Gincana do Mais Vida nos Morros no Recife retira 3,5 toneladas de resíduos plásticos de espaços públicos da cidade

img_alt
Ação inspirada no movimento mundial Julho Sem Plástico contou com o engajamento da população (Foto: Inaldo Lins/PCR)

A Escola Municipal Sítio do Berardo, no Prado, e a 1ª Travessa da Rua José Menezes de Lira Filho, em Dois Unidos, foram as vencedoras da gincana do Recife sem Plástico e receberão uma edição especial do programa Mais Vida nos Morros, da Prefeitura do Recife.

A ação contou com o engajamento de 20 escolas municipais participantes do desafio e 5 ruas da cidade. Ao todo foram arrecadadas 3,5 toneladas de resíduos plásticos retirado dos espaços públicos da cidade.

A escola vencedora arrecadou 1 tonelada e contou com a participação de pais, alunos, gestores, professores e funcionários que se deram as mãos e trabalharam juntos com a comunidade. A oficina de Wellington, o mercadinho do Dodó, a Casa da Comunidade e a própria escola viraram pontos de arrecadação até nos finais de semana.

Teve gente que saiu de bicicleta anunciando com som a participação da escola neste desafio. Foram dias intensos recolhendo o plástico nas ruas, mobilizando a vizinhança e fazendo conscientização ambiental. Murais da escola viraram fontes de conhecimento sobre a importância da reciclagem e o descarte correto do lixo.

Já na rua vencedora os vizinhos se juntaram, mas o ponta pé inicial foi dado pela Associação Comunitária de Dois Unidos e o Centro Social de Educação Ambiental, que já atuam na comunidade em prol de melhorias há mais de 30 anos.

Juntos eles arrecadaram 207kg de resíduos plásticos e foi preciso até caminhão para levar todo o material para a associação, que serviu como ponto de arrecadação durante as duas semanas que aconteceu a gincana.

“Nos espalhamos em vários locais do bairro para conseguirmos a maior quantidade de materiais recicláveis. Foi um trabalho muito duro, mas valeu a pena. Não só pelo prêmio, mas pela conscientização ambiental”, contou o Pedro Souza.

 “Foi muito bonito ver o engajamento de tantas famílias. As crianças, por exemplo, nos ensinaram que não tem idade para se exercer cidadania ativa e que não tem dia para se preocupar com o meio ambiente. Dias como esses nos faz acreditar cada vez mais no futuro.

E que um dia o lixo não vai mais parar nos rios, canais e barreiras”, contou o Secretário de Inovação Urbana Tullio Ponzi. A ação foi realizada pela Secretaria Executiva de Inovação Urbana, através de uma parceria com a Secretaria de Educação, a Autarquia de Limpeza Urbana (Emlurb) e a empresa Tintas Coral.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *