CRIME, ROUBO E VANDALISMO NA UFPE – Por Augusto Saboia

Quem estudou como eu Desenho Industrial no Centro de Artes (CAC) da UFPE nos anos 80 e teve como professores personalidades do tipo de Ariano Suassuna, Carlos Righ, Reginaldo, Guilherme, Edna, e tantos outros maravilhosos mestres e colegas de turma onde lutávamos por nossos direitos em plena ditadura militar, mas com ordem, educação, cidadania e normalmente sempre conseguíamos nossos pleitos sem fazer balburdia, depredação, ocupação, vandalismo, roubo e até ameaças a vida de nossos professores como foi feito por essa geração que acha que pode tudo, não tem limites, educação, ética, cidadania e principalmente amor a coisa pública, essa que pagamos com nossos impostos e o pior, quem estuda em Universidade Pública são pessoas da classe média e alta de nossa sociedade que não tem nenhuma educação doméstica e só querem levar vantagem em tudo.

Uma vergonha, uma tristeza e a constatação,  a cada ano que passa os valores da sociedade em que vivemos estão sendo deturpados e destruídos, não sei onde iremos parar, espero que possamos reavaliar essa situação e lutar para melhorar essa triste situação, não podemos confundir, liberdade com libertinagem, luto por direitos, com bagunça, depredação, roubo e ameaças a vida das pessoas.

Imagens da destruição:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *