CESAR investe em núcleo de experimentação e contrata executivo para assumir a nova área

Com a onda crescente da transformação digital, antigos modelos de negócio se tornam cada vez menos sustentáveis. Quase 90% dos entrevistados em uma pesquisa global de gerentes e executivos realizada em 2015 por MIT Sloan Management Review e Deloitte anteciparam que seus setores serão impactados pelas tendências digitais de forma grande ou moderada, mas apenas 44% dizem que suas organizações estão se preparando adequadamente para as mudanças que estão por vir.

Neste contexto, um dos maiores centros de inovação do Brasil, o CESAR, anunciou recentemente a criação de um núcleo de experimentação – o novo CESAR Labs. À frente do projeto está Ivan Patriota, que assume o cargo de diretor executivo da área, trazendo toda a sua bagagem na área de inovação, transformação digital e experimentos. “Nosso objetivo é dar ainda mais agilidade e resultado para os clientes do CESAR. Para isso, vamos realizar experimentação de novos produtos e serviços digitais, sempre atrelados a modelos de negócios sustentáveis e em rede”, conta.

Com uma estrutura fluida e adaptável às características de cada cliente, o CESAR Labs trabalhará para resolver problemas que atualmente causam impasses no mercado. “Receberemos projetos complexos para os quais, aparentemente, não há ainda uma solução”, explica Patriota.Aproveitando-se do diferencial de fazer parte de um centro de inovação com mais de 20 anos no mercado – durante os quais colecionou um histórico de realizações empreendedoras -, o Labs irá concentrar esforços para entender ainda mais como é o processo de inovação “radical”, como descreve o executivo. “O nosso desafio é potencializar os negócios de experimentação em nossos clientes, mostrando ao mercado que investir em inovação e pensar em novas formas de fazer negócios é essencial para este momento”, finaliza.

Sobre Ivan Patriota

Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Pernambuco (1998) e Especialista em Gestão de Projetos pela Universidade de Pernambuco (2009), Patriota atuou em diversas empresas de tecnologia. Como engenheiro de software trabalhou na Procenge, tendo passagem pelo Grupo Radix atendendo clientes e empresas pioneiras em desenvolvimento para web. Em 2004 ingressou no CESAR pela primeira vez, passando a integrar o time da então incubada Meantime – onde atuou como produtor de jogos e gerente de operações. Passou pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação produzindo artefatos digitais, até assumir o cargo de Gerente Comercial da TV Jornal. Nos três últimos anos, Ivan atuou como líder da prática de digital na Accenture em Recife, onde também participou da concepção do centro de inovação e vivenciou vários cases de experimentação, transformação digital, ideação e prototipação de soluções.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *