Prefeito do Recife Geraldo Julio inaugura 100ª placa do programa História nas Paredes

A iniciativa é uma parceria entre IAHGP e Prefeitura do Recife e chega à marca de 100 placas com informações históricas que estão espalhadas por vários pontos da cidade, além de Olinda e Salvador (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

Na manhã desta sexta-feira (10), o prefeito Geraldo Julio descerrou mais uma placa do projeto História nas Paredes. A iniciativa tem como objetivo lembrar marcos da história do Recife, que é feita de revoluções, personalidades e fatos históricos que construíram sua identidade. Pensando em celebrar e eternizar essa memória, a Prefeitura do Recife e o Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP) celebraram a instalação da centésima placa do projeto, desta vez na Rua Padre Roma, no bairro da Tamarineira, contando exatamente a história do Padre Roma, um dos heróis da Revolução Pernambucana de 1817. A inauguração aconteceu na presença de descendentes do revolucionário.

“Estamos aqui afixando esta placa de número 100 do programa, mudando as ruas da cidade, fazendo com que as pessoas possam entender mais da sua história. Em um momento histórico, porque estamos nos duzentos anos da Revolução Pernambucana e aqui estamos homenageando um grande herói deste período. Agora, esta grande avenida tem na sua parede uma placa que explica quem ele foi. Quem passa por aqui tem oportunidade de ler e conhecer mais a história do Recife”, declarou o prefeito Geraldo Julio.

Feitas em azulejo, as placas estão espalhadas em vários pontos da cidade, em bairros diferentes, como por exemplo na Av. Conselheiro Rosa e Silva, na Zona Norte, e a Conde da Boa Vista, no centro da cidade e na Rua Barão de Souza Leão, em Boa Viagem. Em cada um delas há um texto informativo sobre o que aconteceu naquele local ou a biografia do homenageado, contando para transeuntes, moradores e turistas, uma parte da história da cidade e das pessoas que dão nomes às ruas onde estão localizadas. Para realização do projeto, diversas pessoas, empresas e entidades públicas participaram, principalmente, da liberação dos espaços escolhidos.

“Enquanto descendente do Padre Roma eu fico muito feliz, porque ele deixa um grande legado para Pernambuco e para o Brasil, para seus descendentes, que também se orgulham do seu passado, como também para o povo, especialmente o povo Pernambucano, que teve em sua história um dos heróis da Revolução Pernambucana. Uma figura que orgulhou a todos pelo seu desprendimento, seu espírito público e pelo seu apreço pelo Brasil, entregando sua própria vida. Este é um brinde à população do presente, que vivem na capital Recife, que podem andar nas ruas e conhecer sua história. Um projeto que projeta e enaltece nosso patrimônio”, revelou João Roma, descendente da sétima geração do homenageado.

Também em alusão à Revolução Republicana de Pernambuco, só neste ano já foram inauguradas outras 10 placas comemorativas em criando um circuito cultural nos cenários da revolta. Nesse roteiro, há também um exemplar em Salvador, capital baiana, em lembrança ao antigo Campo da Pólvora, hoje na Rua do Carro, e outro no Seminário de Olinda.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *