Accenture vai abrir 500 vagas no Recife neste ano

Multinacional mantém centro de inovação e emprega 2,5 mil pessoas na capital pernambucana, mas a meta é chegar a 6 mil funcionários até 2021

Flávia Picolo, diretora-executiva do Centro de Tecnologia da Accenture na América Latina

Flávia Picolo, diretora-executiva do Centro de Tecnologia da Accenture na América Latina
Foto: Arthur de Souza / Folha de Pernambuco

Com 2,5 mil funcionários, a Accenture já é a maior empresa de tecnologia do Recife. Mas a companhia quer continuar ampliando suas operações na capital pernambucana. Por isso, promete dobrar de tamanho, chegando a seis mil funcionários, até 2021. E as primeiras contratações desse plano de expansão começam neste ano. Serão 500 novas vagas até dezembro. Tudo para atender à demanda, cada vez maior, de negócios que inovam para se manter competitivos.

“Chegar às três mil pessoas é uma questão de tempo”, garantiu o presidente da Accenture no Brasil e na América Latinam, Leonardo Framil. “Passaremos dos três mil funcionários neste ano”, acrescentou a diretora-executiva do Centro de Tecnologia da Accenture na América Latina, Flávia Picolo, lembrando que profissionais pernambucanos têm prioridade na ocupação dessas vagas. “Hoje, 95% da nossa comunidade é local”, explicou Flávia, dizendo que tanto pessoas que já trabalham com tecnologia e design quanto recém-formados que estão dispostos a aprender podem trabalhar na Accenture.

Hoje, 2,5 mil profissionais trabalham para a multinacional em sete prédios diferentes do Recife, desenvolvendo sistemas e soluções de tecnologia para empresas de todo o mundo. E, a partir de outubro, esse pessoal contará com mais uma base de trabalho. “Estamos em expansão e em outubro vamos inaugurar mais três andares de operação para suportar essas 500 novas pessoas”, revelou Flávia, contando que a nova área fica em um empresarial da Ilha do Leite, onde a empresa já ocupa outros três andares.

E a multinacional já está à procura de novas áreas no Recife. É que, depois de chegar aos três mil funcionários, a ideia é dobrar a operação pernambucana. “A operação vem crescendo de forma importante, porque Recife é o nosso principal centro de entrega de tecnologia. Tudo aquilo que negociamos em São Paulo e Rio de Janeiro acaba gerando trabalho e vagas aqui”, explicou Framil, explicando que o que é negociado nas consultorias do Sudeste acaba sendo desenvolvido aqui em Pernambuco. Afinal, o Centro de Inovação do Recife Antigo é o maior da Accenture no Brasil e, por isso, atende clientes de todo o mundo.

“Não há crescimento sem demanda. E o mercado está apontando certo positivismo”, acrescentou Flávia, dizendo que essa alta na demanda está relacionada à necessidade cada vez maior que as empresas têm de investir em tecnologia para se manter competitivos no mercado. E é por isso que o plano de expansão da Accenture foi anunciado nessa segunda-feira (4), durante evento do LIDE Pernambuco que discutiu como a inovação tem impactado a produtividade das empresas no Centro de Inovação da Accenture do Recife Antigo. “Todos os nossos clientes têm a inovação como uma pauta urgente. E o grupo do LIDE também tem essa prioridade, porque a inovação é uma questão de sobrevivência e de transformação dos negócios”, disse Flávia.

Os interessados devem acompanhar a abertura das vagas no site www.accenture.com.br.

Por: Marina Barbosa, da Folha de Pernambuco


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *