Amazon inaugura sua primeira loja sem caixas e atendentes

Clientes são cobrados pelo que compram automaticamente graças à tecnologia adotada pela empresa

Câmeras e sensores acompanham o que os clientes retiram das prateleiras
Divulgação/Amazon

A loja que poderá definir o futuro do varejo físico foi inaugurada nesta segunda-feira (22), em Seattle, nos EUA. O estabelecimento, que pertence à Amazon, dispensa o uso de caixas eletrônicos e atendentes e adota câmeras e sensores para acompanhar o que os clientes retiram das prateleiras. Eles são cobrados automaticamente, assim que deixam o espaço, a partir de um cartão de crédito pré-cadastrado.

A unidade, similar a uma loja de conveniência, abriu as portas para funcionários da Amazon em 5 de dezembro de 2016, em fase de testes. Agora, pode ser usada pelo público em geral. Os clientes registram sua entrada na loja com um smartphone conectado a um aplicativo e, a partir daí, podem pegar os itens que desejam comprar. Eles são cobrados automaticamente assim que saem do estabelecimento e não precisam enfrentar filas.

Ao combinar a visão computacional, algoritmos e sensores de aprendizado de máquina, a gigante de varejo online pode contar o que as pessoas compraram e cobra o valor diretamente em sua conta da Amazon. Se o consumidor colocar um item de volta na prateleira, ele não será cobrado.

Nesta fase inicial, a loja ainda conta com a presença de alguns funcionários, que principalmente orientam os consumidores como a unidade funciona. O estabelecimento oferece café da manhã, almoços, jantares e lanches prontos para o consumo, bem como alguns alimentos básicos como pão, leite, queijo e chocolates.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *