Paisagismo: Via Mangue recebe mudas de espécies floridas

O espaço vai ganhar árvores de pequeno porte por meio de parceria entre a Prefeitura do Recife, o fotógrafo Bruno Lima e a casa de paisagismo Villa Garden
(Foto: Antônio Tenório/PCR)

Os refúgios centrais da Via Mangue vão ganhar um jardim repleto de verde e flores. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, o fotógrafo Bruno Lima e a casa de paisagismo Villa Garden. O espaço, localizado na área central da pista, mede cerca de 500m2 e receberá 51 árvores de pequeno porte. O plantio das primeiras mudas ocorreu, na tarde desta segunda-feira (05), no canteiro central localizado próximo ao antigo Aeroclube, na Zona Sul da cidade.

“Nós precisamos ampliar a arborização e ações como esta nos ajudam a fazer isso na cidade como um todo. O engajamento do cidadão é fundamental e a gente pretende fazer esse plantio em toda a área da Via Mangue e em outras áreas da cidade também. Só com a parceria e a colaboração do cidadão é que vamos conseguir fazer com que a cidade fique do jeito que desejamos”, disse o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Bruno Schwambach, que participou da ação na Via Mangue.

Nesta segunda, foram plantadas quatro mudas de jasmim-manga, com flores de cores diversas. Para garantir o maior sucesso da ação, as mudas colocadas no refúgio tinham em média 1,8m de altura, que representaria três anos idade. As plantas foram doadas pelo fotógrafo Bruno Lima que promete acompanhar cada passo da ação. “A ideia é colaborar para a cidade ficar mais bonita, fazer a minha parte como cidadão. Vou participar do plantio de mais mudas e vou acompanhar o crescimento delas”, comentou Lima, que se comprometeu a custear as mudas com a venda de quadros de sua autoria, ao longo do ano.

Segundo o paisagista Luciano Lacerda, da Villa Garden, que assina o projeto dos refúgios da Via Mangue, a ideia é proporcionar um colorido especial para o logradouro, já que a área é formada por um elevado e a profundidade no refúgio é pequena. “Ao longo do canteiro, estamos usando jasmim-manga de várias cores: vermelho, amarela, branco e rosa. Eles vão proporcionar uma alegria, um colorido especial neste espaço que hoje só tem grama. E como essas mudas são grandes, acredito que no final do ano já elas podem florescer”, detalhou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *