Ministro Mendonça Filho anuncia novas 21 mil vagas para escolas de tempo integral em Pernambuco

Mais de R$ 33,8 milhões serão destinados a 60 escolas a partir de programa apoiado pelo MEC

A expectativa é de que até 2020 o estado disponibilize 34 mil matrículas em tempo integral apoiadas pelo MEC.
Foto: AnaMaria Nascimento/DP

Novos alunos da rede pública de Pernambuco terão acesso ao Programa de Fomento às Escolas de Tempo Integral, do Ministério da Educação (MEC). Em evento no Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (17), o ministro da educação, Mendonça Filho anunciou mais de R$ 33,8 milhões destinados a 60 escolas do estado.

Com a adesão, cerca de 21 mil alunos serão beneficiados com ensino em tempo integral. Ao todo estão funcionando atualmente 36 instituições em quase 40 municípios do estado neste formato. Ainda em 2018, já foram aprovadas pelo MEC a adesão de mais 24 novas escolas para o programa, principalmente, instituições em áreas consideradas de vulnerabilidade social. A expectativa é de que até 2020 o estado disponibilize 34 mil matrículas em tempo integral apoiadas pelo MEC.

O Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) tem como finalidade apoiar estados e municípios na implementação do modelo de escola integral. A proposta do MEC é que em 2020, 967 escolas ofereçam o serviço e que o investimento anual para o programa seja de aproximadamente R$ 1 bilhão.

Pernambuco foi um dos primeiros estados a implantar o perfil de educação nas escolas. “Ao se ampliar a jornada estudantil, as escolas passam a oferecer atividades complementares que têm como objetivo preencher lacunas na aprendizagem, melhorando os índices da educação brasileira e desenvolvendo, de maneira mais ampla, as capacidades cognitivas dos estudantes”, comenta o ministro pernambucano.

Diario PE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *