Rompimento de canal da transposição pode ter sido criminoso

Parede do canal de transposição do Rio São Francisco foi rompido entre as cidades de Terra Nova e Salgueiro (PE)

Equipes do Ministério da Integração Nacional estão trabalhando para consertar os estragos
Reprodução/internet

Equipes do Ministério da Integração Nacional identificaram, na tarde deste sábado (10), um rompimento num pequeno trecho da parede do canal do Eixo Norte, do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, em Pernambuco.

O ministério informou, através de nota, que técnicos estão no local atuando para recuperação da estrutura que deverá ser normalizada até amanhã. O comunicado diz ainda que “há evidências de que tenha sido um ato criminoso”.

TRANSPOSIÇÃO

Segundo o Ministério da Integração, há relatos de moradores que vivem no entorno afirmando que a ação tinha como objetivo desviar o curso d’água daquele ponto para que fosse possível encher um reservatório nas imediações.

Ação semelhante aconteceu em junho do ano passado, num trecho no município de Cabrobó, no Sertão do Estado.

O Ministério da Integração Nacional informa que já adotou todas as providências para o reparo da estrutura e que contará com o apoio da polícia para investigar o caso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *