Encontro gratuito esclarece dúvidas sobre a cirurgia bariátrica no Recife

Palestras gratuitas acontecem nesta segunda-feira (dia 26/11), às 19h, no 7º andar, do anexo 3, no Hospital Esperança, na Ilha do Leite

O excesso de peso é um problema que acomete cada vez mais pessoas sem escolher sexo ou idade. Recente pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e divulgada pelo Ministério da Saúde mostra que 18,9% dos brasileiros tem obesidade e 54%, sobrepeso. É crescente o aumento da população de obesos no mundo e apesar da ampla divulgação dos benefícios da boa alimentação e da prática de atividade física, poucas pessoas conseguem inseri-las no seu dia a dia.

A vida moderna aliada a tecnologia, que muitas vezes leva ao sedentarismo, e os apelos de inúmeros fast foods espalhados pela cidade, dificultam a meta de muitas pessoas em ter uma vida saudável e levam, muitas delas, a obesidade. Um dos tratamentos para essa doença, quando já está em estágio avançando, é a cirurgia bariátrica. Nesta segunda-feira (26/11), às 19h, o cirurgião bariátrico Walter França realiza a Reunião Multidisciplinar da Obesidade, no Hospital Esperança (7º andar do anexo 3). Neste encontro gratuito, o profissional ministra palestra, juntamente com psicóloga e nutricionista de sua equipe multidisciplinar, para esclarecer dúvidas sobre a cirurgia da obesidade e o uso da robótica neste procedimento.

A obesidade é uma doença que traz consigo outras comorbidades como problemas cardiovasculares, depressão, hérnias, diabetes II, dermatites e dislipidemia (alteração do colesterol). Apnéia do sono, incontinência urinária, disfunções hormonais e erétil nos homens, doenças articulares e do refluxo, entre outros problemas, acometem quem está bem acima do peso.

Na reunião, o cirurgião Walter França, com quase 4 mil cirurgias bariátricas no currículo, irá repassar informações sobre o procedimento com uso da robótica, técnica minimamente invasiva capaz dar uma visão de 360 graus ao profissional, permitindo um campo 10 vezes maior da área a ser operada e uma recuperação mais rápida ao paciente.

Entre os procedimentos mais usados na cirurgia bariátrica estão o Bypass Gástrico e o Sleeve. No Sleeve ou Gastrectomia Vertical, o estômago do paciente é grampeado em forma de tubo que vai do esôfago ao duodeno. Assim se reduz o estômago em até 80% do seu tamanho.

O novo órgão fica com 150 ml a 250 ml e com forma parecida a um tubo gástrico.” Nessa redução se retira parte do fundo gástrico, região que produz o hormônio grelina, responsável pela sensação de fome. Após a cirurgia, o apetite diminui. Esse procedimento é indicado para paciente com obesidade 3 e mórbida principalmente o que possuem problemas intestinais ou quadro de anemia importante”, enfatiza.

No Bypass intestinal de Fobi Capella há um desvio do intestino delgado fazendo com que o paciente absorva menos gordura do que antes. “A média de perda de peso do paciente que se submete ao Bypass, oscila entre 40%, mas pode variar entre 25% e 55%”, relata a profissional.

SERVIÇO:

Reunião Multidisciplinar da Obesidade

Quando: Nesta segunda-feira (26/11), às 19h

Local: Hospital Esperança Ilha do Leite (7º andar do anexo 3)

Informações: (81) 3424.9796/ 3423.2772/ 3131.7887

Contato para entrevista:

Cirurgião Bariátrico Walter França

Fone: 3423.2772/ 3131.7887


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *