Chamadas para emergência revelam como funcionários da Apple se acidentam nos vidros da nova sede

Por: Tom McKay

No último mês foi reportado que o novo campus da Apple em Cupertino, Califórnia, o Apple Park, causou alguns acidentes com funcionários. Basicamente, eles batiam nas paredes de vidro semi-invisíveis, enquanto caminhavam pelos escritórios da companhia.

Oficiais da área da construção da cidade de Cupertino supostamente avisaram à Apple que o campus, que custou mais de US$ 5 bilhões, poderia resultar em alguns acidentes. E agora, pelo menos, temos provas concretas, pois o San Francisco Chronicle obteve os registros de chamadas de emergência vindas do local. Teve pelo menos três incidentes reportados para o 911 (número de emergência nos EUA).

Em 2 de janeiro deste ano, aconteceram pelo menos duas chamadas para o 911 relatando que trabalhadores distraídos bateram nas paredes de vidro. Após dois dias, houve uma outra.

As três pessoas envolvidas em acidentes eram homens. No segundo incidente, a pessoa em questão bateu tão forte na parede de vidro que provavelmente foi necessário fazer pontos. Abaixo, um resumo de uma das chamadas:

Chamada 1 (2 de janeiro de 2018)

Emergência: Emergência médica, 185, o que você quer comunicar?
Chamador: Sou da área de segurança da Apple e quero reportar uma lesão.
Emergência: Ok, qual é o endereço?
Chamador: Apple Park Way. 1 Apple Park Way.
Emergência: Ok, me diga o que aconteceu…
Chamador: Nós temos uma pessoa que se deparou com uma parede de vidro e bateu a cabeça. Ele tem um pequeno corte que está saindo sangue na cabeça e está levemente desorientado. Nós temos gente da segurança o acompanhando.
Emergência: Quando isso aconteceu?
Chamador: Faz uns cinco minutos. Por volta das 12:05.
Emergência: Tem algum sangramento sério?
Chamador: Sim, na cabeça.
Emergência: Ok, estou enviando paramédicos para auxiliar. Enquanto isso, continue na linha eu direi exatamente o que você deve fazer em seguida. Não mova a pessoa a não ser que ela esteja em perigo e não faça nenhum tipo de tala no machucado. A partir de agora, não deixe essa pessoa comer ou beber, pois pode fazê-la passar mal ou causar mais problemas. E não mova ele a não ser que seja absolutamente necessário. Peça a ele para ficar parado e esperar a ajuda chegar.

Eu vou dar algumas instruções para controle do sangramento… Então ouça com cuidado e se assegure que esteja fazendo como estou te falando. Pegue um pedaço de pano limpo ou uma toalha e coloque sobre o machucado e peça a ele para pressionar firme e não olhar para cima.

Chamador: Pressionar o machucado e não olhar para cima.
Emergência: Correto, correto. Eu quero que alguém observe este rapaz de perto. Se ele tiver sonolência e vomitar, rapidamente vire o corpo dele de lado. Antes de os paramédicos chegaram, tenha algum tipo de sinalização para guiá-los até o local. Se o paciente piorar, nos ligue imediatamente e passaremos mais instruções.

O segundo incidente ocorreu no mesmo dia e parece ter sido mais sério. Na chamada, o pessoal da segurança da Apple não tinha certeza se o paciente estava consciente e acordado e que possivelmente ia precisar de pontos para conter um corte:

Chamada 2 ( 2 de janeiro de 2018)

Emergência: Qual o endereço da emergência?
Chamador: É no 1 Apple Park, em Cupertino. É uma emergência médica.
Emergência: Me diga exatamente o que aconteceu.
Chamador: Nós temos um funcionário… Ele estava andando no campus e bateu a cabeça em uma parede de vidro cortando um pouco da sobrancelha.
Emergência: Ok, você está com o paciente agora?
Chamador: Não, estou ligando do call center. Nós temos uma equipe de segurança com essa pessoa.
Emergência: Ok, qual a idade do paciente?
Chamador: Parece que é um homem de meia-idade.
Emergência: Ok, onde está sangrando agora?
Chamador: Um corte acima da sobrancelha.
Emergência: Me dê um momento.
Uma pessoa da Apple diz em segundo plano que há um corte na sobrancelha. “Segundo nosso, vamos chamar de, pessoal de primeiros socorros, parece que vai precisar fazer alguns pontos.”
Emergência: Fique na linha e eu vou te dizer o que você deve fazer. Por ora, diga a ele que a ajuda já está a caminho. Não deixe-o comer ou beber. Isso pode fazer ele passar mal ou causar mais problemas.

A última chamada parece ser a menos séria, com o paciente dizendo que estava consciente e que o incidente foi “bem bobo”. O rapaz chegou até a esclarecer que: “eu não atravessei uma porta de vidro. Eu bati em uma porta de vidro.” O paciente disse ainda que não estava sangrando muito:

Chamada 3 (4 de janeiro de 2018)

Emergência: Qual o endereço da emergência?
Chamador: Olá! 1 Apple Park Way.
A propósito, estou com a Jéssica na linha que está com um paciente que bateu a cabeça no vidro.
Emergência: Ok. Me diga o que aconteceu.
Chamador 2: Eu vou passar o telefone para o paciente, aí ele mesmo explica para você.
Emergência: Ok, senhora. Olá senhor, tudo bem?
Paciente: Olá.
Emergência: Me diga exatamente o que aconteceu.
Paciente: Eu bati em uma porta de vidro no primeiro andar do Apple Park quando eu estava tentando sair do prédio, o que foi uma decisão bem boba.
Emergência: Você atravessou a porta de vidro?
Paciente: Eu não atravessei uma porta de vidro. Eu bati em uma porta de vidro.
Emergência: Você machucou sua cabeça?
Paciente: Eu bati a cabeça.
Emergência: Tem algum sangramento?
Paciente: Não.
Emergência: Um momento. Só um segundo enquanto eu atualizo os paramédicos, fique na linha. Estou enviando paramédicos para te ajudar. Eu vou dizer exatamente o que vai acontecer em seguida.

Não se mexa a menos que você esteja em perigo, ok? A ajuda já está à caminho. Por ora, não coma nem beba nada, pois pode fazer você passar mal ou causar mais problemas.

Estes são apenas alguns incidentes que ficamos sabendo. O Apple Park tem funcionários desde abril de 2017 e, por ora, sabemos apenas dessas três chamadas. É possível que este seja um problema interminável, como a Bloomberg reportou. A companhia desencoraja funcionários a usar marcadores na porta, como post-its. A empresa tem várias vagas em aberto, porém uma busca no OSHA (órgão de segurança do trabalho nos EUA) não teve nenhuma aplicação como resultado.

O design do Apple Park foi o resultado de um grande esforço de forma e estética. A equipe que concebeu as instalações do novo campus acredita que limites de entrada poderiam distrair a linha de pensamento dos engenheiros. Em outras palavras, a companhia queria que o prédio permitisse que os funcionários pudessem se locomover o mais rápido possível, sem distrações. Parece boa a ideia até as pessoas começarem a se espatifar nas paredes de vidro.

De acordo com o San Francisco Chronicle, a Apple recebeu uma série de recomendações sobre segurança de trabalho de oficiais do município.

“Nós sabíamos que isso seria um problema, especialmente quando eles limpam os vidros”, disse Albert Salvador, da área de construção de Cupertino, ao jornal. “Ao limpá-los, mal dá para saber que eles [os vidros] estão lá.”

Ele ainda disse que durante a visita ao novo campus da Apple com Dirk Mattern, do corpo de bombeiros de Santa Clara County, eles estavam conversando com um dos funcionários, quando um outro atingiu o vidro. “Esse incidente ajudou a provar nosso ponto”, concluiu Salvador.

[San Francisco Chronicle]

Foto do topo por AP
Gizmodo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *