Os cuidados com a alimentação nas festas de fim de ano

Mudanças simples no modo de preparo garantem pratos mais saudáveis

Nas festas de fim de ano, com tantos encontros e confraternizações, pode ser fácil exagerar e perder o controle do que está sendo preparado e consumido. Mas, com alguns cuidados durante o preparo, é possível fazer pratos que, além de deliciosos, são saudáveis e podem ser saboreados sem culpa.

Segundo Sílvia Gomes, professora de Nutrição do Centro Universitário dos Guararapes (UniFG), simples mudanças no momento de cozinhar já fazem grande diferença no resultado. É o caso do peru, prato tradicional das ceias natalinas. “O peru é carne magra, o que já é ótimo porque tem bem pouca gordura”, afirma. O problema é que, ao temperar a carne, muita gente usa ingredientes industrializados, ricos em sódio. “O ideal é usar temperos naturais ou ervas”, indica a nutricionista.

O mesmo vale para a rabanada, outro prato típico da temporada de festas. Para tornar o alimento mais saudável, é recomendado preparar a comida no forno em vez de fritá-la. Outra dica é utilizar apenas canela por cima da rabanada, deixando o açúcar de lado. De acordo com Sílvia Gomes, “o pão já possui muito carboidrato, então o ideal é não colocar açúcar na receita para evitar o consumo em excesso”.

Para outros alimentos, pode ser mais vantajoso fazer a troca por uma opção mais leve, como acontece, por exemplo, com o arroz. “Neste caso, tanto o arroz integral quanto o arroz 7 grãos são opções melhores que o tradicional, pois são mais ricos em fibras”, orienta Sílvia.

A nutricionista alerta que, além da atenção com o alimento, também é importante moderar na quantidade. “Tudo bem comer alguma coisa mais calórica de vez em quando, mas é preciso cuidado para não tornar isso um hábito. Afinal, principalmente quando vamos comer fora, é muito difícil ter controle sobre o que será servido”, afirma. “O ideal é encontrar um equilíbrio, mas dando preferência às opções mais saudáveis.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *