Restaurante hit de Pipa chega ao Recife

Camarão Rústico - o crustáceo vem grelhado, com purê de batata-doce aerado e molho de rapadura - Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem
Camarão Rústico – o crustáceo vem grelhado, com purê de batata-doce aerado e molho de rapadura – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem
Social1 – JC

A procedência de seu principal ingrediente é um diferencial do Camarão na Fazenda, restaurante que abriu as portas, este mês, em Casa Forte. Do crustáceo, pelo menos 80% do que é levado às mesas da casa vêm da fazenda de produção que seus proprietários – o engenheiro de pesca Alessandro Saldanha e a mulher, Grazi Brandão – mantêm, em Barra de Cunhaú, Litoral Sul potiguar, desde 2009. Ou seja, os camarões são “de casa” e frutos de um cultivo com expertise de já uma década.

O restaurante do Recife é o terceiro da rede – o primeiro, em 2011, surgiu na fazenda onde há o criadouro do crustáceo, há 8 km ao Sul de Pipa; o segundo, inaugurado em 2014, um bistrô na badalada praia do Rio Grande do Norte. A empreitada na capital pernambucana, conta o casal, saciará paladares recifenses que já provaram da cozinha quando em viagem. “A pessoa vai sentir o prazer de Pipa aqui dentro, com sofisticação”, comenta Grazi.

Camarão Agridoce – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

A propósito, a unidade daqui tem cardápio igual à de Pipa. Pratos à base de camarão são, sim, as estrelas, mas há também polvo, peixes, bacalhau e carnes. O molusco rende uma das entradas mais interessantes, em versão de tartar. A preparação leva tomate, cebola, salsa, páprica picante e mostarda. É fresco e com sabor na medida de voltar à casa ainda que só por ele.

Tartar de polvo – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Se a intenção é fazer que nem a Eleanor (Kristen Bell) da série “The Good Place” (Netflix), que não pode ver um camarão na frente, pois ataca, a entrada indicada é o Agridoce – vai à mesa em seis espetinhos com o crustáceo, tomate-cereja e queijo coalho, regados por um molho agridoce; como uma nobre safadeza. Harmonize com o espumante Dionisio especialmente formulado para o restaurante.

Nhoque de banana-da-terra com camarão – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Menu à frente, nas opções de prato principal há desde riquezas da culinária litorânea do Nordeste – como o Churrasco de Camarão, acompanhado por arroz, pirão e batata grelhada – quanto criações do chef potiguar Edvaldo de Lima, que já renderam 1º lugar no Festival Gastronômico da Pipa. O atual hit do mestre-cuca na cozinha da casa é o nhoque com banana-da-terra assada junto a 170 g de camarões mergulhados num molho cremoso, mas leve.

Camarão Costa Negra – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Vale considerar também o Camarão Costa Negra, com shitake e um arroz negro bem cozido; e ainda o Rústico, com a proteína grelhada, de sabor ‘tinindo’, mais um purê de batata-doce aerado e molho de rapadura trazida por romeiros de Juazeiro do Norte.

Camarão Rústico – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

A casa

O projeto arquitetônico prioriza tons claros, com paredes propositalmente descascadas, e muita madeira, inclusive de textura rústica. Simples e aconchegante, como no imaginário de uma fazenda. Uma adega abastecida por quase 60 rótulos comporta até dez pessoas, com mesa redonda e iluminação mais baixa, para ali ficar noite afora.

Funciona na rua Jader de Andrade, 71, para jantar, de terça a domingo, das 19h à meia-noite, com música ao vivo a partir da quarta-feira.

Delicie-se com mais pratos:

Posta de dourado fresco grelhada com filés de camarão sobre molho de cajá, além de purê de inhame e macaxeira – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Bacalhau com legumes – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Pudim de leite condensado – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

A casadinha brownie + sorvete – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *