Embaixadores da União Europeia conhecem oportunidades de negócios em Suape

Vinte e um embaixadores da União Europeia (UE) participaram, no fim da manhã e início de tarde desta quinta-feira (18), de um almoço e de uma palestra na sede do Complexo Portuário de Suape, em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife. O grupo foi recepcionado pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry, e pelo presidente do porto, Marcos Baptista. Durante o ato, os diplomatas conheceram um pouco das potencialidades do Estado e possibilidades de negócios que envolvem o complexo portuário. A missão é realizada anualmente e Pernambuco foi o escolhido em 2017. A agenda dos europeus no Estado segue até o próximo dia 21.

Marcos Baptista, primeiro a falar no encontro, pontuou a importância desses momentos para prospectar novos negócios e apresentar todo o potencial do empreendimento. “Para nós é uma grande honra poder apresentar todo o potencial da joia da coroa pernambucana. Não é por acaso que hoje Suape é o sucesso que é. Temos um projeto sólido que gera mais de 18 mil empregos e sempre traz resultados positivos para quem se instala aqui”, comentou Marcos.

Com a missão de apresentar todo o diferencial de Pernambuco em relação aos demais países do Brasil, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Raul Henry, pontuou as oportunidades para as empresas que querem investir no empreendimento. “Suape é o maior ativo da economia de Pernambuco. É um exemplo de gestão pública, um porto que tem uma extraordinária performance e um exemplo de continuidade administrativa, todos os governos que se sucederam investiram neste complexo. Este porto é um exemplo de continuidade e estamos aptos a retomar os investimentos nos terminais de veículos e, de contêineres. Já temos uma operação de veículos muito importante da Fiat e da Toyota acontecendo e temos todo o potencial para diversificar a movimentação de produtos como os granéis sólidos“, comentou.

O embaixador da UE no Brasil, João Cravinho, ressaltou a importância desta aproximação para fortalecer os laços entre a UE e Pernambuco. “Esta passagem ao Estado de Pernambuco é uma visita prospectiva, ancorada em um relacionamento antigo, extenso e profundo entre o estado de PE e os países da União Europeia”. João também adiantou as intenções para o ano “Em 2017 temos a perspectiva renovada de conseguirmos chegar a um acordo comercial entre a UE e o Mercosul. A UE já é o melhor parceiro comercial do Brasil. Prevemos que com o acordo entre a união europeia e o Mercosul, naturalmente o Porto de Suape será ainda mais importante para o desenvolvimento de novos negócios”, finalizou.

SUAPE – Com 38 anos de existência, o Complexo Industrial Portuário de Suape conta com mais de 100 empresas instaladas e em processo de implantação em seu território de 13,5 mil hectares. Esses empreendimentos somam mais de R$ 50 bilhões em investimentos privados, empregando um total de 18 mil trabalhadores diretamente. Suape está conectado aos principais portos do mundo. Em 2016, o atracadouro contabilizou 22,74 milhões de toneladas de cargas movimentadas, encerrando o ano com crescimento de 15% em relação a 2015. Essa taxa de crescimento foi a maior entre os 10 maiores portos públicos do país, o que alavancou Suape para a 5ª posição no ranking nacional. No primeiro trimestre deste ano, a movimentação geral de cargas somou 5,38 milhões de toneladas e subiu 12% em comparação com o primeiro trimestre de 2016.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *