GILBERTO FREYRE, CRIADOR DO PROJETO DE CRIAÇÃO DA FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Em 18 de julho de 1987, há exatamente 32 anos, faleceu no Recife o sociólogo Gilberto Freyre. Autor de inúmeras obras literárias, entre as quais se destaca Casa-grande & Senzala – traduzida para mais de 10 idiomas e publicado em diversos países – Gilberto é o principal responsável pelo início da Fundação Joaquim Nabuco.

No ano de 1946, enquanto atuava como deputado federal constituinte, foi autor do projeto que criaria, em 1949, o Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais (IJNPS), fundado para se dedicar ao estudo sociológico das condições de vida do trabalhador brasileiro e buscar a melhoria dessas condições.

Naquela época, o Instituto ficava localizado em um casarão na Avenida Rui Barbosa. Em 1952, a sede da instituição passou a ser na Avenida Dezessete de Agosto, onde funciona até os dias atuais. No ano de 1979, porém, uma lei autorizou a criação da Fundação Joaquim Nabuco, enquanto autarquia vinculada ao MEC, por meio da transformação do próprio IJNPS idealizado no projeto de Freyre. Dessa forma, Gilberto Freyre teve participação e importância fundamentais para a formação dos alicerces que permitiram a Fundaj ganhar a dimensão que tem nos dias atuais.

Quer saber mais sobre a vida e obra de Gilberto Freyre? Confere: bit.ly/2tM3dv6


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *