CONHEÇA A CIDADE DE ARCOVERDE NO SERTÃO DO MOXOTÓ EM PERNAMBUCO

Nenhuma descrição de foto disponível.

Em plena caatinga, nas proximidades da serra da Aldeia Velha, surgiram as fazendas Bredos e Olho d’Água, pertencentes a João Nepomuceno de Siqueira Melo e Manoel Pacheco do Couto. Em 1865,o filho de Manoel Pacheco do Couto, criou o povoado de Olho d’Água dos Bredos, quando doou terras e construiu a capela de Nossa Senhora do Livramento. A construção da igreja deu outra vida ao povoado, do qual originou-se Arcoverde, município do Sertão do Moxotó, a 256 Km do Recife.

No vale formado pelos serrotes do Retiro e do Cruzeiro, o aglomerado de casas que se havia formado já apresentava aspecto de um povoado e começaram a surgir as primeiras casas de comércio. Em 1909, Olho d’Água dos Bredos tomou o nome de Rio Branco, em homenagem ao Dr. José Maria da Silva Paranhos Jr., o barão do Rio Branco, histórico chefe da diplomacia brasileira.

Teve o nome mudado para Arcoverde, em 1943, homenagem a D. Joaquim de Albuquerque Cavalcanti Arcoverde, nascido no lugar e o primeiro Cardeal da América Latina. Os naturais do Município são chamados arcoverdenses.

DADOS DO MUNICÍPIO

Arcoverde é um município brasileiro do estado de Pernambuco, integrante da Mesorregião do Sertão Pernambucano e pertence à Microrregião do Sertão do Moxotó. O município é considerado a porta de entrada do Sertão Pernambucano.

Com localização estratégica e clima ameno, é conhecido por ser o berço de alguns dos mais tradicionais grupos de coco de roda do Estado, como o das Irmãs Lopes e Raízes de Arcoverde, do grupo Cordel do Fogo Encantado e da Orquestra Super Oara. Os principais pontos turísticos de Arcoverde são: Cinema Rio Branco, o mais antigo em funcionamento do Brasil, Morro da Santa Cruz, Fazenda

Araras, Casa do Cardeal Arcoverde e o Alto do Cruzeiro, vista panorâmica da cidade. A infraestrutura urbana de Arcoverde o coloca numa posição privilegiada, sendo um centro irradiador do comércio, do lazer, cultura e dos serviços nesta microrregião. Fontes: IBGE, AMUPE e CONDEPE/FIDEM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *