Contribuição sindical: lidando com a perda

O Globo – Coluna Poder em Jogo
Por Lydia Medeiros

Com medo de serem derrotados na reforma trabalhista, e ficar sem a farta arrecadação da contribuição sindical obrigatória, deputados ligados a centrais sindicais, liderados por Paulinho da Força (SDD), articulam um meio de amenizar o possível rombo nas contas das entidades sem ao dinheiro do imposto.

A ideia é criar uma regra de transição para suavizar as perdas. O grupo percebeu que há um clima desfavorável às centrais na Câmara. Nos estados, os sindicatos pressionam os parlamentares contra a reforma da Previdência, divulgando fotos daqueles que apoiam as mudanças com o carimbo de “traidor”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *