VOCÊ SABE A ORIGEM DO CARNAVAL?

A imagem pode conter: 1 pessoa

Meados de 600 a 520 a.C. Civilizações antigas como Grécia e Roma realizavam grandes comemorações com comida, bebida e uma incessante busca por novos prazeres.

Foi assim que surgiu o que se tornaria a mais popular das festas brasileiras: o Carnaval.

Os festejos eram uma forma que esses povos encontravam para realizar cultos de agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pelas riquezas nas produções.

O período chegava a durar dias.

É justamente daí que surge a palavra “Carnaval”. A expressão deriva do latim “carne levale”, começou a se tornar conhecida por volta dos séculos XI e XII e significa “retirar a carne”, ou seja, “abstenção da carne” que está associada ao controle dos prazeres mundanos.

No Brasil de antigamente, uma das primeiras manifestações carnavalescas ficou conhecida como “entrudo”, festa de origem portuguesa praticada pelos escravos no período colonial, que acontecia nos três primeiros dias antes da quaresma.

Os entrudos eram bonecos de madeira que desfilavam na comemoração. Eles foram responsáveis por originar o nome da celebração, que permaneceu até o ano de 1880, quando houve uma junção do carnaval de rua com o carnaval de salão e, logo depois, o surgimento das associações carnavalescas.

Hoje em dia, as comemorações do carnaval costumam iniciar no sábado de Zé Pereira e se estendem até a Quarta-feira de Cinzas.

A “terça-feira gorda” é oficialmente o último dia de Carnaval e a Quarta-feira de Cinzas marca o início da Quaresma, que antecede a Páscoa. Essa época é caracterizada por muita folia, criatividade, irreverência, festas, fantasias, músicas e bailes.

Foto: Katarina Real, acervo da Villa Digital


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *