíacas, hipertensas, grávidas ou que estejam acompanhadas de bebês.

O evento Hora do Terror está incluído no passaporte. Apenas neste final de semana (8 a 10 de novembro), todo o público paga meia entrada (R$ 45), sem precisar apresentar carteira de estudante ou outro documento.

Outras informações e promoções no site www.mirabilandia.com.br


Prefeitura do Recife discute novos usos do Pátio de São Pedro

Resultado de imagem para Pátio de São Pedro
Apresentação de projeto aconteceu na tarde desta segunda-feira (11)

A Prefeitura do Recife reuniu, na tarde desta segunda-feira (11), artistas, ativadores culturais, chefs de cozinha e demais representantes da sociedade civil para apresentação do Projeto Pátio Criativo. O plano tem o objetivo de criar mecanismos de participação popular e de construção colaborativa de políticas públicas, para uma ocupação mais criativa e efetiva do Pátio de São Pedro. A reunião aconteceu na Sacristia da Igreja São Pedro dos Clérigos. 

Criado pelas secretarias de Cultura e de Turismo, Esportes e Lazer e pela Fundação de Cultura Cidade do Recife, o projeto prevê a complementação do atual calendário cultural do Pátio de São Pedro com uma série de outras programações e intervenções, que já começaram a sair do papel, por meio de atividades como o IV Festival Delícias da Comunidade e a Mostra de Turismo Criativo do Recife, realizados nos últimos meses de agosto e outubro.

“Esse projeto é fruto de muitas conversas que já tivemos com empresários locais e sociedade civil em geral. Estamos inserindo o Pátio de São Pedro, equipamento cultural e histórico dos mais importantes da cidade, num processo inovador de ocupação pautada pela criatividade, para atrair cada vez mais recifenses e turistas para viver a cidade e suas maiores riquezas”, explicou Ana Paula Vilaça, secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife.

Tendo como objetivos a dinamização turística e econômica daquele entorno histórico por meio de intervenções criativas e inteligentes, estimulando novos usos e ocupações, melhorias urbanas e reforço no calendário de eventos que usam o Pátio como cenário, o projeto terá a participação popular em cada uma de suas etapas, promovendo escutas sistemáticas com usuários e empresários do entorno, além de representantes de movimentos culturais e sociais os mais diversos.

“Tanta gente diferente reunida em torno do Pátio acende em mim uma esperança de um grande futuro para um entorno que ostenta um passado tão eloquente”, disse a secretária de Cultura Leda Alves. “Estamos prontos para construir um Pátio de São Pedro cada vez mais vivo, com a participação popular que é essencial a qualquer projeto que se pretenda bem sucedido. Quanto mais escuta, menos erro”, acrescentou Diego Rocha, presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

A próxima reunião do calendário de encontros que consolidam a instância de governança participativa do Pátio de São Pedro foi marcada para o próximo dia 21, às 9h, na mesma Sacristia da Igreja São Pedro dos Clérigos. Na ocasião, deverão ser definidas as primeiras atividades do novo calendário criativo, para começar a escrever, a muitas mãos,  os próximos capítulos da longa história do Pátio de São Pedro.

O pátio

Datado do século XVIII, o Pátio de São Pedro é palco de festejos importantes da cidade, como o Carnaval e o São João. Tombado desde 1938, seu entorno é protagonizado pela Igreja de São Pedro dos Clérigos, joia do barroco brasileiro erguida a partir de 1728, que está rodeada por outras construções históricas, onde funcionam vários equipamentos públicos, mantidos pela Prefeitura do Recife, como os memoriais Chico Science e Luiz Gonzaga, o Núcleo de Cultura Cidadã e o Núcleo da Cultura Afro-Brasileira, além de restaurantes e bares, que temperam, há décadas, o lugar.


Primeira etapa da Via Parque é inaugurada em Caruaru

Resultado de imagem para Primeira etapa da Via Parque é inaugurada em Caruaru

(Fotos: Arnaldo Felix )

Os caruaruenses receberam, nesse domingo (10), a entrega da primeira etapa da Via Parque, que vai do Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga até a BR-104, com extensão de 2,2 quilômetros. Denominado de Parque Esportivo Divinópolis, o espaço conta com pista de cooper, ciclovia, academia da terceira idade com equipamentos específicos, pista de skate, quadra de futebol de areia, quadra de vôlei de areia, quadra de basquete, dois playgrounds, academia, salas de apoio para academia e segurança pública, fonte seca, praça de estar, ecopontos, calçadas acessíveis, paisagismo ao longo da via, além de iluminação de LED em todo o percurso. Um investimento de mais de R$ 4 milhões.

Marcada pelo número de esportistas e amantes da prática de exercícios físicos, além de muitas crianças e pessoas da terceira idade, a solenidade foi aberta pela prefeita Raquel Lyra e também contou com a presença parlamentares e secretários municipais. “Essa obra foi construída por toda Caruaru, garantindo que as pessoas se sintam integradas com toda a cidade, numa ligação que se estende por vários bairros, trazendo mais qualidade de vida para pessoas, com lazer, esporte e segurança. Esta é apenas a primeira etapa que está pronta para todos vocês. A segunda já está com obras a todo vapor e, logo mais, em fevereiro, também estará disponível para toda a população”, pontuou Raquel Lyra.

Composta por três etapas, a Via Parque ligará um total de 16 bairros da cidade, com 8,5 km de extensão. Nesta primeira etapa, os bairros contemplados foram: Divinópolis, Centenário, Maurício de Nassau, Centro e Monte Bom Jesus. Na segunda fase, a obra ligará os bairros Vila do Aeroporto, Vila Padre Inácio, Sol Poente, Kennedy, Maria Auxiliadora, João Mota e Boa Vista I e II.

Ainda na solenidade, a prefeita também assinou a ordem de serviço para o início da terceira etapa de obras, que será nos próximos dias, e beneficiará as localidades do Salgado, Riachão, Cedro, Cidade Jardim e Rendeiras.

(Do site da Prefeitura de Caruaru)


Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco é a primeira do Estado a lançar Código de Ética e Cartilha de Cultura Organizacional

setur

Lançamento das publicações foi nesta segunda-feira, pela manhã, no Centro de Convenções de Pernambuco. Próximo passo será a capacitação de todos os servidores   

A Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco lançou, na manhã desta segunda-feira, em evento na Sala Fernando de Noronha, no Centro de Convenções de Pernambuco, o Código de Ética e a Cartilha de Cultura Organizacional do órgão. A ação é pioneira entre as secretarias do Estado e veio para atender os requisitos definidos no Microsssistema Legal Anticorrupção. As publicações foram desenvolvidas no contexto do Programa de Integridade da Setur, concebido de fevereiro a outubro de 2019 pelo órgão.

O lançamento foi conduzido pelo secretário Rodrigo Novaes, ao lado do secretário executivo, Antônio Neves Baptista, e do vice-presidente da Empresa Pernambucana de Turismo, José Neves, e contou ainda com a presença da secretária da Controladoria Geral do Estado, Érika Lacet. Servidores da Setur e da Empetur também acompanharam a solenidade.

“É importante reforçar sempre os princípios éticos; no ambiente de trabalho e a criação do Código de Ética e da Cartilha de Cultura Organizacional da Setur vem para destacar isto. O pioneirismo da Secretaria em ações que prezam pela transparência só ressaltam a nossa preocupação com este tema”, afirmou o Secretário de Turismo e Lazer do Estado, Rodrigo Novaes.

Em linhas gerais, o Código atua como um manual de boas práticas para os membros da instituição, orientando acerca do comportamento nas relações internas e para com a população, além de aspectos como a segurança da informação. A iniciativa foi elogiada pela secretária da Controladoria Geral do Estado, Érika Lacet.

“É com grande satisfação que a gente recebe a notícia da implantação deste tipo de gestão na administração pública, que é de extrema importância para que os servidores tenham consciência do valor do comportamento ético e probo no cotidiano das instituições públicas. Hoje o Brasil atravessa uma fase muito difícil no tocante à corrupção e é muito importante essa capacitação e conscientização do servidores no sentido de trazer um serviço público melhor para a população”, destacou Érika. 

O Código de Ética tem o intuito de melhorar a qualidade do serviço prestado pelos servidores e ainda de reduzir falhas e riscos de integridade. O coordenador da Superintendência Jurídica da Setur, Raphael Ribeiro, destaca o trabalho conjunto realizado por integrantes de todas as diretorias da casa que culminou com a entrega das duas publicações.   

“Foi um trabalho de fevereiro a outubro, tocado pela Comissão de Desenvolvimento, composta por seis membros da casa, além do engajamento de mais de 50 pessoas para as definições das disposições. Contamos com o apoio do secretário Rodrigo Novaes, que determinou que fossem feitos os esforços necessários para conceber o Código e a Cartilha. Foram discutidas as identificações dos riscos e dos mecanismos de mitigação.O trabalho materializa as disposições do que pode ser feito por todos enquanto servidores da instituição”, explica Ribeiro.

O material produzido foi entregue à Controladoria Geral do Estado, que deverá analisar os textos e, assim que houver a aprovação, será Instalada uma Comissão de Integridade, que organizará a capacitação de todos os servidores. A cartilha será entregue, mediante recibo de comprometimento de todos os que compõem a secretaria. “A partir daí, vamos tocar o programa, com vigilância contínua em relação ao que foi definido como certo e errado, de forma objetiva”, finaliza o superintendente jurídico da Setur, Osmar Henrique Umbelino.


“Vocês não entenderam The Wall?”

cepe

Revista Continente de novembro traz HQ exclusiva sobre os 40 anos do icônico álbum do Pink Floyd, com direito a pôster

Todo mês a Revista Continente, publicação da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) oferece aos seus leitores uma história em quadrinhos. E a galera curte bastante o formato de leitura e os temas. Vide o sucesso que a HQ sobre a história de Alceu Valença, ilustrada por Celso Hartkopf alcançou nacionalmente. Neste mês de novembro a publicação traz 16 páginas da HQ Vocês não entenderam The Wall?, além de um pôster em homenagem aos 40 anos do álbum The Wall, do Pink Floyd. Considerado um dos melhores discos de rock de todos os tempos, lançado em 30 de novembro de 1979, trata-se da obra mais politizada da banda, pois desenhava o cenário opressor da época. 

A história contada pelo designer Yellow e ilustrada pelo também designer Thales Molina mostra como Roger Waters, frontman da banda, tem expressado ultimamente uma postura política em seus shows. Na última turnê, inclusive, muitos fãs reclamaram da abordagem política de Waters. Inclusive no Brasil, como contam os quadrinhos. “Quando a turnê passou pelo Brasil, antes das eleições presidenciais de 2018, Roger Waters fez homenagens a Marielle Franco, Mestre Moa do Katendê, e, principalmente, denunciou o candidato ultraconservador que terminou por vencer”. 

Estigmatizada como ‘banda psicodélica’, foi somente a partir do disco Dark side of the moon que o grupo passou a investir em letras com teor social. A HQ conta como foi produzido o show que depois virou filme, e como Waters passou de menino mimado egoísta a corajoso ativista. 

Confira a HQ na íntegra no site da Revista Continente no link abaixo:

https://www.revistacontinente.com.br/edicoes/227/voces-nao-entenderam–the-wall-r

Centro Cultural Cais do Sertão abraça o II Encontro de Artes e Cultura do Pajeú

Festival conta com diversidade de poesia, música, dança, cinema, artesanato no vão livre do museu entre os dias 15 e 17 de novembro

setur

O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer do Estado de Pernambuco e da  Empetur, em parceria com a Prefeitura do Recife, a Companhia Editora de Pernambuco, o Instituto Lourival Dantas e a Pitú abraçam a segunda edição do Encontro de Artes e Cultura do Pajeú. O evento acontecerá no Espaço Umbuzeiro, mais conhecido como o vão livre, do Centro Cultural Cais do Sertão entre os dias 15 e 17 de novembro. As atividades são gratuitas para todos os públicos, que poderá conferir as atrações a partir das 15h.

Toda a programação do segundo encontro será marcada pela pluralidade de música, poesia, dança, cinema, artesanato, que compõe o universo artístico dos municípios do Pajeú. A abertura do evento conta com apresentação da Orquestra Juvenil do Conservatório Pernambucano de Música. O grupo convidado fará pout-pourri de Xote, “Marcas da Nossa Terra”. O encontro dará continuidade com entidades em Fórum em Defesa da Cultura do Pajeú. 

Na sexta-feira (15), durante a abertura haverá uma rodada de conversa em defesa da  cultura do Sertão do Pajeú que contará com a presença do Secretário estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes; Secretário Estadual de Cultura, Gilberto Freyre; da Vice-governadora do Estado de Pernambuco,  Luciana Santos; da Assessora Especial do Gabinete do Governador, Luciana Azevedo, do presidente da CEPE, Ricardo Leitão; da Secretária de Cultura do Recife Leda Alves; do Prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota,  Gestor da Secretaria Estadual de Educação, Niedson; e do Pesquisador, poeta e professor, Ezio Rafael.

O projeto nasceu em 2006, no Sítio da Trindade, trazendo como homenageado o professor Paulo Marques, da UFRPC, e pôde reunir artistas , poetas e toda riqueza cultural do Pajeú. De acordo com o Secretário de Turismo de Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, a missão do evento é trazer o sertão para mais perto da metrópole. “Este segundo encontro de Artes e Cultura do Pajeú é uma parte do nosso precioso projeto em fazer o interior ser cada vez mais falado e procurado pelos pernambucanos. O nosso sertão é rico em cultura, música, arte e, sobretudo, afeto e isso precisa ser divulgado. Os pernambucanos precisam conhecer seu Estado”, destaca.

O primeiro dia do encontro promove debates enriquecedores sobre o audiovisual e shows de atrações locais. Os cineastas Jefferson Sousa, diretor de “Leonardo Bastião – O Poeta Analfabeto; Alexandre Alencar, realizador de “Rio Feiticeiro”; Petrônio de Lorena, de “ O Silêncio da Noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras”; e Zé Dantas Carrilo, de “Psiu” exibem seus filmes e debatem sobre a produção audiovisual e os personagens que compõem a mise-en-scène do Sertão do Pajéu. Para finalizar o primeiro dia haverá  apresentações musicais com Bia Marinho e Tonfil, Banda de Pífano, Sebastião Dias e Carlos do Pajeú, e Flávio Leandro.

“A realização do segundo encontro desperta em nós, o sentimento de pertencimento de ser pernambucano, brasileiro e, sobretudo, sertanejo. A divulgação da cultura é uma conquista diária. Com a conjuntura social voltada à tecnologia, torna-se urgente preservar as nossas raízes culturais e o entorno que nos guia ao longo da vida”, pontua a produtora executiva do evento, Rosa Santana.

Ao longo dos dias 16 e 17 de novembro, o público será contemplado com as atrações do Microfone Aberto, com histórias e expressões da nossa gente. Odilia, Orquestra Sanfônica de Carnaíba abrem os shows do sábado (16), seguido de Encontro de Uilombolas, com performances do Coco do Leitão da Carapuça e Coco Bongar. Também se apresentam Paulo Matricó, Mendol do Acordeon, Elis de Triunfo, Alisson Islan e Em Canto e Poesia. Já o encerramento do encontro, no domingo (17), reserva uma Mesa de glosa com os poetas Alexandre Morais, Zé Adalberto, Lucas Rafael e representantes de Tabira e Brejinho, além de shows Jonatas Malaquias e Henrique Brandão e Carretas de Triunfo com participação do Maestro Spok.

Programação:

DIA 15/11 – Sexta-feira 
14h – Credenciamento para o Fórum em Defesa da Cultura do Pajeú 
15h – Abertura com apresentação da ORQUESTRA JUVENIL DO CONSERVATÓRIO PERNAMBUCANO DE MÚSICA (Pout pourri de Xote) 

15h30 – Abertura do FÓRUM – Composição da Mesa 
Luciana Santos – Vice-governadora do Estado de Pernambuco 
Luciana Azevedo – Assessoria Especial do Gabinete do Governador 
RodrigoNovaes–Secretário Estadual de Turismo e Presidente da   EMPETUR 
Gilberto Freire – Secretário Estadual de Cultura 
Ricardo Leitão – Presidente da CEPE  
Lêda Alves – Secretária de Cultura da Cidade do Recife 
Anchieta Patriota – Prefeito de Carnaíba 
Niedson – Gestor da Secretaria Estadual de Educação 
Ezio Rafael – Pesquisador, Poeta e Professor    

17h30 – Lançamento do Filme Leonardo Bastião – O Poeta analfabeto – Jeferson Sousa (22min) 
18h – Apresentação dos Filmes: Rio Feiticeiro – Alexandre Alencar / Filme O Silêncio da Noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras – Petrônio de Lorena / PSIU – Documentário de Zé Dantas – Direção de Carrilho 
20h30 – Banda de Pífano – São José do Egito 
21h     – Sebastião Dias e Carlos do Pajeú (Tabira) 
21h30 –   Bia Marinho e Tonfil (São José do Egito) 
22h30 – Flávio Leandro (Bodocó) 
24h – Encerramento 

DIA 16/11 – Sábado 
11h – Abertura da Feira 
Microfone Aberto (expressões de nossa gente) 
14h – Odilia (Ingazeira) 
15h – Orquestra Sânfonica de Carnaíba 
16h – Encontro de Coco do Leitão da Carapuça (Afogados de Ingazeira)  e                                UILOMBOLAS Coco Bongar (Olinda)  
18h – Paulo Matricó (Tabira) 
19h – Mendol do Acordeon (Itapetim) 
20h – Elis de Triunfo 
21h – Alisson Islan (São José do Egito) 
22h – Em Canto e Poesia (São José de Egito) 
23h30 – Encerramento  

DIA 17/11 – Domingo 
11h – Abertura da Feira 
Microfone Aberto (expressões de nossa gente) 
14h – Pé de Serra (Afogados de Ingazeira) 
Microfone Aberto (expressões de nossa gente) 
17h – Mesa de Glosa 
 Coordenador da Mesa: Jorge Filó 
 Alexandre Morais – Afogados de Ingazeira 
 Zé Adalberto – Itapetim 
 Lucas Rafael – São José do Egito 
 Representante de Tabira 
 Representante de Brejinho 
18h30 – Jonatas Malaquias de Carnaíba com participação especial de Henrique Brandão de Serra Talhada 
19h30 – Apresentação dos Caretas de Triunfo com participação especial do Maestro Spok (Recife)


Festivais movimentam o Recife

Eventos com cardápio a preço fixo facilitam o acesso do público

Peixe é prato principal na Famiglia Giuliano

Na lista dos festivais mais aguardados no calendário gastrô está a 19ª edição do Recife Restaurant Week, que segue até o dia 24, em 35 estabelecimentos. Todos eles têm o atrativo de oferecer menus completos, com entrada, principal e sobremesa, a preços fixos. O tradicional sai por R$ 45,90 no almoço e R$ 55,90 no jantar. Já o cardápio plus custa R$ 56 no almoço e R$ 69 no jantar.

De olho na valorização dos alimentos regionais, o evento trabalha o tema “Bora pernambucanar”. Segundo o organizador Léo Barbosa, não se trata de cozinhas regionais, mas em releituras em técnicas internacionais, com uso de insumos como carnes de sol, peixes, cachaças, café, cerveja, vinho, queijos, frutas do Vale do São Francisco, entre outros itens. Nos valores oferecidos no menu fixo está incluso R$ 1 destinado ao projeto social Banco de Alimentos do Sesc.

Nesta edição, o público também encontra alguns restaurantes com sabores destacados com os molhos de pimenta Tabasco, sobreme­sas acompanhadas por café Nespresso e harmonização de pratos com as cervejas da marca pernam­bucana Ekäut. Em tempo, o RW mantém o esquema de reservas online, obrigatório para algumas casas.

Café
A primeira edição do festival “Eu amo café” vai até o dia 1º de dezembro, em 31 cafeterias do Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Para o evento, elas oferecem a combinação exclusiva de espresso e sobremesa, no valor fixo de R$ 15,90.

A realização é da Associação de Cafeterias de Especialidade de Pernambuco (ASCAPE), responsável também pelo já conhecido Recife Cof­fee, circuito de cafés de especia­lidades existente há cinco anos. De a­cordo com os organizadores, a ideia é exaltar uma bebida tão delicada e complexa quanto o espresso, que exige bastante técnica do barista.

Para participar, os endereços precisam ter o profissional especializado em extrair as melhores características do café, trabalhando na casa, além de lidar com grãos especiais e fazer parte da ASCAPE. A combinação da bebida com o doce é pensada para todos os gostos, incluindo opções veganas, sem lactose e sem glúten. Após a visita em dez cafés, o cliente ganha voucher para consumo de uma dupla de espresso com sobremesa em outra cafeteria do circuito.

Serviço:
Recife Restaurant Week
Participantes: www.restaurantweek.com.br
Eu Amo Café
Participantes: @euamocafefestival (Instagram)


Recife inaugura este mês 2ª etapa de ciclovia, que vai até o Espinheiro

Etapa terá conexão com a primeira, na altura da rua dos Palmares, em Santo Amaro

Segunda etapa da Ciclovia Graça Araújo

Será entregue até o final deste mês o segundo trecho da Ciclovia Jornalista Graça Araújo no Recife. A nova rota tem 1,4 quilômetro localizado entre os bairros de Santo Amaro e Espinheiro, na área central e Zona Norte da Capital. Com a nova etapa, o Recife chegará a 101,4 quilômetros de malha cicloviária. A segunda etapa terá conexão com a primeira na altura da rua dos Palmares, em Santo Amaro.

Segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), ciclistas já estão usando o equipamento e sinalização será finalizada até o fim deste mês. Motoristas que circulam na região devem ficar atentos às placas e marcações. O novo trecho sairá da rua dos Palmares e seguirá à direita na mesma via para acessar as ruas Álvares de Azevedo e Doutor Leopoldo Lins até a altura da avenida Governador Agamenon Magalhães. O equipamento continuará na travessia da avenida Governador Agamenon Magalhães pela rua Buenos Aires até a rua da Hora.

Além disso, a rota também voltará da rua Doutor Leopoldo Lins pela pista local da avenida Governador Agamenon Magalhães, através da rua Monte Castelo, para a faixa de retorno da avenida João de Barros e rua Álvares de Azevedo. Com essa nova etapa, a Rota Jornalista Graça Araújo passará a ter 4,2 km e de extensão.

A nova rota possibilitará conexões com a Ciclofaixa Santo Amaro, a Ciclovia Avenida Norte e com o Eixo Cicloviário Camilo Simões. Essa última se conecta à Rota Boa Vista, na rua da Aurora, e com a Zona 30 do Bairro do Recife, formando um total de mais de 17 km de rotas cicláveis interligadas na área central da Capital.

Para regulamentar a implantação das novas rotas, a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) vai realizar a manutenção da sinalização vertical e horizontal das vias correspondentes. A maior parte dos percursos ainda passará a ter velocidade regulamentada de 40 km/h.

Mapa das ciclorotas no Centro do Recife

Mapa da malha cicloviária no Centro do Recife – Foto: Divulgação/CTTU


Requalificação de calçadas interdita rua Velha, no Recife

Com investimento de R$ 802 mil, obra ainda afetará itinerários de oito linhas de ônibus

Trecho da rua será interditado para requalificação

A rua Velha, no bairro da Boa Vista, área central do Recife, será interditada a partir das 20h desta terça-feira (12) para uma obra de requalificação das calçadas. Segundo a Prefeitura do Recife, o investimento, que faz parte do projeto Calçada Legal, será de R$ 802.993,90.

Um trecho da rua passará a ser elevado no nível do passeio público, o que vai garantir acessibilidade na área. Parte do pavimento da rua também será trocado. Outras vias como do Príncipe, Oliveira Lima, Mário Melo, Amélia e a avenida Rui Barbosa já foram requalificadas pelo programa.

A obra na rua Velha deverá ser finalizada em janeiro de 2020 e prevê a remoção da antiga calçada e a construção de novos passeios feitos com materiais antiderrapantes, pisos táteis e rampas de acessibilidade. A via também passará a contar com trecho no mesmo nível do passeio, com o objetivo de promover maior qualidade no tráfego não motorizado e garantir acessibilidade na área. A intervenção no pavimento será realizada no trecho que vai da rua da Matriz até o Pátio de Santa Cruz e incluirá a troca desta parte do piso por tijolo intertravado.

Para garantir a realização da obra, será necessária a interdição de parte da via para o tráfego de veículos. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) montou um esquema especial de trânsito para auxiliar os condutores. Aqueles que estiverem na rua Velha deverão desviar pela rua da Glória ou pela rua da Matriz para acessar vias como a rua do Aragão e a avenida Manoel Borba. A CTTU manterá um efetivo de agentes e orientadores de trânsito no local para auxiliar os condutores até a conclusão da obra.

Ônibus
Por causa da interdição, o Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano, muda o itinerário de oito linhas que circulam pela rua Velha.

Os ônibusprecisarão seguir pelo seguinte caminho: rua Velha, rua da Matriz, praça Maciel Pinheiro, avenida Manoel Borba, rua Gervásio Pires, Pátio de Santa Cruz, rua da Santa Cruz.

Lista das linhas afetadas:
013 – Jardim Beira Rio (Pina)
104 – Circular (Imip)
172 – Marcos Freire (Bacurau) – itinerário via Imip
311 – Bongi (Afogados)
312 – Mustardinha
332 – Totó (Abdias de Carvalho)
411 – Plaza Shopping (Dantas Barreto) – itinerário via Imip
524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos) – itinerário via Imip


Outlet em Pernambuco investe R$ 65 milhões para construção de empreendimento

A proposta do empreendimento é ofertar um mix de lojas com descontos de 30% a 70% para os consumidores

A estrutura física do Outlet é um Open Mall

Primeiro Outlet Premium de Pernambuco está sendo construído às margens da BR-232 em Moreno. O investimento inicial para o empreendimento é de R$ 65 milhões, o que deve atrair uma geração de cerca de 2 mil empregos diretos. A previsão é que o Outlet entregue o espaço para os lojistas até julho de 2020. A inauguração está prevista para antes do próximo Dia das Crianças, com cerca de 72 lojas nos setores de moda, calçados e acessórios, entre outros. Algumas marcas como Ellus, Times Center, Bob’s Store, Richard, VR, Cafeteria Delta devem estar presentes no Outlet. A proposta do empreendimento é ofertar um mix de lojas com descontos de 30% a 70% para os consumidores.

Diferente dos shoppings, as lojas de outlets têm um tamanho médio maior – cerca de 200 m². O espaço ocupado inicialmente pelo mall será de 11,2 hectares, mas o empreendimento tem área total de 50 hectares. O conceito de outlet tem uma característica que difere dos shoppings. O sócio diretor da Agência Brasileira de Outlets (About), André Costa, explica o conceito. “O shopping é pensado para custar pouco na gestão para que o lojista possa vender com desconto e ter margem de lucro, o que afeta diretamente numa maior quantidade no volume de vendas”, detalha. O projeto foi apresentado na segunda-feira (11) pelos empreendedores em visita ao diretor executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi.

André Costa destaca que o projeto já foi aprovado com capacidade para ter o dobro do tamanho da fase inicial. No entanto, ainda não há previsão para a data de expansão. “O objetivo do local é atrair os consumidores para que eles possam passar um tempo maior fazendo compras”, acrescenta. A estrutura física do Outlet Premium será no estilo open mall. Todo instalado no piso térreo, o empreendimento é pensado para não ter escada rolante, elevador e custos altos. “Mesmo sendo um ambiente aberto, é todo sombreado, com áreas de fast food, todas climatizadas. Além disso, explora muito as questões de ambientação, com muito paisagismo. É um modelo clássico, com todas as lojas viradas para um grande boulevard”, explica o executivo.

O projeto terá restaurantes externos para que os consumidores usufruam do ambiente e tenham comunicação com a estrada. O novo Outlet ainda terá um parque infantil, que deve ser uma área de compensação para as crianças. Para o empreendedor e sócio do grupo BCI, Paulo Perez, Moreno é um município que está retomando seu crescimento e apresentará uma evolução como o novo projeto. “Serão 2 mil pessoas trabalhando no Outlet. Você vai com a família para passar o dia no local e vai fazer uma compra maior”, diz Perez. Sócio da LMS/TGI, Eduardo Lemos Filho afirma que o Outlet será um local onde os consumidores planejam seu dia para consumir com toda a família. Além disso, ele afirma que por Moreno ter uma necessidade de empregabilidade, haverá um direcionamento natural de absorção da mão de obra do município.


Festival Recife do Teatro Nacional celebra autores nordestinos

Ariano, O Cavaleiro Sertanejo – Créditos: Zayra Lisboa/Divulgação

Celebrando a resistência da arte nordestina, entra em cartaz, entre os próximos dias 16 e 24 de novembro, a 21ª edição do Festival Recife do Teatro Nacional, realização da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Ao todo, serão apresentados 12 espetáculos, entre produções nacionais e locais, inéditas e cativas para o público recifense.

O festival  terá o cuidado de celebrar vários gêneros da produção cênica nacional e recifense, do humor ao infantil, com ênfase em textos carregados da estética e da temática fincadas no solo rachado e árido do Nordeste, embora alguns desses textos tenham sido montados e até escritos em outras regiões do país.

Confira a programação:

ARIANO – O CAVALEIRO SERTANEJO – Companhia Os Ciclomáticos (RJ)
Dias: 16 e 17 de novembro
Local: Teatro Luiz Mendonça
Horário: 20h

OPÁ, UMA MISSÃO – Duas Companhias (PE)

Dia: 17 de novembro
Local: Teatro Hermilo Borba Filho
Horário: 18h

MAR DE FITAS NAU DE ILUSÃO – Grupo Imbuaça Produções Artísticas (SE)

Dia: 19 de novembro 
Local: Teatro Luiz Mendonça
Horário: 20h

A PELEJA DE LEANDRO NA TRILHA DO CORDEL – Grupo Imbuaça Produções Artísticas (SE)

Dia: 20 de novembro
Local: Teatro Luiz Mendonça
Horário: 20h

CARTAS –  Coletivo Caverna (PE)

Dia:20 de novembro
Local: Teatro Hermilo Borba Filho
Horário: 19h

PÁ(IDEIA) – PEDAGOGIA DA LIBERTAÇÃO – Coletivo Grão Comum (PE)

Dia: 21 de novemrbo 
Local: Teatro Hermilo Borba Filho 
Horário: 19h

APENAS O FIM DO MUNDO – Grupo Magiluth (PE)

Dia: 22 de novembro 
Local: Teatro Luiz Mendonça 
Horário: 20h

TRILOGIA DO FEMINICÍDIO – Criativo Soluções (PE)

Dia: 22 de novembro 
Local: Teatro Barreto Júnior 
Horário: 20h

SENHOR VENTILADOR – Grupo Bagaceira (CE)

Dias: 23 e 24 de novembro 
Local: Teatro Barreto Júnior 
Horário: 16h30

O AÇOUGUEIRO – Alexandre Guimarães Produções (PE)

Dia: 23 de novembro 
Local: Teatro Hermilo Borba Filho 
Horário: 19h 

AUTO DA COMPADECIDA – Texto de Ariano Suassuna e montagem do Grupo Maria Cutia (MG)
Dias: 23 e 24 de novembro
Local: Teatro Santa Isabel 
Horário: 20h

ORDINÁRIOS – LaMínima Circo e Teatro (SP)

Dia: 24 de novembro
Local: Teatro Luiz Mendonça
Horário: 20h


Porto de Galinhas promove evento de turismo

Foto: Vinicius Lubambo

A Associação dos Hotéis e do Convention Bureau de Porto de Galinhas promovem, entre os dias 24 e 27 de novembro, no Hotel Armação, o Visit.Pernambuco Travel Show, reunindo representantes da cadeia produtiva do turismo nacional e internacional.


O Recife Outlet Premium será lançado esta noite

Recife Outlet Premium, que abre em outubro, com 52 lojas, duas âncoras, seis quiosques, três restaurantes e Praça da Alimentação com 12 fast foods, e 600 vagas de estacionamento, em Moreno, será lançado hoje, em evento na Arcádia da Domingos Ferreira, tendo como anfitriões os empreendedores Marcos Menezes, Paulo Perez, André Costa e Eduardo Lemos Filho.


Latinhas da Brahma em homenagem ao Náutico e Sport

A Cervejaria Brahma tem uma novidade para os torcedores do Sport e do Náutico.

A partir desta sexta-feira (8), a parceira Nº1 do futebol brasileiro traz uma edição especial e limitada de latas decoradas em homenagem ao “Timbu” e ao “Leão”, resgatando uma tradição da própria cerveja, que sempre esteve presente em momentos importantes da vida de torcedores de todo o Brasil.

A novidade está disponível nas principais redes de supermercados de Pernambuco na versão “latão”, com layout personalizado nas cores dos times e temática exclusiva para os consumidores.

Além dos pernambucanos, a Brahma também prestigia clubes de outros cinco Estados: Bahia (Bahia e Vitória), Minas Gerais (Atlético e Cruzeiro), Rio Grande do Sul (Grêmio e Internacional), Rio de Janeiro (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco) e São Paulo (Palmeiras, São Paulo e Santos).


Presidente da Aena, Santiago Yus, vem ao Recife liderando comitiva que cuida da transferência operacional dos aeroportos do Nordeste

O presidente da Aena Santiago Yus esteve no Recife nesta terça feira. Liderando uma comitiva da Aena Brasil, concessionária espanhola vencedora da licitação para administrar s aeroportos do Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB), no Nordeste brasileiro, ele apresentou o Plano de Transferência Operacional a autoridades ligadas ao terminal de passageiros e representantes de companhias aéreas.

O documento tem por finalidade garantir todas as condições de segurança e eficiência das operações durante o período de repasse da gestão da Infraero para a Aena. Além de Santiago Yus, a comitiva contou ainda com os diretores de operações, segurança e serviços, gerentes de operações, segurança e infraestrutura e de outras áreas de apoio da gestão da Aena.

Até o fim desta semana, eles farão reuniões com o mesmo propósito nos demais aeroportos sob a responsabilidade da concessionária espanhola. O Aeroporto Internacional do Recife – Guararapes – Gilberto Freyre é um dos mais importantes da região – ambos são os únicos que possuem hub (Azul, no Recife, e Gol, em Fortaleza). O terminal do Recife é o oitavo do país em trânsito de passageiros e o quinto em trânsito de passageiros internacionais, e disputa a atração de novas rotas internacionais.

O Recife é a quarta capital brasileira na hierarquia da gestão federal, após Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, e possui o quarto aglomerado urbano mais populoso do Brasil, com 4 milhões de habitantes (em 2017), superado apenas pelas concentrações urbanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Trata-se do oitavo aglomerado urbano mais rico do Brasil. 

 “Aena Brasil chega ao Recife com grande expectativa. Este encontro é parte do processo de Transferência Operacional que toda a organização está desenvolvendo de maneira transversal, para começar a operar em 2020. Aena Brasil será em breve uma realidade a serviço da sociedade pernambucana e do desenvolvimento turístico do Nordeste do Brasil”, afirma o diretor-presidente, Santiago Yus.

Os seis aeroportos a serem administrados pela Aena movimentam, juntos, 13,7 milhões de passageiros por ano, 6,5% do tráfego aéreo brasileiro. A concessionária, que tem 51% das ações controladas pelo Estado espanhol, pagará ao Governo brasileiro R$ 1,9 bilhão (437,5 milhões de euros) pelo direito de explorar os terminais durante os próximos 30 anos. A concessão inclui a possibilidade de uma prorrogação voluntária por mais cinco anos ao final do contrato.

A comitiva da Aena esteve reunida com a superintendente da Infraero, Josefa Elenilda da Cunha; a gerente de gestão operacional, Ana Carla Ramos Lucena; a inspetora substituta do Departamento Federal do Brasil, Ana Helena Carneiro da Cunha; os representantes do Departamento de Polícia Federal, Jorge José da Mota Sales e Luciana Carvalho.

Também participou o coordenador regional da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Olimar Cardoso dos Santos; a supervisora de aeroporto da Latam, Veruschka Rodrigues Vieira; o gerente de aeroporto da Azul, Juliano Gomes das Neves; a coordenadora de negócios aeroportuários da Azul, Marisa Dias de Camargo; os gerentes da GOL, Vanessa da Silva Pereira, Isaac Ferrarezi e Gesse Tavares; o gerente de aeroporto da TAP, Alexandre Silva; o supervisor da TAP, Hélio Neris;

Também esteve na reunião o Supervisor de Aeroporto da Air Europa, Maykon Renan Maciel da Silva; o Gerente da Air Europa, Erick Carneiro; o analista da ANAC, Pedro Hagel; a consultora de Relações Públicas da Infraero, Shirleide Lima; o Coordenador do Centro de Gerenciamento Aeroportuário, Vitor Fonseca, e o gerente de Aeroporto – DNATA, Francisco Oliveira, entre outros.

A Aena Brasil é a marca registrada da companhia espanhola Aena, considerada pelo Conselho Internacional de Aeroportos como a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros, com mais de 263 milhões em 2018.

Desde começo de 2020, administra a concessão de seis aeroportos da região Nordeste: Recife (PE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE) e Maceió (AL). Em 2018, os seis aeroportos somaram 13,7 milhões de passageiros.

Na Espanha, opera 46 aeroportos e 2 heliportos. É acionista controlador, com 51%, do aeroporto de Londres-Luton no Reino Unido, além de gerenciar aeroportos no México (12), Colômbia (2) e Jamaica (2), que totalizaram um volume de passageiros de 72,2 milhões em 2018. Além disso, presta serviços de consultoria para clientes estratégicos como a Companhia de Aeroportos de Cuba – ECASA.


Projetos sustentáveis em Noronha

A Administração de Fernando de Noronha firmou parceria com o Centro Brasil no Clima (CBC), a Plataforma Circularis – rede colaborativa de incentivo à economia circular e com o Sinspire – hub de inovação, cultura e sustentabilidade durante a Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC), realizada no Bairro do Recife, para cooperação e intercâmbio técnico com objetivo ao desenvolvimento de projetos, eventos e atividades que promovam diálogo e troca de conhecimentos, voltados para elaboração de planejamento estratégico participativo, com respectivos planos de ações, abrangendo as áreas de energia, mobilidade, economia circular e gestão de resíduos.

O objetivo é fortalecer o Projeto Noronha Carbono Zero, que proíbe carros à combustão na ilha e incentiva a entrada de veículos elétricos no arquipélago. Além de intercâmbio de promoções para o desenvolvimento de Baixo Carbono e Economia Circular, atraindo parceiros, fomentando inovações sustentáveis e articulando iniciativas para fortalecer o empreendedorismo local. Dentro de um plano de ações com objetivos e metas a serem alcançadas em curto (1 ano) e médio prazo (4 anos). A parceria visa o desenvolvimento sustentável da sociedade noronhense.

Além do Programa Carbono Zero, que vem sendo desenvolvido desde 2013, já está em prática também o Noronha Plástico Zero, que proíbe a entrada, circulação e comercialização de plásticos descartáveis na Ilha, como sacolas plásticas, canudos, pratos e talheres. De acordo com o Administrador da ilha, Guilherme Rocha, o projeto vem dando certo e ganhando apoio da iniciativa privada. “Envolvemos toda a comunidade nessa proposta e vamos distribuir 5 mil kits para todos os moradores da ilha, com ecobag, canudo e copo sustentável, para incentivá-los a pensar no futuro e cuidar do arquipélago”, afirma Guilherme.

Com o Noronha Carbono Zero, Fernando de Noronha se tornou o primeiro território brasileiro com objetivo de ter em sua mobilidade apenas carros elétricos. Segundo Guilherme Rocha, a meta é para que a partir de 2022 não entre carro à combustão na ilha e a partir de 2030 seja proibida a circulação de veículos à combustão em toda a comunidade noronhense. “A nossa meta é que Noronha esteja fora da poluição ambiental. É preciso preservar a partir de agora, pois tudo o que fizemos em gerações anteriores, já estamos sofrendo as consequências atuais”, destacou o administrador durante o evento. De acordo com Guilherme, a previsão é de que até 2030 a energia seja cem por cento renovável.

Segundo Sérgio Xavier, criador da Plataforma Circularis e ex-secretário de Meio Ambiente de Pernambuco, o projeto que será executado em Noronha trabalha com três ações imediatas. Uma é com as empresas aéreas para reduzir emissões de carbono dos voos por compensação, com plantio de árvores no continente; outra é no eixo da mobilidade para a implementação mais rápida de veículos elétricos, criando facilidades para o morador. A ideia é criar modelos que possam reduzir custos na troca do veículo antigo pelo elétrico e desenvolver sistemas de compartilhamento. O terceiro eixo é o da energia, para diminuir o uso da usina térmica que emite muito carbono e passar a usar a energia eólica, solar, biocombustíveis e energia das ondas. “As ações trazem melhorias tanto para a comunidade quanto para o meio ambiente. Esse Termo de Cooperação cria caminho inovador ao permitir a participação de várias empresas e instituições para colocar em prática as metas dos Decretos e Programas, sem usar recursos públicos, criando um novo modelo econômico inclusivo e sustentável”.


Cerveja cria embalagens inspiradas em gírias populares da internet

Créditos: Divulgação

São seis opções de embalagens com expressões utilizadas na web. A Skol resolveu estampar suas latinhas com termos como arroba, fanfiqueira, biscoiteira, afrontosa, atenta e embuste.

O pack exclusivo que vem com as latas de 269ml será comercializado com exclusividade no site Empório da Cerveja. A ação está relacionada com a campanha iniciada pela marca no começo de outubro,  que conta com a websérie Tour das Tours.

A produção que é uma parceria com o Facebook e a Endemol Shine Brasil, retrata um grupo da rede social que conta com mais de 400 mil membros e que gera diversos memes e histórias de vivências na internet, chamadas tours virtuais.


1º Réveillon aberto ao público de Fernando de Noronha é confirmado

A ilha de Fernando de Noronha ganhará o seu primeiro réveillon aberto ao público.

1º Réveillon aberto ao público de Fernando de Noronha é confirmado
Fernando de Noronha /Foto: Reprodução

Realizado pelo Governo do Estado em conjunto com a administração do arquipélago, o evento, que será montando no porto, tem o objetivo de incentivar ainda mais o turismo no local. Para comemorar a chegada de 2020, Marcelo Falcão, ex-vocalista da banda O Rappa, será a grande atração da noite.

Marcelo Falcão é a grande atração do 1º Réveillon aberto ao público de Fernando de Noronha. Foto: Divulgação/Jacques Dequeker

Recife será primeira cidade do Brasil a ter ensino Sustentabilidade e Emergência Climática

Durante o painel prefeitos ainda assinaram declaração de intenção sobre Emergência Climática e uma carta aberta sobre o vazamento de óleo nas praias do nordeste

O Recife será a primeira cidade do Brasil a tornar obrigatória nas escolas públicas municipais o ensino sobre Sustentabilidade e Emergência Climática a grade curricular.

O anúncio foi feito pelo prefeito Geraldo Julio, na manhã desta quinta-feira (7), na Conferência Brasileira de Mudança do Clima. Geraldo, que é presidente para a América do Sul do ICLEI – Rede de Governos Locais Pela Sustentabilidade, afirmou que vai enviar o Projeto de Lei para a Câmara Municipal ainda este ano, para que a disciplina entre no calendário escolar já em 2020. O anúncio aconteceu durante o Painel de Prefeitos pelo Clima na Conferência Brasileira de Mudança do Clima, no Arcádia do Paço Alfândega.

O prefeito Geraldo Julio detalhou como vai ser iniciativa. “Um estudo realizado pela Universidade da Carolina do Norte comprovou que quando se coloca esse tema no currículo, além dos alunos, os pais se engajam muito mais. Nosso objetivo é aprovar ainda este ano, para que já no início do próximo ano tenhamos na nossa grade curricular essa disciplina. A meta é que os alunos tenham toda a semana esse tema, e que saiam de lá e possam compartilhar com seus pais, amigos e família, aumentando assim cada vez mais o movimento em prol do meio ambiente”, afirmou Geraldo Julio que comandou o Painel de Prefeitos pelo Clima.

O painel foi mediado pelo prefeito Geraldo Julio e contou com as presenças dos prefeitos Rui Palmeira, de Maceió (AL), Roberto Cláudio de Fortaleza (CE) e Ary Vanazzi de São Leopoldo (RS), que também é presidente da Associação Brasileira de Municípios. Na ocasião os prefeitos assinaram declaração de intenção de levar para os seus municípios, o decreto reconhecendo a Emergência Climática, assinado pelo prefeito na abertura da CBMC.

No encontro, o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, defendeu que o combate as mudanças climáticas não pode ser partidário. “Esses tempos medievais no Brasil não podem tornar o meio ambiente objeto de divisão de disputa. Essa é uma questão dos tempos, uma imposição da humanidade. A forma em que vivemos, geraram uma crise ambiental que já traz consequências importantes na vida humana. Que a sobrevivência da espécie humana possa nos unir”, afirmou o gestor.

Ary Vanazzi prefeito de São Leopoldo e presidente da Associação Brasileira dos Municípios (ABM) falou sobre a importância dos investimentos para implementação dos projetos ambientais. “Toda a política que nós tínhamos de financiamentos não existe mais. Isso reduziu enormemente a capacidade dos municípios de investirem na recuperação, no saneamento, na drenagem urbana, na política de educação ambiental, por exemplo. Não há política ambiental sem investimentos e acho que hoje temos que avançar para retomar a política do governo federal nessa área”, enfatizou.

Rui Palmeira, prefeito de Maceió, destacou os desafios que a cidade e todo o litoral nordestino sofre hoje como o avanço do mar. “Hoje o avanço do mar é um dos nossos maiores desafios, que vem acontecendo dia após dia e os paliativos que são feitos não sabemos até quando vai durar. São questões que precisam ser aprofundados o debate e as cidades brasileiras precisam esta a frente dessas discussões”, avaliou.

CARTA ABERTA – Ao final do painel, os prefeitos também assinaram a Carta dos Prefeitos sobre o vazamento de óleo, se posicionando sobre o desastre ambiental que afetou o litoral nordestino. Na carta os prefeitos externaram sua preocupação com os efeitos e incertezas sobre o vazamento de óleo e cobraram posicionamento do governo federal sobre o desastre ambiental e social que vem atingindo a costa do nordeste. A carta aponta a necessidade do Governo Federal apoiar a cadeia produtiva da pesca, buscar estudar cientificamente as consequências ambientais e sociais da crise e as causas para que se chegue a uma solução definitiva.