GOIANA SUA HISTÓRIA, BELEZAS E NOVO POLO INDUSTRIAL DE PERNAMBUCO

Nenhuma descrição de foto disponível.
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: oceano, praia, céu, atividades ao ar livre, água e natureza

As terras do município foram habitadas primeiro pelos índios Potiguares, Tabajaras e Caetés. Goiana inicialmente se localizou no lote doado a Pero Lopes de Souza, fazendo parte da Capitania de Itamaracá.

Foi um dos pontos de desembarque de tropas holandesas e palco de algumas batalhas. Em 1646 os holandeses foram derrotados pelos goianenses em Tejucupapo, com a participação das heroínas de Tejucupapo, mulheres munidas de paus, pedras, panelas, água fervente e pimenta.

Foi a freguesia que mais prosperou, tanto que, por alguns períodos, foi a sede da capitania de Itamaracá. Vários engenhos foram fundados em Goiana, exercendo influência na vida econômica e no seu povoamento.

A vila de Goiana recebeu foros de cidade e sede do município em 1840. Um acontecimento importante na vida da cidade foi a chegada do imperador D. Pedro II, em 1859.

Durante a campanha abolicionista, o município foi o primeiro em Pernambuco a libertar seus escravos. A origem do nome Goiana é muito controversa. Sabe-se que apareceu pela primeira vez nos catálogos da Companhia de Jesus, com o nome de aldeia de Gueena, depois com a grafia modificada para Goyana e, finalmente Goiana.

DADOS DO MUNICÍPIO

Encontra-se localizada no extremo norte da Região Metropolitana do Recife , fazendo divisa com a Região Metropolitana de João Pessoa. Está situada no litoral, a 62 km do Recife e a 51 km da capital paraibana. Seu centro histórico foi declarado Patrimônio Histórico Nacional em 1938.

O município de Goiana destaca-se pelas indústrias automobilística e farmacoquímico e pela cultura da cana-de-açúcar.

A praia mais frequentada é a de Ponta de Pedras e nesta mesma praia fica a Ponta do Funil , o ponto mais oriental do Estado de Pernambuco.

Algumas preservam vegetação nativa da Mata Atlântica, como Tabatinga e Barra de Catuama. Já a praia de Atapuz é mais frequentada por pescadores. A praia de Carne de Vaca é a primeira praia do litoral de Pernambuco.

Fontes: IBGE, AMUPE e CONDEPE/FIDEM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *