Número de passageiros internacionais da Star Alliance no Recife aumenta 11%

Visual Hunt

A Star Alliance, maior aliança de companhias aéreas do mundo, consolida-se como a principal referência em conectividade na capital pernambucana. A rede viu o número de passageiros internacionais no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre aumentar 11% de janeiro a novembro de 2017 na comparação com todo o ano anterior. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Foi a única aliança aérea a crescer na capital pernambucana, sendo responsável pelo embarque de 86.834 viajantes, o que corresponde a 52% do total de 167.279 passageiros no período. Como parâmetro, a outra aliança com atuação local registrou 15.992 passageiros, índice 26% inferior ao de 2016. O aeroporto registrou a decolagem de 849 aeronaves, das quais 415 foram das companhias aéreas membros Avianca Brasil, Copa Airlines e TAP Portugal.

A Star Alliance já é uma referência em conectividade para a Europa, graças à operação da TAP que completou 50 anos em 2017. No ano passado, totalizou 322 voos para Lisboa contra 59 da concorrência. Da capital portuguesa, estabelece conexões para cerca de 70 destinos em 30 países europeus e também africanos. A companhia, inclusive, ampliou suas frequências semanais de três para oito no período de novembro a março e para dez nas temporadas de Natal, Ano Novo e de abril a outubro.

Outro fato relevante deve impulsionar esses números. Em dezembro, a Avianca Brasil fez sua estreia em voos internacionais nos céus do Recife, com a operação de um voo semanal para Bogotá. “Com isso, a Star Alliance tende a ganhar relevância no acesso dos brasileiros às Américas Central, do Norte, ao norte da América do Sul e ao Caribe, que hoje já é assegurado por quatro voos semanais da Copa Airlines para a Cidade do Panamá”, complementa Rebecca Meadows (Avianca), CSC Chair da aliança.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *