Setembro Amarelo: cinco aplicativos que podem auxiliar no controle da ansiedade

Ferramentas tecnológicas oferecem exercícios para controlar o problema

Ferramentas tecnológicas oferecem exercícios para controlar o problema
Foto: Divulgação

Todo mundo reage de forma ansiosa diante de situações importantes ou banais da vida. É normal ficar ansioso antes de fazer uma prova e, depois, esperar o resultado dela, passar por uma entrevista de emprego, aguardar uma pessoa querida que está chegando de viagem ou entre tantos eventos que nos dão aquele “frio na barriga”. O problema da ansiedade é quando ela ocorre de forma desproporcional, paralisando quem a sente e desencadeando sintomas como fadiga excessiva, dificuldade para se concentrar ou dormir e outros.

De acordo com dados divulgados em 2017 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o número um do mundo na taxa de pessoas com ansiedade, tendo 9,3% dos brasileiros desenvolvido algum tipo de distúrbio de ansiedade. Também ocupamos o quinto lugar em casos de depressão – a doença afeta 5,8% da população brasileira. “É muito comum que as duas andem juntas. Normalmente, a ansiedade cria um ciclo e a depressão pode estar dentro dele. As pessoas se sentem muito ansiosas, aí acabam tendo algum tipo de crise e isso acaba gerando uma tristeza profunda que pode desencadear em depressão”, explica a psicóloga Juliana Costa.

São diversos os tratamentos para o controle da ansiedade e o autoconhecimento é essencial para descobrir a raiz dos problemas. Além de acompanhamento profissional, é indicado a prática de exercícios físicos, como uma caminhada rápida, estudar algum assunto que desperta o interesse, ter um momento a sós ou na companhia de quem faz bem. A tecnologia, presente em boa parte de nossas vidas, também pode auxiliar. Há diversos aplicativos com a proposta de oferecer exercícios que ajudam no controle da ansiedade.

Aplicativos são apenas paliativo

A psicóloga clínica Analidia Almeida de Souza (CRP 03/13342) adverte que o uso de aplicativos para quem deseja controlar a ansiedade requer certos cuidados. “Se você nunca fez terapia, não sabe do que se trata a ansiedade e faz uso de um aplicativo que não explica para que o que ele serve e qual o limite, é possível que possa não ajudar”, comenta a profissional que atualmente cursa uma especialização em Neuropsicologia.
Nesse sentido, observe antes se o aplicativo se adequa à sua realidade. A psicóloga Analidia ressalta ainda que é necessário entender que o uso dessa ferramenta não substitui o trabalho de um profissional. É por meio dele que será possível identificar a raiz dos problemas, podendo tratá-los de modo mais profundo. “É importante que o app deixe claro que ele é apenas um suporte que pode auxiliar o usuário em momentos pontuais”, avalia a profissional.

Confira a lista com dicas de cinco aplicativos para lhe ajudar a controlar a ansiedade:

Querida Ansiedade

Desenvolvido pela psicóloga Camila Wolf de Oliveira, o app está disponível para Android e iOS e tem como objetivo acalmar usuários durante crises de ansiedade, além de auxiliá-los em seu processo de autoconhecimento. O Querida Ansiedade oferece exercícios de respiração e meditação. Nele também é possível escrever os sentimentos do momento e assistir vídeos com perguntas e respostas sobre ansiedade. Ao baixá-lo, os usuários encontram uma seção que explica todo o funcionamento da ferramenta.

Be Okay

Disponibilizado apenas para smatphones com sistema iOS, o Be Okay foi criado pelas estudantes Gabriella Lopes, Helena Leitão e Ana Luiza Ferrer, do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC- Rio). O Be Okay oferece recursos como exercícios de respiração e meditação e o acesso rápido de fotos cadastradas pelo usuários para acalmar no momento de crise. Há ainda a possibilidade de ligar para alguém especial ou qualquer número de emergência. Para auxiliar na identificação de padrões ou possíveis gatilhos que gerem ansiedade, o aplicativo oferece uma função que permite o acompanhamento dos momentos de crise.

Lojong: Meditação e Mindfulness

O Lojong se descreve como uma espécie de “academia para a mente”. Nele é possível encontrar meditações guiadas, além de uma série de vídeos com conceitos sobre o treino da mente. O aplicativo oferece ainda artigos sobre bem-estar para que você aprenda e conheça mais sobre o tema. O Lojong funciona ainda em modo off-line, podendo o usuário programar meditações, além de disponibilizar gráficos e estáticas para que o usuário acompanhe o seu crescimento pessoal. O aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS.

Diário Controle de Humor

Como o próprio nome já diz, o Diário Controle de Humor cumpre a função de acompanhar os altos e baixos do seu humor. Se preferir, você não precisa escrever, apenas indicar com ícones o seu sentimento do momento. Além disso, é possível indicar quais foram as atividades que te fizeram bem. É possível bloquear o aplicativo com uma senha para maior privacidade. Disponível no Google Play e Apple Store.

Cíngulo: Autoconhecimento

O Cíngulo se propõe a ser uma ferramenta para auxiliar no processo de autoconhecimento dos usuários. De início é possível fazer um teste de personalidade. Ainda sessões para autoconhecimento com indicação de exercícios. O Cíngulo também funciona como um diário emocional. Nele é possível traçar um histórico do seu humor, podendo ser identificados gatilhos que deixaram a sua ansiedade disfuncional. O Cíngulo está disponível para download em celulares com sistema Android e iOS.

Por: Educa Mais Brasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *