Bicicletas elétricas começam a operar em SP

Redação, com Reuters

Getty Images

Tembici e Yellow iniciam testes que podem antecipar um novo modal na cidade
Getty Images

As operadoras de mobilidade urbana Tembici e a Yellow estão começando a operar com bicicletas elétricas em São Paulo. A Yellow começou hoje (11), na mesma área onde já opera com patinetes elétricos. A Tembici começará um teste em 18 de março, com 20 bicicletas.

“É um teste para entender como as bicicletas elétricas vão se comportar na cidade de São Paulo”, disse Tomas Martins, presidente-executivo da Tembici. Segundo ele, os testes podem antecipar um novo modal da empresa na cidade. Ele explicou que os modelos elétricos podem fazer, em média, três vezes mais viagens do que uma bicicleta normal. O projeto está sendo desenvolvido com o banco Itaú.

As bicicletas elétricas da Yellow não precisam ser retiradas ou devolvidas em uma estação, mas em qualquer lugar em que o estacionamento de bicicletas é permitido. Os modelos da Tembici poderão ser encontradas em 12 estações espalhadas pela cidade.

O faturamento da Tembici oriundo diretamente dos usuários triplicou do primeiro para o segundo trimestre de 2018, mas a empresa não divulgou os valores.

No fim de 2018, a empresa anunciou investimento de US$ 100 milhões para elevar a presença na América Latina. A startup tem 8 mil bicicletas divididas entre Buenos Aires e Santiago, e outras 8 mil no Brasil. São mais de 1 milhão de viagens por mês, em média, e a empresa pretende aumentar esse número com as bicicletas elétricas.

A Yellow não deu mais detalhes sobre o projeto.

Forbes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *