ONG de Pernambuco é selecionada em programa da Ambev

A ONG pernambucana Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta) foi selecionada pela Ambev para participar do VOA, programa da cervejaria que capacita organizações com técnicas de administração de processos, orçamentos e pessoas. 

O treinamento é passado por 400 funcionários voluntários da Ambev. Os conteúdos são ensinados em encontros presenciais e por meio de módulos online. Entre os temas estão: gerenciamento de projetos, elaboração de metas e planos de carreira.  

O Serta começará a receber as aulas já em maio. A ONG atua há 30 anos nas cidades deGlória do Goitá, na Mata Norte, e Ibimirim, no Sertão do Moxotó, levando formação a jovens, educadores e produtores familiares para trabalharem na promoção do desenvolvimento sustentável, com foco no campo. Já capacitou mais de 100 mil pessoas e desde 2009 virou uma Escola Técnica, ofertando o curso de Agroecologia, tornando-se referência internacional no Ensino e na proposta metodológica. 
Sobre o VOA 

O VOA está em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1, 4, 8 e 17 da Organização das Nações Unidas (ONU), que buscam um mundo mais inclusivo e sustentável.

“Sempre tivemos vontade de participar mais ativamente no desenvolvimento das organizações sociais, mas ainda não tínhamos clareza sobre como fazer isso – até que percebemos que poderíamos compartilhar nossos conhecimentos e práticas de gestão.

No final das contas, nós também aprendemos muito com elas, então foi uma troca rica para ambos os lados”, conta Richard Lee, gerente de Sustentabilidade da Cervejaria Ambev, que irá participar como voluntário do programa pela segunda vez. 

Para Lee, o VOA é extremamente importante para a cervejaria e está alinhado com seu sonho de unir as pessoas por um mundo melhor. “O programa não só nos aproxima ainda mais do terceiro setor, como também une os próprios funcionários, que escolhem dedicar boa parte de seu tempo às ONGs.

O saldo é sempre positivo: nós saímos mais realizados e felizes com nosso trabalho”, conta. Na conclusão do programa, as ONGs apresentarão ao final de 2019 um projeto prático realizado com base no que aprenderam ao longo dos meses, sendo que o mais bem avaliado receberá um auxílio financeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *