Paixão de Cristo de Nova Jerusalém comemora 50 anos em grande estilo

No ano do seu cinquentenário, o espetáculo apresentará cenários ainda mais imponentes, figurino renovado e artistas de destaque nacional como Rômulo Neto, Letícia Birkheuer, Joaquim Lopes, Aline Riscado, Adriana Birolli, Raphael Vianna e Jesus Luz.

FILMES PUBLICITÁRIOS

Como vem acontecendo em todos os anos, os atores e atrizes convidados, juntamente com o grande elenco pernambucano, estarão, no início de dezembro, na cidade-teatro de Nova Jerusalém, localizada no município do Brejo da Madre de Deus, a 180 km do Recife, para a gravação dos filmes de divulgação da temporada comemorativa dos 50 anos da Paixão mais famosa do Brasil.

Serão produzidos seis filmes publicitários sobe direção de Eduardo Morotó.Cineasta pernambucano, Morotó já conquistou mais de 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais atuando como roteirista e diretor de filmes curta-metragem. Ele está em seu segundo ano como diretor dos filmes publicitários da Paixão da Nova Jerusalém.

As cenas serão montadas e filmadas, com base em roteiros concebidos pelo diretor Eduardo Morotó, abordando novas cenas e apresentando também grandes novidades que estão sendo montadas pela direção e pela produção do evento.

ELENCO DE ASTROS E ESTRELAS

Os artistas Rômulo Neto, (Jesus), Letícia Birkheuer, (Maria), Rafael Viana, (Herodes), Joaquim Lopes (Pilatos), além da jovem atriz Adriana Birolli (Madalena), da bela Aline Riscado (Herodíades) e do modelo e ator Jesus Luz (João – apóstolo), vão estrear na comemoração do cinquentenário dos espetáculos da Paixão de Cristo da Nova Jerusalém, cuja temporada será realizada entre 08 e15 de abril de 2017, em Pernambuco.

ROMULO NETO

Vivendo um Jesus jovem e humanitário, o ator Rômulo Neto será o principal personagem do espetáculo cinquentenário. Trata-se de Rômulo Duncan Arantes Neto, que é o seu nome completo.

A televisão transformou seu rosto em um dos mais reconhecidos no Brasil. Depois de uma breve carreira como modelo, Rômulo Neto teve seu primeiro papel na TV como protagonista da série “Malhação”, em 2007, e a partir desse momento não parou mais, emendando um trabalho no outro. Em 2013, depois de algumas participações em novelas de outra emissora, retornou àRede Globo e roubou a cena como o vilão Tito Rabelo em “Sangue Bom”. Em seguida, ganhou ainda mais destaque no papel de Robertão, na novela “Império”. O personagem, apesar de ser um cafajeste, conquistou o público graças àsua interpretação e construção do tipo, que misturou um pouco de comédia com romantismo. Fazia par romântico com a bela atriz Letícia Birkheuer. Recentemente interpretou outro vilão, o mulherengo Braz Lima, na novela de época “Êta mundo bom!”. Em 2016, lançou o filme “Mais forte que o mundo – A história de José Aldo”, onde interpretou o vilão Fernandinho. Além disso, fez do cinema seu estímulo para dar um passo em direção a uma carreira internacional. Em 2017 ele estará novamente em uma novela da Rede Globo e estreará seu primeiro filme rodado nos EUA, “Can´t be undone” (ainda sem título em português), dirigido por Don Castle.

LETÍCIA BIRKHEUER

Descendente de alemães e austríacos, Letícia Birkheuer, gaúcha de Passo Fundo, assinou contratos com algumas das mais famosas grifes do mundo como Christian Dior, Giorgio Armani, Helena Rubinstein e Coco Chanel. Tendo vivido por dez anos em Nova York, nos Estados Unidos, foi escolhida por Giorgio Armani, para ser o rosto da coleção de perfumes Armani, como Armani Mania. Giorgio Armani a escolheu a dedo e disse que ela era a modelo mais bela do planeta. Em 2002 e 2003, desfilou no Victoria’s Secret Fashion Show. Em 2006, Birkheuer tornou-se um nome famoso no mundo da moda, quando assinou um contrato milionário com a grife Helena Rubinstein. Foi capa da edição brasileira da revista Playboy, em 2010.

Estreou como atriz em 2005 ao ser convidada pela Rede Globo para viver a vilã Érica Assunção na novela “Belíssima”. A atuação lhe rendeu a indicação para o Prêmio Contigo, na categoria de melhor atriz revelação. Foi então que decidiu seguir a carreira de atriz e passou a dedicar-se fazendo aulas e workshops. Em 2007 fez a novela “Pé na Jaca” vivendo Isabela, uma modelo. Em 2008, interpretou a vilã Raquel na novela “Desejo Proibido”. Em 2010 viveu Natasha em “Cama de Gato”. Ainda de 2007, Letícia esteve no elenco da sétima temporada da “Dança dos Famosos”, quadro do programa “Domingão do Faustão”. No final desse ano apresentou o “Menina Fantástica”, reality show de moda do Fantástico.

Seu trabalho de maior sucesso foi, em 2014, na novela “Império”, vivendo a jornalista Erika, personagem cômica, que fez sucesso ao lado do blogueiroTéo Pereira, interpretado pelo ator Paulo Betti. Nessa novela Letícia fez par romântico com o ator Rômulo Neto. Após ter se destacado em seu primeiro musical “Nine – Um Musical Feliniano”, ainda em 2015, Letícia continuou se dedicando às aulas de canto e dança. A atriz, que acaba de encerrar a última temporada de “Malhação – Seu Lugar no Mundo”, agora viaja o Brasil com a peça “Dedo Podre”.

Na Paixão cinquentenária, Letícia Birkheuer emprestará sua beleza e seu talento de atriz à personagem de Maria, a mãe do Salvador.

RAPHAEL VIANNA

Quem também estreará na Paixão da Nova Jerusalém é Raphael Vianna, ator de teatro, cinema e televisão. No cinema já fez cinco filmes (“Apaixonados”, “Divã 2”, “Desejo Sombrio” “Arélia” e “Garoto de Aluguel”). No teatro, já atuou em seis espetáculos, sendo o mais recente “João Cabral”, que marcou as comemorações dos dez anos da Companhia de Teatro Íntimo, com direção de Renato Farias. Raphael estreou na Rede Globo em 2011, na novela “Araguaia”, trabalho pelo qual foi premiado como Ator Revelação do Ano. No período de quatro anos, entre 2011 e 2015, Raphael fez quatro novelas: “Morde e Assopra”, “Amor, Eterno Amor”, “Flor do Caribe” e o grande sucesso “Império”. Mais recentemente, atuou com destaque na série “Suburbanos”, para o Canal Multishow. Participou da Dança dos Famosos do Domingão do Faustão, em 2011 e do quadro “Desafiados”, no programaCaldeirão do Huck, em 2015.

Agora, na Paixão cinquentenária, viverá o conturbado rei Herodes.

JOAQUIM LOPES

Para viver o governador Pilatos, a Sociedade Teatral de Fazenda Nova convidou o ator Joaquim Lopes. Joaquim Santos Couceiro Lopes nasceu em 25 de abril de 1980 na cidade de São Paulo.Formado em gastronomia, o ator começou sua carreira artística no teatro em 1999onde foi o personagem Pedro em “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues. Atuou em mais de 15 peças. Em 2005 ele trocou o palco pelas câmeras vivendo seu primeiro personagem na televisão. A partir de então, em todos os anos apareceu na telinha nas mais diversas participações em programas, séries e novelas, a saber: em 2005, “Os Ricos Também Choram”; em 2007, “Amigas & Rivais”; em 2008, “Água na Boca”; em 2009, “Quase Anônimos”; em 2010, “As Cariocas”; em 2011, viveu o caipira cômico e sedutor Josué que trabalha na fazenda de Abner (Marcos Pasquim) na novela “Morde & Assopra” da Rede Globo; em 2012, “Dança da Galera” no programa Domingão do Faustão (como repórter e apresentador); em 2013, interpreta o divertido mulherengo Lucindo na novela “Sangue Bom”, também da Rede Globo; em 2014, participou de “Geração Brasil”, como o programador Domênico; ainda em 2014, entra para o elenco da novela de grande sucesso “Império”, interpretando o vilão homofóbico Enrico; e, finalmente, em 2015, passou a ser apresentador e também repórter do programa “Vídeo Show”, ao lado de Otaviano Costa e Miguel Falabella. No cinema a partir de 2011 participou de quatro filmes, o último dos quais, “Amor.com” tem lançamento previsto para 2017.

ADRIANA BIROLLI

A bela atriz Adriana Birolli também irá integrar o elenco da Paixão cinquentenária, vivendo o papel de Madalena. Adriana tem várias e importantes participações em telenovelas da Rede Globo.Nascida em Curitiba, Adriana teve sua primeira experiência como atriz aos oito anos de idade. Desde então vem colecionando prêmios e atuações memoráveis na TV e no teatro.

No teatro, recebeu aos dezenove anos de idade o troféu Gralha Azul de melhor atriz, do Governo do Estado do Paraná pelo Centro Cultural Teatro Guaíra, no espetáculo “Manual Prático da Mulher Desesperada”. Adriana foi a mais jovem atriz da história a receber esse prêmio e foi a primeira atuação premiada por uma comédia em toda a história do troféu.

Na televisão Adriana participou de cinco novelas da Rede Globo: “Beleza Pura”, “Viver a Vida”, “Fina Estampa”, “Império” e “Totalmente Demais”. Recebeu vários prêmios como o Melhores do Ano do Domingão do Faustão, Prêmio Quem e Prêmio Contigo de Televisão por sua Isabel de “Viver a Vida”, o Prêmio Jovem Brasileiro por sua atuação como Patrícia em “Fina Estampa” e foi indicada, em 2015, ao Prêmio Contigo de melhor atriz coadjuvante por sua atuação como Amanda em “Império”.

Contracenou com as maiores estrelas da TV como Lilia Cabral e Aline Moraes em “Viver a Vida”, Christiane Torloni em “Fina Estampa” e Juliana Paes em “Totalmente Demais”. Teve como pares românticos atores como Caio Castro, Chay Suede, Rodrigo Hilbert, Caio Blat e Klebber Toledo.

JESUS LUZ

O modelo carioca Jesus Luz, 28 anos, se tornou mundialmente conhecido ao ser selecionado pelo fotógrafo Steven Klein para estampar um editorial da revista W, ao lado da pop star Madonna.

Estreou no São Paulo Fashion Week na temporada primavera-verão 2009/2010 desfilando ao lado de Gisele Bündchen para a Colcci. Após o desfile, embarcou direto para Milão para participar da Semana de Moda Masculina, onde desfilou com exclusividade para Dolce & Gabanna e foi o modelo principal da campanha de outono-inverno 2009/2010. Em Milão também fotografou a campanha da Intimissi, grife italiana de lingerie, fotografado por Pablo Arroyo.

Em Paris desfilou para Givenchy, a convite do diretor artístico da marca, Ricardo Tisci. Em seguida desfilou para Addidas-Y3 em Nova York. Com 1.83m e belos olhos azuis, o modelo estrelou as campanhas da Peppe Jeans, por Tom Munro, Ellus, por Jacques Dequeker, Mash, por Rene de Paula, Ona Saez por Gabriel Rocca, e estampou a capa e o editorial da revista L’officiel Hommes, clicados por Milan Vukmirovic, editorial para a revista GQ italiana e alemã, Editorial para Vogue RG, VS. Magazine by Jorgen Ringstrand, Shangay Style por Jesus Alonso e Vogue China.

Além do reconhecimento do seu trabalho de DJ e modelo, Jesus já estrelou duas novelas da Rede Globo, e foi uma das atrações do Dance with the Stars Italy, reality show de maior audiência da TV Italiana. Fez parte também do Saltibum 2015 do Caldeirão do Huck e fez uma participação no filme “Vai que Cola”.

Jesus Luz vem brilhar na Paixão cinquentenária da Nova Jerusalém no papel do apóstolo João, o discípulo amado do Redentor.

ALINE RISCADO

Aline Riscado vem emprestar sua graça e beleza à personagem Herodíades da Paixão cinquentenária. .Aos três anos de idade Aline já começou a estudar balé clássico e aos 10 anos entrava para a escola de dança do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Entre 2011 e 2014 integrou o balé do programa Domingão do Faustão, tendo participado por duas vezes do quadro Dança dos Famosos. Em 2014 foi Rainha da Bateria da Escola de Samba Caprichosos de Pilares e dois anos depois, repetiu a dose com a escola paulistana Acadêmicos do Tucuruvi. Em 2015 Aline tornou-se nacionalmente conhecida quando estrelou a campanha publicitária de uma marca famosa de cerveja, fazendo o papel da sensualíssima “Verão”. De lá para cá Aline Riscado tem participado de muitas campanhas publicitárias, sendo a celebridade que mais apareceu na publicidade nos últimos anos.

OS PERNAMBUCANOS

Além dos artistas convidados, o elenco é formado também por mais de 50 atores e atrizeslocais, onde se destacam Ricardo Mourão (Caifás), Ednaldo Lucena (Anás), Júlio Rocha (Pedro)e muitos outros. E a encenação conta com a experiente direção artística dos pernambucanos Carlos Reis e Lúcio Lombardi, que desde 1997 conduzem com maestria a montagem dosgrandiosos espetáculos. A produção executiva e a coordenação geral estão a cargo de Robinson Pacheco, filho de Plínio Pacheco,este que foi o idealizador e construtor da cidade teatro de Nova Jerusalém. Robinson tem sob seu comando várias equipes que somam centenas de pessoas: assistentes de coordenação, vigilância e segurança, pessoal de limpeza e manutenção, pessoal de hospedagem, equipe de administração, enfim, um verdadeiro exército que torna possível a sempre elogiada organização e condução desse megaespetáculo que agora completa cinquenta anos de vida.

NOVIDADES NA PAIXÃO 2017

Para a 50ª temporada da Paixão de Cristo, estão sendo previstas várias novidades e inovações preparadas pela Direção, pela Produção e pelos Figurinistas do mega evento. Além dessas inovações, alguns monumentos serão inaugurados na pré-estreia no dia 07 de abril, na presença de convidados, da imprensa e das autoridades. O Governador de Pernambuco, Paulo Câmara já confirmou presença com vários convidados, importantes figuras do cenário político nacional para a inesquecível apresentação da abertura do cinquentenário da Paixão.

Em frente às gigantescas muralhas de pedra da cidade teatro de Nova Jerusalém, a inauguração de dois grandes monumentos estará fazendo parte das comemorações da abertura dos cinquenta anos da Paixão no maior teatro ao ar livre do mundo. Um monumento a Plínio Pacheco, idealizador da cidade-teatro e a “seu” Cazé o inseparável operário, homem simples, que sempre esteve ao lado de Plinio e que sabia como poucos trabalhar a arte da cantaria. Todas as pedras trabalhadas ou existentes na cidade teatro foram frutos da arte da pedra que “seu” Cazé dominava e ensinava com muita humildade e prazer a todos os seus “cassacos”, como costumava chamar aos seus comandados. Na grande estátua, um Jeep ano 1951, modelo ainda da Segunda Guerra Mundial, com o qual, rebocando um trailer (ou puxando um reboque de ferro) de ferro, Plínio Pacheco transportou mais de 70% das pedras que foram usadas na construção da cidade-teatro.

Ao lado desse primeiro monumento, um pouco mais à direita de quem chega, será também inaugurada uma escultura, em tamanho natural, réplica da famosa Pietá de Leonardo da Vinci. A Pietá terá o rosto da atriz Diva Pacheco que interpretou a personagem Maria, por 12 anos. E o Jesus, em seu regaço, terá a fisionomia do ator e diretor Luiz Mendonça, irmão de Diva, primeiro Jesus e diretor dos espetáculos iniciais ainda nas ruas da vila de Fazenda Nova, de 1951 até 1962. Ambos eram filhos do casal Epaminondas e Sebastiana Mendonça, idealizadores do “Drama do Calvário”, espetáculo que foi a semente da Paixão da Nova Jerusalém. Luiz Mendonça foi, também, o primeiro ator a interpretar o papel de Jesus dentro das muralhas da cidade teatro, há 50 anos.

Todas essas obras de arte terão a assinatura do grande artista plástico José Caxiado. Conhecido nacionalmente e até internacionalmente pela beleza de suas obras, Caxiado, como é chamado por todos, foi grande amigo de Plínio, e já produziu várias obras que fazem parte do teatro de Nova Jerusalém, como o monumento a Plínio Pacheco montado em seu cavalo, ao centro da cidade teatro e a escultura localizada na Pousada da Paixão.

Adentrando a Nova Jerusalém, as novidades no mega espetáculo, serão inúmeras: vários novos figurinos foram criados por Victor Moreira e Marina Pacheco, especialmente para o cinquentenário. Victor, particular amigo de Luiz Mendonça, e do casal Plínio e Diva Pacheco, idealizador da Nova Jerusalém, foi o primeiro criador dos figurinos dos espetáculos da Paixão desde os anos 1950 e um dos maiores incentivadores da concepção e construção dessa verdadeira epopeia do Agreste pernambucano. São dele, vários projetos de cenários, os figurinos e vários dos efeitos especiais existentes no espetáculo.

Victor Moreira e Octávio Catanho (Tibi) são dois desbravadores das artes em todas as suas formas, e que sempre emprestaram seus preciosos talentos e criatividade invejável a tudo que diz respeito ao projeto de Nova Jerusalém, desde o seu início. Hoje, Victor e Tibi se preparam para dar continuidade a esse segmento de arte dentro do espetáculo da Paixão. O arquiteta e atriz Marina Pacheco, responsável por toda a equipe de figurinos e de inovações cenográficas, filha de Robinson e Tânia Pacheco, prepara vários figurinos para a temporada cinquentenária.

As inovações serão mais percebidas nas cenas de Herodes e de Pilatos.

A cena do Palácio do Rei Herodes, terá seu início com uma rica e apoteótica entrada do Rei e da sua Rainha Herodíades à cidade de Jerusalém, numa rica e gigantesca carruagem toda feita em ouro, levada por dezesseis escravos mascarados, usando figurinos negros, passando um clima de mistério e opulência do Tetrarca da Galileia.

Na cena do Fórum Romano, onde Pilatos lava as mãos e condena Jesus à morte, haverá inovações e muito mais glamour. A entrada cinematográfica de Pilatos em seu Palácio, montado numa Biga Romana tirada por belos cavalos negros e brancos, será totalmente renovada. Uma enorme passarela em pedra foi construída para dar total visibilidade à entrada do governador da Judéia, de forma que no trajeto de acesso ao Palácio, toda a centúria estará perfilada lateralmente em continência saudando o Procurador Romano Pôncio Pilatos. Uma cena inesquecível.

Todas essas novidades cênicas contarão também com a criatividade e o talento do grande sonoplasta Hugo Martins, que desde 1970 empresta sua genial sensibilidade para sublinhar cada cena do espetáculo com a música que transporta o público à emoção necessária e merecida. Cenas triunfais sempre são acompanhadas por trilhas sonoras brilhantes que de fato transportam o público ao último patamar da emoção. Um trabalho que requer talento, amor e rara sensibilidade.

Informações da Central de Reservas de Ingressos:

(81) 3366.6290 / (81) 3366.6291 – e-mail: paixaodecristo@luckviagens.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *