Hospital Português do Recife investe mais de R$ 25 milhões aos 163 anos de história

Para manter o padrão de atendimento, além da estrutura física, o Português inicia até o fim do ano as operações de sua escola de saúde, orçada em R$ 15 milhões


Para comemorar os 163 anos, uma missa de Ação de Graças será celebrada pelo Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Com investimentos que ultrapassam os R$ 25 milhões, o Real Hospital Português (RHP) chega aos seus 163 anos, no dia 12 de setembro, modernizando a estrutura física e tecnológica do que hoje já é considerado o mais completo centro de excelência médica das regiões Norte e Nordeste do País. Ao todo, são mais de 130 mil m², 850 leitos, quase 7 mil médicos e funcionários e mais de 18 mil atendimentos de emergência, internamentos e cirurgias ao mês.

Ainda no primeiro semestre de 2018, foi inaugurado o novo Edifício Santo Antônio, com 10 pavimentos e 13 mil m² de área construída, abrigando o maior parque de hemodiálise do Estado, serviço de nefrologia, leitos de UTI, hospital dia e enfermarias, com foco nos transplantes de rim, coração, medula óssea e fígado.

“Estamos sempre buscando inovação para oferecer o melhor aos nossos pacientes. E nossos esforços também caminham no sentido de garantir uma assistência de qualidade e segura, com padrão de atendimento validado pela Joint Comission Internacional (organismo de creditação de unidades de saúde)”, afirma o provedor do RHP, Alberto Ferreira da Costa.

Para manter o padrão de atendimento, além da estrutura física, o Português inicia até o fim do ano as operações de sua escola de saúde, orçada em R$ 15 milhões, que oferecerá curso de técnico de enfermagem.

Outra novidade é a ampliação do parque tecnológico, com a aquisição de novos equipamentos. Duas ressonâncias magnéticas, dois PET-Scans, aparelhagens para diagnóstico e estadiamento do câncer e um acelerador linear para radioterapia fazem parte do investimento milionário.

MISSA

Para comemorar os 163 anos, uma missa de Ação de Graças será celebrada pelo Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, e pelo capelão do RHP, frei Paulo Sérgio. Um sessão solene também será realizada no Salão Nobre do hospital, com a presença do ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e do prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Haverá ainda a entrega da Comenda de Excelência Médica do RHP ao oncologista pediátrico Francisco Pedrosa, que chefia o serviço de Oncopediatria, e outorga da medalha de ouro da instituição ao ministro da Saúde, à presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde, Marisa Elisa de Carvalho Ferraz, aos empresários Domingos da Silva Moreira e Cyro Ferreira da Costa e ao industrial Ricardo Brennand.

JC Economia


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *