CONHEÇA A HISTÓRIA DO BAIRRO DE SANTO ANTÔNIO

A imagem pode conter: texto

A ilha onde se encontra o bairro pertencia ao colono Marcos André, no início da colonização portuguesa 🇵🇹 Na ocasião, se chamava Ilha dos Navios 🚢 por servir de local para reparos nas embarcações que atracavam no Porto do Recife.

Somente no século 17, com a fundação de um convento ✝ a Ilha passou a ser chamada de Santo Antônio. Foi por lá que, durante a invasão holandesa 🇳🇱 Maurício de Nassau residiu e desenvolveu boa parte do urbanismo trazido pelos batavos para o Recife.

No extremo da ilha, construiu o Palácio de Friburgo, onde tinha diversas espécies de animais 🐯🦁🦌 além de um jardim botânico 🌺☘🌳🌷🌵 Os bichos e plantas ficavam onde atualmente está situada a Praça da República. Nassau ainda construiu o Palácio da Boa Vista, onde repousava e passava o tempo livre, situado onde atualmente está o Convento do Carmo do Recife. Inclusive, foi na porta deste palácio que ele mandou construir a Ponte da Boa Vista.

É em Santo Antônio também que está o Teatro de Santo Isabel, projetado pelo engenheiro francês Louis Vauthier e inaugurado em 1850, além do Palácio do Governo 🏛 que passou por reformas até ter a aparência atual de residência oficial do governador do estado.

Repleto de história, Santo Antônio ainda é sede da Capela Dourada, do Arquivo Público Estadual 📜 do antigo Liceu de Artes e Ofícios, do Palácio da Justiça, e da antiga sede do mais antigo jornal em circulação na América Latina, o Diario de Pernambuco.

E sabia que a pracinha do Diario na verdade se chama Praça da Independência? E até ter esse nome, já foi chamada de Praça Grande, Praça do Comércio e Praça da Ribeira. Ela é considerada o coração ♥ do bairro de Santo Antônio, sendo ponto de início ou fim das principais vias do bairro como a Primeiro de Março, Rua Nova, Dantas Barreto e Guararapes.

Atualmente, de acordo com a Prefeitura do Recife, Santo Antônio é um bairro de apenas 285 habitantes.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *