Escolas grandes seguem crescendo no mercado da educação do Recife

Áreas nobres da capital pernambucana têm recebido novas unidade de grandes escolas

Nova unidade do Colégio Cognitivo será inaugurada em fevereiro de 2020 / Foto: divulgação
Nova unidade do Colégio Cognitivo será inaugurada em fevereiro de 2020
Foto: divulgação

Enquanto escolas menores resistem nos subúrbios, as grandes unidades educacionais, com tíquetes médios pelo menos duas vezes maiores, ganham espaço nos bairros mais nobres da capital pernambucana. É o caso do Colégio Congnitivo, que inaugura, em fevereiro de 2020, sua segunda unidade, desta vez em Boa Viagem. Ou mesmo o do tradicional GGE, que após 23 anos de fundação iniciou as obras de sua sexta escola, agora na Zona Norte do Recife, com previsão de inaugurar no início de 2021.

Para o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco, José Ricardo Dias Diniz, a abertura de novas unidade das grandes marcas faz bem à qualidade do serviço educacional prestado no Recife. “É consequência do mercado competitivo, contribui para cada grupo trabalhar para aprimorar aos seus serviços”, avaliou.

Investindo no público da Zona Sul

Sem divulgar investimento, o Cognitivo chega a Boa Viagem com a proposta de ter a mesma equipe de professores que a sede em Casa Forte. Serão 4 mil metros quadrados de área, 21 salas e a expectativa de chegar a 800 alunos a partir do Fundamental II ao Ensino Médio.

O tíquete médio é de R$ 2.500, e a inadimplência não é uma preocupação para os sócios João Correia, Eduardo Belo e Wendel Santos. “Não temos a pretensão de virar uma rede. Esta será nossa segunda e última unidade. Acreditamos que não dá para ter a mesma qualidade se você não está com os mesmos professores”, pontuou Wendel Santos. A nova unidade gerou cerca de 100 empregos diretos.

Rede quer a sexta unidade

Já o GGE, que já conta com escolas em Boa Viagem, Paissandu, Benfica, Aldeia e Caruaru, iniciou as obras de sua sexta unidade, que será no bairro do Parnamirim. O investimento esperado é de R$ 14 milhões. O local deverá ter 6.700 metros quadrados de área construída, com uma grande estrutura de salas, laboratórios e quadra.

Resultado de imagem para Escolas grandes seguem crescendo no mercado da educação do Recife
Unidade de Boa Viagem é considerada a sede da rede GGE.
Foto: divulgação 

A rede GGE conta com 4 mil alunos – do Infantil ao Ensino Médio –, e a mensalidade média é de R$ 1.400. Segundo o Geraldo de Faria Junior, gerente administrativo da rede, o projeto de ampliação é algo que vem sendo estudado com cuidado. “Queríamos chegar à Zona Norte há mais de 10 anos, desta vez tivemos uma grande oportunidade. Então, decidimos investir, mas cada unidade é analisada para garantir o sucesso”, afirmou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *