Consultor desmistifica histeria contra energia nuclear em Pernambuco

O ex-diretor da Eletronuclear e hoje conselheiro da Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Energia Nuclear (ABDAN) Carlos Mariz combate com informações técnicas a espécie de histeria que volta a tomar conta de setores políticos do Estado com a volta da discussão do uso da energia nuclear no Nordeste.

“O pré-projeto da central nuclear de Itacuruba foi feito pela empresa francesa Areva, hoje Framatome! São 6 unidades de 1100MW, totalizando investimento global da ordem de 42 bilhões de dólares”.

“A energia nuclear é mais segura do planeta, com vida útil de 80 anos, funcionando 24 horas por dia a plena potência, sem intermitência, sem poluir a atmosfera e ocupando espaço mínimo”.

“A usina projetada equivale a produção de energia de uma Chesf inteira. Também é grande gerador de desenvolvimento econômico, tecnológico, científico, educacional etc. consome combustível essencialmente brasileiro barato e estável. O Brasil detém o conhecimento tecnológico. Será que Pernambuco merece?”, questiona.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *