PCR amplia rede de ciclovias do Recife com homenagem a Graça Araújo

img_alt
Nova Ciclovia Graça Araújo tem 2,8 km de extensão cobrindo toda a avenida Mário Melo e Rua dos Palmares. Prefeito Geraldo Julio fez a entrega que marca o número de 84,5 km de rotas cicláveis na cidade, com meta de 100 km até o final deste ano
(Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

Na véspera do dia nacional do ciclista, o Recife ganhou uma nova ciclovia no Centro da cidade. Na manhã deste domingo (18), o prefeito Geraldo Julio entregou a ciclovia Graça Araújo, que tem 2,8 km e se estende da Rua dos Palmares, segue pela Avenida Mário Melo até a Rua da Aurora, no Centro da cidade. Com a inauguração, o Recife atinge a marca de 84,5 km de rotas cicláveis permanentes, que significa um aumento superior a 250% desde 2013.

Iniciadas em abril, as obras do equipamento foram realizadas pela Autarquia de Manutenção e limpeza Urbana do Recife (Emlurb), com um investimento de R$ 650 mil. O projeto de execução do equipamento foi elaborado em conjunto com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU).

O prefeito Geraldo Julio comemorou a entrega a destacou a meta da Prefeitura em atingir os 100 km de rotas para bicicletas até o fim deste ano. “Com a ciclovia, nós fazemos uma homenagem a Graça Araújo, pessoa muito querida da nossa cidade e chegamos a 84,5 km de ciclovias e ciclofaixas na nossa cidade. Até o fim do ano, passaremos de 100 km e a meta é ampliar cada vez mais. Quanto mais pessoas utilizarem bicicletas, melhor fica a mobilidade da cidade e esses investimentos vão continuar”, afirmou.

A arquiteta e urbanista Carmem Cavalcanti utiliza bike diariamente para os deslocamentos. Neste domingo, ela pedalou pelo Centro e aprovou o novo equipamento. “É de extrema importância para o trânsito, para a vida, para melhorar a qualidade de vida das pessoas e para a fluidez da cidade. Utilizo o modal diariamente e já experimentei alguns trechos liberados durante a construção e gostei da flexibilidade e da segurança que ela dá ao ciclista”, afirmou.

Ciclista profissional e dono de uma oficina mecânica especializada em bikes, Breno Brito também percorreu  a nova via. “Esses equipamentos são necessários, não só para quem usa a bicicleta como lazer, mas para o trabalhador que se desloca de casa para o trabalho. A nossa maior luta é conseguir tornar essa mobilidade mais fácil”, pontuou.

A ciclovia fica localizada no canteiro central da Rua dos Palmares e Avenida Mário Melo, se conecta ao Eixo Cicloviário Camilo Simões, segue a mão do fluxo de veículos em cada lado da via. Permeando as vias, fica o canteiro com piso em concreto, jardineiras e lixeiras. As duas faixas do equipamento foram separadas das faixas de rolamento com barreira física, proporcionando mais segurança aos ciclistas.

Com o início da operação da ciclovia, o Recife passa a contar com cerca de 84,5 km de rotas cicláveis permanentes, sendo mais de 60 km implantados durante a atual gestão. Em 2012, havia 24 km de rotas existentes. Todas as rotas implantadas a partir de 2014 pela gestão municipal compõem a Rede Cicloviária Complementar do Plano Diretor Cicloviário (PDC), que está sendo projetada para que haja uma conexão com as rotas já existentes e com a Rede Cicloviária Metropolitana do PDC, cuja elaboração é do Governo do Estado. Os projetos priorizam o atendimento aos bairros que abrigam polos de interesse público, como parques, praças, mercados públicos e terminais de ônibus, criando pontos de conectividade entre esses equipamentos.

A jornalista Graça Araújo faleceu em setembro do ano passado e a homenagem faz jus ao espírito esportista da apresentadora. Amigos e familiares dela participaram da inauguração da via. A irmã Conceição Soares destacou a conexão de Graça com a cidade. “É uma homenagem maravilhosa, porque ela era uma atleta, que tinha paixão por corridas. O Recife é a cara de Graça e ter o nome dela aqui nessa ciclovia é emocionante”, afirmou.  

TRÂNSITO – A construção da Ciclovia Graça Araújo viabilizou algumas mudanças de circulação nos acessos existentes no canteiro central ao longo da Avenida Mario Melo e Avenida dos Palmares.  A CTTU implantou toda a sinalização vertical e horizontal para regulamentar os novos movimentos e orientar os condutores.

 O retorno no canteiro central da Avenida Mario Melo para a Rua São Geraldo está proibido para os condutores que seguem em direção à Rua da Aurora. Agora, os condutores que desejam realizar o retorno na via deverão acessar o novo acesso, que está aberto no cruzamento com a Rua da Fundição, para retornar em direção à Avenida Cruz Cabugá.

 Os condutores que seguem na Avenida Mario Melo em direção à Avenida Cruz Cabugá ainda poderão utilizar o acesso no cruzamento com a Rua São Geraldo para retornar em direção à Rua da Aurora. Assim como os condutores oriundos da Rua São Geraldo, que podem continuar utilizando este acesso para seguir em direção à Rua da Aurora.

 O acesso à Rua Gervásio Pires pela Rua dos Palmares está fechado. O condutor que fazia esse movimento, deve utilizar o próximo acesso permitido, localizado após a Rua do Pombal. Esse retorno teve o sentido de circulação invertido e, por isso, o condutor que está na Avenida Mario Melo e deseja retornar em direção ao Procape, deve utilizar o retorno existente no cruzamento com a Rua do Pombal.

Sobre as recomendações para os pedestres, a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, Taciana Ferreira, explicou que os estudos realizados pela equipe técnica apontaram que o fluxo de pedestres não era grande para deslocamentos, somente travessias. “Por isso, a ciclovia Graça Araújo foi viabilizada no canteiro central e foi feito todo um tratamento específico para a travessia dos pedestres. Todos os cruzamentos são sinalizados, inclusive na ligação da Avenida Mario Melo com a Rua da Aurora”, afirmou.

Para celebrar a entrega e homenagear Graça Araújo, uma programação especial foi montada pela Prefeitura do Recife. O Caminhão da Malhação montou um aulão de dança para animar o público e foram realizadas atividades culturais e de lazer.

A festa para as crianças teve direito a brinquedos infláveis (pula-pula e tobogã), um mini circuito de bike infantil, aluguel de bikes e espaço para conserto de bicicletas. A trilha sonora foi comandada pelo DJ Dayvison.

GRAÇA ARAÚJO – Nascida em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, Maria Gracilane Araújo da Silva, foi, ainda criança, para São Paulo. Na capital paulista, formou-se em Jornalismo pela Universidade Alcântara Machado de São Paulo. De volta em Recife, construiu uma longa carreira se consolidando como um dos maiores nomes da comunicação e do jornalismo pernambucano. Seu nome está intimamente ligado ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, principalmente à Rádio Jornal e à TV Jornal, onde apresentou, desde 1992, o “TV Jornal Meio-Dia”. Também teve passagens pela Rádio Transamérica, Clube, TV Globo e na extinta TV Manchete. Em 2010, recebeu da Câmara Municipal, o título de cidadã do Recife.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *