Voluntários retiram mais de uma tonelada de lixo das margens do Rio Capibaribe

Destinam para reciclagem durante mutirão de limpeza manual

Resultado de imagem para voluntarios limpeza do rio capibaribe

O grupo de preservação ambiental Pró-Capibaribe reuniu mais de 50 pessoas na Rua da Aurora para remover manualmente os lixos das margens do Rio Capibaribe e destinar para a reciclagem

O manguezal que margeia o Rio Capibaribe na Rua da Aurora, no Bairro da Boa Vista, entrou no foco das ações do grupo de preservação ambiental Pró-Capibaribe, que reúne voluntários para realizar a extração manual de lixo.

O mutirão conseguiu retirar mais de 1,2 toneladas de resíduos sólidos descartados incorretamente com a colaboração de aproximadamente 60 pessoas interessadas em preservar o meio ambiente. Entre os itens encontrados no rio estão bolsas, roupas, carcaças de smartphones, banco de carro, porta de geladeira, além de uma grande quantidade de plástico em forma de garrafas pet, copos plásticos e embalagens

As ações do Pró-Capibaribe são realizadas uma vez a cada mês. Atualmente estão concentradas na Rua da Aurora por conta da localização central e pela área concentrar uma quantidade significativa de lixo. A expectativa é que o mutirão seja itinerante e contemple todas as zonas da cidade margeadas pelo rio.

Na capital pernambucana, de todo o lixo produzido, apenas 2% é reciclado. O que significa dizer que 98% de tudo o que é produzido de resíduos sólidos na cidade vai para o descarte incorreto, ocupando as galerias das ruas e avenidas ou terminando sua vida útil em aterros sanitários.

A conta não fecha com a expectativa de reutilização possível: 90% do que uma pessoa produz pode ser reciclado, reutilizado ou compostado. Apenas 10% é que poderiam ser encaminhados aos aterros. A média de produção de lixo diária de uma pessoa é de 1,5 kg. O que faz com que a Prefeitura gaste um valor estimado em R$ 32 milhões para aterrar os rejeitos.

O mutirão age na contramão desse processo: recolhe os lixos do Capibaribe e encaminha para cooperativas que conseguem aproveitar parte significativa dos materiais.

PRÓXIMA AÇÃO

O próximo mutirão voluntário do Pró-Capibaribe vai acontecer no dia 8 de junho na Rua da Aurora, Boa Vista, área central do Recife, com ponto de encontro em frente ao Monumento Tortura Nunca Mais. O horário será definido em breve, com base na tábua de maré do dia.

Para participar não é necessário efetuar inscrição. Basta comparecer usando galocha ou sapato resistente à umidade. As luvas e os sacos para recolher os resíduos serão distribuídos gratuitamente, assim como água e lanche para os participantes.

Todas as novidades, dicas sobre reciclagem e convocação de voluntários para participar das ações acontecem virtualmente, via instagram, pelo @procapibaribe.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *