terça-feira, 15 de junho de 2010

Estudante de Harvard luta contra deportação e vira símbolo nos EUA

O estudante mexicano Eric Balderas, que cursa o segundo ano na Universidade de Harvard (nordeste dos Estados Unidos), foi detido pela polícia de imigração do Texas e se transformou em um símbolo da situação de centenas de milhares de estudantes sem documentos no país.
Estudante de biologia, Balderas, de 19 anos, vive sem documentos nos Estados Unidos há 15 anos e agora poderá ser deportado.
O jovem imigrante foi detido pelas autoridades do Texas quando tentava viajar de San Antonio para Boston com uma identificação consular e seu documento de identidade da universidade.
Agora, Balderas deverá comparecer perante um juiz de imigração no próximo 6 de julho.
O caso do mexicano reforça a campanha a favor a aprovação, pelo Congresso americano, do projeto de lei chamado Desenvolvimento, Assistência e Educação de Menores Estrangeiros ("Dream", na sigla em inglês), para regularizar a situação de imigrantes que entraram no país sem documentos quando eram menores de idade.
A lei Dream, palavra que em inglês significa "sonho", daria a jovens sem documentos o status de residentes temporários, com a condição de que eles completem logo os estudos superiores ou então sirvam pelo menos dois anos nas Forças Armadas.
A detenção e possível deportação de Balderas levaram a Universidade de Harvard a divulgar uma mensagem de apoio ao estudante.
A famosa universidade, por meio de Christine Heenan, vice-presidente de comunicações da instituição, afirmou que estudantes como Balderas "são vitais" para o futuro dos Estados Unidos.
"Eric Balderas já demonstrou a disciplina e a ética de trabalho necessárias para o rigoroso trabalho universitário e, como muitos de nossos estudantes de graduação, já expressou seu interesse em contribuir com o mundo", acrescentou a funcionária da universidade.
Pesquisa e futuro Balderas afirma que sonha em ser biólogo e contribuir na pesquisa sobre o câncer.
Quando perguntado pela BBC o que vai acontecer se as autoridades imigratórias dos Estados Unidos decidirem que ele deve ser deportado para o México, país que abandonou quando tinha apenas quatro anos, o estudante prefere não contar com esta possibilidade.
"Não quero nem pensar nisto", disse. "Só quero dizer que aqui é meu futuro e eu o perderia totalmente se fosse embora."
Balderas afirma que para conseguir entrar no curso de biologia em Harvard trabalhou duro.
"Apresentei boas qualificações, e participei de várias atividades", disse.
O jovem foi o primeiro em sua classe de graduação na escola secundária Highland High School em San Antonio, Texas.
O estudante acrescentou que quando fez o pedido para entrar em Harvard escreveu um ensaio sobre suas aspirações no qual explicou que ainda não sabia o que queria fazer, pois "havia tantas possibilidades, mas desejava fazer algo que ajude e afete muitos".
"Agora estou mais seguro. Quero ser biólogo e quero estudar o câncer e realizar pesquisas científicas sobre o câncer", afirmou.
Facebook Mario Riojas, também estudante de Harvard, abriu uma página no site de relacionamentos Facebook de apoio a Balderas, que afirma ser seu melhor amigo.
"São estudantes como Eric que precisamos nos Estados Unidos", disse.
O nome de Balderas também aparece em muitas outras redes sociais, onde aumentam as mensagens de apoio ao seu caso.
Rojas contou que "apenas durante um final de semana 1,5 mil membros se uniram à causa de Eric (no Facebook) e todos estão prontos para apelar para o senador (Scott) Brown, que é de Massachusetts, para pedir que apoie a lei Dream".
"Isto é algo que me deixa muito preocupado, pois é algo que eu enfrentei antes", acrescentou o estudante guatemalteco que também já foi detido por agentes da imigração.
Movimento nacional Balderas e Rojas já fazem parte de um movimento estudantil nacional que reivindica a aprovação da lei Dream no Congresso americano.
Agora a luta para que os que entraram nos Estados Unidos ilegalmente antes da idade adulta recebam a cidadania se intensificou.
"Temos a esperança de que a lei Dream seja aprovada, para os jovens que estão aqui na mesma situação", disse Balderas.
"Este (caso de Balderas) demonstra a necessidade de aprovação da lei Dream", disse Rojas. "Esperamos que haja uma solução e a solução seria a aprovação da lei antes que chegue a data (de deportação) de Eric", acrescentou.

Fonte: BBC Brasil - 15/06/10

1º Seminário de acessibilidade nas relações de consumo em Alagoas

CONVITE

Prezado(a) Senhor(a),

O Procon tem o prazer de convidá-lo a participar do 1º Seminário de Acessibilidade nas Relações de Consumo, que acontecerá no dia 21 de junho (segunda-feira), no auditório da Faculdade Fits, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Contamos com sua presença!

PROGRAMAÇÃO

MANHÃ

1ª Palestrante - 9h:30min – Rosinha da Adefal (AL) - Ex presidente da Associação de Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), atual Vereadora em Maceió.

Tema: “Acessibilidade é investimento e não caridade - Porque a pessoa com deficiência também é cidadão consumidor.”

2ª Palestrante - 10h30min – Rita Mendonça (AL) - Advogada e Pesquisadora em Inclusão Social, Direitos Humanos e Direito ao Trabalho.

Tema: “Vamos falar de deficiência sem meias palavras!”

3º Palestrante - 11h30min – Naziberto Lopes (SP) - Psicólogo e Consultor de projetos na secretaria de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Tema: “Acessibilidade e os Direitos dos Consumidores com Deficiência.”


TARDE

4º Palestrante - 13h30min - Rady Lima - Gerente do Núcleo da Pessoa com deficiência da Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos.

Tema: “Como anda a Acessibilidade para o Consumidor Alagoano.”

5º Palestrante - 15h30min - Francisco Lima (PE) - Psicólogo, Professor Doutor, Coordenador do Centro de Educação Inclusiva da UFPE.

Tema: “O direito à informação, o acesso à propaganda e o consumo consciente: novas perspectivas.”

Haverá exposição de tecnologia assistiva (recursos que ajudam as pessoas com deficiência a superar as limitações e ter uma vida normal), principalmente na área de deficiência visual.

Este será o primeiro evento que se pretende promover total acessibilidade para cegos em Alagoas (inclusive dispondo do recurso da Áudio-descrição durante todo o evento).

No local, também ocorrerá a pré-inscrição (verificação de interesse) para o primeiro curso de formação de Áudio-descritores em Alagoas, a ser realizado numa parceria entre a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL).

A inscrição é 1Kg de alimento não perecível.

O almoço está incluso e será servido no local.

O seminário é certificado, equivalendo a 8h/aula para a parte flexível dos cursos.


RODRIGO SANTOS CUNHA

Superintendente Procon/AL


Fonte: Um Direito Que Respeite/Blog da Audiodescrição - 14/06/10

Sete municípios entregaram providência cautelar contra portagens nas SCUT em Portugal

Os seis municípios do Vale do Sousa e o da Maia entregaram segunda-feira à noite, em suporte digital, no Supremo Tribunal Administrativo, uma providência cautelar para impugnar a introdução de portagens na SCUT do Grande Porto.

Pedro Pinto, autarca de Paços de Ferreira, disse que a acção judicial, com mais de 100 páginas, foi acompanhada de muitos documentos, incluindo um vídeo de todo o percurso, entre Lousada e a Maia.

A providência cautelar baseia-se sobretudo nas conclusões do estudo socioeconómico da região que os municípios mandaram realizar.

O Governo fixou em oito cêntimos por quilómetro o valor de referência a cobrar nas autoestradas sem custos para o utilizador (SCUT) do Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata.

As conclusões do estudo realizado por uma entidade independente são, segundo Pedro Pinto, contrárias aos argumentos que o Governo usou para justificar a introdução de portagens nesta SCUT (A41/A42).

Segundo o autarca, o estudo provou que o tempo que os utentes precisam para percorrer a distância entre Lousada e a Maia é superior ao que o Governo sugere, como está documentado em vídeo.

Outra nota que os autarcas sublinham na acção judicial é a inexistência de vias alternativas à autoestrada, frisando que a rede viária existente invocada pelo Governo é em grande parte municipal, como comprovam documentos anexos à acção, nomeadamente os protocolos de desclassificação de estradas celebrados entre a tutela e os vários municípios.

Na acção reitera-se que a região do Vale do Sousa não atinge os rendimentos per capita e o PIB mínimos para, no quadro da actual legislação, justificar a introdução das portagens.

Fonte: Jornal de Notícias - PT - 15/06/10

Fundarpe divulga lista de selecionados do Festival de Cinema de Triunfo em Pernambuco

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), divulgou nesta terça-feira (15), a lista de curtas e longas-metragens selecionados para participar da 3ª edição do Festival de Cinema de Triunfo, Sertão do Pajeú.

Foram 47 escolhidos, entre 98 inscritos, para o evento que acontece no Cine Teatro Guarany, em julho deste ano.

Os vencedores ganharão troféus e R$ 44 mil em prêmios. Três filmes que trazem como tema o Sertão disputam pela colocação na categoria Mostra Especial. As demais produções vão competir nas categorias Curta-Metragem Nacional, Curta-Metragem Infanto-Juvenil, Curta-Metragem Pernambucano e Longa-Metragem Nacional.

» Confira a relação completa dos selecionados:

Mostra Especial

- Caretas, O Senhor das Ladeiras, de Marcos Carvalho
- O Nordestino de todos os Séculos, de Élida Maria, Vanessa Virães e Vicente Landim
- Xaxado - A Dança de Cabra Macho, de Camilo Melo

Longa-Metragem Nacional

- Patativa do Assaré - Ave Poesia (CE), de Rosemberg Cariry
- A Ilha da Morte (CE), de Wolney Oliveira
- O Homem que Engarrafava Nuvens (CE, PE, RJ e Nova Iorque), de Lírio Ferreira
- Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (PE), Marcelo Gomes e Karim Ainouz
- Pacific (PE), de Marcelo Pedroso

Curta-Metragem Infanto-Juvenil

- Reisado Miudim (CE), de Petrus Cariry
- Eu Queria Ser Um Monstro (RJ), de Marcelo Marão
- O coração às vezes pára de bater (RJ), de Maria Camargo
- O Jumento Santo (PE), de Leonardo Domingues
- William Paiva; Espetáculo - O Mágico e a Domadora (BA), de Rafael Jardim
- Mocó Jack (GO), de Luiz Botosso e Thiago Veiga

Curta-Metragem Pernambucano

- Retinianas, de Luis Henrique Leal
- Não Me Deixe Em Casa, de Daniel Aragão
- À Felicidade, de Carlos Nigro
- Matriuska, de Pablo Pólo
- Bode Movie, de Taciano Valério
- Rosário do Sertão, de Márcia Mansur e Hanna Godoy
- A Minha Alma é Irmã de Deus, de Luci Alcântara
- Poesia em Alto Relevo, de Márcia Mansur
- Do Morro?, de Mykaela Plotkin e Rafael Montenegro
- Aqui Mora Uma Pessoa Feliz, de Jean Santos

Curta-Metragem Nacional

- Laurita (SP), de Roney Freitas
- Pão Com Mortadela (SP), de Marcos Melo e Georgina Castro
- Rec Pause (SP), de Bruno Carneiro
- Teresa (SP), de Paula Szutan e Renata Terra
- O Divino, De Repente (SP), de Fábio Yamaji
- Bom dia, meu nome é Sheila ou Como trabalhar em telemarketing e ganhar um vale-coxinha (RJ), de Angelo Defanti
- Lá Traz da Serra (PB), de Paulo Roberto
- O Anão Que Virou Gigante (RJ), de Marcelo Marão
- O Filme Mais Violento do Mundo (MG), de Gilberto Scarpa
- Revertere Ad Locum Tuum (MG), de Armando Mendz
- Quando a Chuva Chegar (PA), de Jorane Castro
- Família Vidal (PB), de Diego Benevides
- Bailão (SP), de Marcelo Caetano
- Epox (PE), de Sérgio Oliveira
- Faço de Mim o que Quero (PE), de Sérgio Oliveira e Petrônio Lorena
- Borra de Café (PB), de Aluizio Guimarães
- Tchau e Benção (PE), de Daniel Bandeira
- Reminiscências (PR), de Aly Muritiba
- Homem-Bomba (RJ), de Tarcísio Lara Puiati
- Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos (PE), de Camilo Cavalcante
- Recife Frio (PE), de Kleber Mendonça Filho
- Maresia (RS), de Christian Schneider e Natália Piva
- Incenso (PE), de Marco Hanois (in memorian)

Fonte:Diego Barbosa
Da TV Jornal Caruaru - 15/06/10

Twitter vai mostrar locais dos tweets

O Twitter agora pretende inserir os locais de cada tweet, quando trocados entre usuários. O recurso será chamado de Twitter Place.

Já era possível definir a localização do tweet geograficamente, como no caso dos estádios da Copa do Mundo na África do Sul, que constam no "mapa" do microblog.

Mas ao invés de concorrer com plataformas que fazem mais ou menos isso, como Foursquase e Gowalla, o Twitter irá integrar os serviços. Quando o usuário marcar que está em um lugar, a informação também aparecerá nos dois aplicativos.

O Twitter também anunciou a liberação da funcionalidade para desenvolvedores de aplicativos e também aumentou o número de navegadores que poderão acessá-lo. A partir de agora, Safari (da Apple) e Internet Explorer (da Microsoft) complementam o uso do Chrome (do Google) e do Firefox (da Mozilla).

Com informações do Zumo Notícias

Fonte: Redação Adnews - 15/06/10

Brasil e China puxarão crescimento na área de entretenimento até 2014

Brasília – O Brasil e a China vão puxar o crescimento do setor de entretenimento e mídia nos próximos cinco anos entre os 12 maiores países. A conclusão é de um estudo divulgado hoje (15) pela consultoria Pricewaterhouse Coopers. Para a elaboração do relatório, foram avaliados 48 países.
Segundo a pesquisa, o setor deverá crescer no Brasil a uma taxa de 8,7% ao ano até 2014, ficando atrás apenas da China, que deverá crescer a um ritmo de 12% ao ano. A média global de crescimento deverá ser de 5% ao ano, diz a Pricewaterhouse.
As informações são da BBC Brasil. Para realizar o estudo foi avaliado o desempenho de setores, como o acesso à banda larga e às redes de telefonia celular, a publicidade na internet e em telefones celulares, além da acessibilidade aos vídeo por meio da internet, a assinatura de TV por celular, anúncios televisivos online e por celular e a distribuição de música por meios digitais, entre outros.
Para a consultoria. o crescimento na China se deve à economia vibrante e aos avanços na internet de banda larga, que deverão estimular outros segmentos. Em 2011, a China deverá ultrapassar a Alemanha, tornando-se o terceiro maior do setor, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão.
No Brasil, o crescimento também será resultado da economia forte, diz a Pricewaterhouse. Segundo o relatório, as tecnologias digitais terão impacto cada vez maior em todos os setores de entretenimento e mídia, enquanto a transformação digital continuará a se expandir.
Globalmente, a indústria deverá crescer de US$ 1,3 trilhão para US$ 1,7 trilhão até 2014. “O cenário de incerteza econômica não fez nada para diminuir o ritmo de mudanças, que já é bem mais rápido do que o previsto há 12 meses”, diz o relatório da consultoria.
A América Latina foi a região que apresentou maior crescimento no setor nos últimos cinco anos. Em 2009, ano em que os investimentos diminuíram na maior parte das regiões, a América Latina apresentou crescimento de 3,9%. A outra região que teve expansão foi a da Ásia-Pacífico, com crescimento de 1,3%.
A previsão é de que a região Ásia-Pacífico cresça a um ritmo de 6,4% ao ano até 2014, mas quando o Japão não é levado em conta, o número sobe para 9,2%. Segundo a Pricewaterhouse, o ritmo de expansão está diminuindo no Japão, onde já foram registradas algumas “revoluções” - a explosão dos telefones celulares, por exemplo, já ocorreu no país, que responde por 53% dos gastos globais com acesso móvel à internet em 2009.
Dos 12 maiores países que deverão crescer nos próximos cinco anos, de acordo com o estudo, o Japão tem a tendência de apresentar o menor crescimento, com apenas 2,8% ao ano. Outros países ainda estariam no início de sua curva de crescimento, diz a consultoria.
O grupo inclui países da Europa, do Oriente Médio e da África e deve crescer a uma taxa de 4,6%. Na América Latina, o setor deverá se expandir a uma taxa de 8,8% ao ano. A região da América do Norte – o maior mercado, avaliado em US$ 460 bilhões em 2009 - deverá ter crescimento mais lento, com uma taxa estimada de 3,9% ao ano.
Na América Latina, o setor foi avaliado em US$ 50 bilhões em 2009, sendo que o Brasil responde por US$ 23 bilhões desse valor.
O relatório da Pricewaterhouse Coopers analisa e faz previsões sobre 13 segmentos da indústria do entretenimento em quatro regiões do globo: América do Norte (que inclui Estados Unidos e Canadá), Emea (Europa, África e Oriente Médio), Ásia-Pacífico e América Latina.

Fonte: Da Agência Brasil - 15/06/10

Consórcio de Belo Monte tem 30 dias para acertar SPE

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deverá antecipar para agosto, ou até mesmo para julho, a assinatura do contrato de concessão da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA).
"Acredito que dá para ser em julho, mas é mais razoável pensar em agosto",disse hoje o superintendente de concessões e autorizações de geração da Aneel, Hélvio Guerra. Ele explicou que a partir da publicação da homologação e da adjudicação do leilão, amanhã, o consórcio Norte Energia terá prazo de 30 dias para apresentar à agência os documentos que formalizam a Sociedade de Propósito Específico (SPE) e apoiar novos consorciados para construir e operar a usina.

Depois disso, o grupo terá prazo de 15 dias para apresentar as garantias de fiel cumprimento, equivalente a R$ 1,045 bilhão. Esse montante é uma garantia de que os empreendedores vão de fato construir a usina.
Pelo cronograma oficial com que a Aneel vinha trabalhando até agora, o contrato de concessão seria assinado no dia 30 de setembro. Mas a homologação do leilão, aprovada hoje pela agência, ocorreu com 15 dias de antecedência.
Com isso, segundo Guerra, o próprio cronograma oficial será alterado com a nova previsão de concessão para 15 de setembro.
Guerra, porém, acredita que poderá ser em agosto, uma vez que o governo e o consórcio têm todo o interesse de encurtar o prazo.

Segundo ele, novas antecipações do cronograma dependem das próprias empresas acelerarem a apresentação da papelada aa SPE. "Eles tem todo interesse em começar rápido a obra", disse Guerra, lembrando que, a partir de outubro, começa a se fechar a chamada "janela hidrológica do rio Xingu".
Isso significa que o nível do rio começará a subir, dificultando a execução de serviços mais delicados, como o das chamadas ensecadeiras etapa inicial da obra da hidrelétrica, na qual o rio é desviado para que se possa construir em seu leito.

Guerra afirmou que o processo de concessão terá que ser remetido ainda à Casa Civil e à Presidência da República, que tem a prerrogativa de conceder a outorga da concessão aos empreendedores.
Nos bastidores, já se comenta que o governo tem interesse em antecipar o cronograma, não só por questões técnicas, mas também por motivos políticos.
Se a construção puder começar antes de outubro, a candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, poderia até fazer uma visita ao canteiro de obras.

Fonte; LEONARDO GOY / Agencia Estado - 15/06/10

Casacor Pernambuco aposta em mostra vertical

A mostra contemplativa será realizada na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife, entre os dias 26 de outubro e 30 de novembro

A edição 2010 da Casacor Pernambuco, entre os dias 26 de outubro e 30 de novembro, no Recife, traz uma novidade. Este ano, será realizado nas instalações do edifício Maria Ângela Lucena, ainda em construção, localizado na avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

A opção por fazer o evento de forma vertical segue a crescente demanda da população por habitação com esse perfil. Esta será a primeira iniciativa desse tipo no Estado.

Este ano, o evento segue com o propósito de funcionar como uma mostra contemplativa e interativa, na qual formas contemporâneas de morar e viver bem são apresentadas. Serão 48 ambientes, num total de 1.350 metros quadrados de área construída, distribuídos em três pavimentos do edifício, mais o térreo.

AMBIENTES

O primeiro andar abrigará espaços interativos, a exemplo do lounge gourmet, cervejaria, coquetel lounge, empório orgânico e lojas. Os espaços de convivência continuam no térreo, com o restaurante, café, sorveteria, fitness e spa, além de uma área de 700 metros quadrados destinada a jardins e praças.

O segundo e terceiro andar receberão projetos que seguem a nova configuração da família brasileira: filhos acima dos 21 anos morando com os pais e famílias formadas por casais com filhos de casamentos anteriores.

HOMENAGEM

Em 2010, a 15ª Casacor Pernambuco homenageará o arquiteto Lúcio Costa, pioneiro da arquitetura modernista no Brasil e responsável pelo Plano Piloto de Brasília. O evento aposta novamente no conceito de sustentabilidade, diretriz cultural, social, ambiental e econômica que visa à preservação da biodiversidade e dos ecossistemas naturais.

O Grupo Sustentax
– especialista em projetos desse cunho estará presente na mostra, orientando arquitetos e ministrando workshops sobre o tema. Assim, como em 2009, o IMIP (Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira) será a entidade social beneficiada.

Os produtos da linha Casacor Pernambuco, como Home-Spray, velas, jogo de jantar e CDs serão comercializados durante os dias do evento. Nos últimos dias da mostra, haverá o Special Sale, no qual todos os produtos da Casacor Pernambuco 2010 (a exemplo de objetos, assessórios, mobiliários, obras de arte e eletrodomésticos) poderão ser adquiridos com descontos entre 30% e 70%.

Fonte: Da Redação do pe360graus.com - 15/06/10

Fórum irá discutir elaboração da Política Estadual da Pessoa com Deficiência em Pernambuco

O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONED) realiza o VII Fórum Regional para a Construção da Política Estadual de Inclusão da Pessoa com Deficiência.
O evento acontece no Recife Praia Hotel, na quarta-feira (16), no Pina, das 8h até 16h.
Os municípios que vão participar são os da Região Metropolitana do Recife (Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Abreu e Lima, São Lourenço, Paulista, Moreno, Igarassu, Itapissuma e Itamaracá).
O público-alvo do encontro é formado por pessoas portadoras de deficiência, as que trabalham com esse público, os gestores municipais, os conselhos da pessoa com deficiência dos municípios e instituições que também trabalham voltadas para este segmento.
O objetivo do evento é ouvir e debater propostas para a construção da Política Estadual de Inclusão da Pessoa com Deficiência.
O Conselho irá apresentar propostas para serem debatidas, analisadas e modificadas quanto ao que se refere ao segmento.

Fonte: Portal PE - 15/06/10

Começa amanhã II Conferência Nacional de Economia Solidária

Etapa preparatória envolveu 15.800 pessoas, 2.894 municípios e 187 conferências territoriais

A Segunda Conferência Nacional de Economia Solidária (II Conaes) reunirá entre os dias 16 a 18 de junho, em Brasília, 1.600 delegados e 200 convidados de todo o Brasil, representantes do poder público, de organizações sociais e de empreendimentos econômicos solidários de todo o Brasil.

A nova edição da conferência, convocada pelo Conselho Nacional de Economia Solidária com apoio da Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), debaterá o tema 'O direito às formas de organização econômica baseadas no trabalho associado, na propriedade coletiva, na cooperativa e na autogestão, reafirmando a economia solidária como estratégia e política de desenvolvimento'.

A II Conaes começou a ser preparada em janeiro, com a realização de 187 conferências territoriais, que abrangeram 2.894 municípios brasileiros e 15.800 participantes de segmentos representativos locais da Economia Solidária. Em seguida, outras 27 conferências, então estaduais, contaram com a participação de 4.659 pessoas.

Durante as conferências regionais foram discutidos livremente os eixos temáticos a serem debatidos na conferência nacional, o que gerou um conjunto significativo de contribuições. Para o Secretário Nacional de Economia Solidária Adjunto, Fábio Sanchez, os números das conferências territoriais e estaduais demonstram o engajamento em torno da economia solidária no Brasil.

"E mostram também a abertura do estado brasileiro às formas de democracia direta e com participação da sociedade civil na construção de políticas públicas", diz Sanchez; que conclui: "O desafio é entender todas essas etapas que fazem parte da II Conaes como processo contínuo de democratização do estado brasileiro, não apenas como momentos pontuais".

Assessoria de Imprensa do MTE (61) 3317-6537 - acs@mte.gov.brEste endereço de e-mail está sendo protegido de spam, você precisa de Javascript habilitado para vê-lo.

Fonte: Assessoria de Imprensa do MTE - 15/06/10

Pernambuco Bom Pra Você estréia com sucesso

O interior de São Paulo foi invadido esta semana pela cultura pernambucana, isso aconteceu quando a segunda edição do projeto Pernambuco Bom Pra Você desembarcou nas cidades de Campinas, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, nos dias 08, 09, e 10 de junho, respectivamente.
Reunindo mais de 600 agentes e operadores de viagens e formadores de opinião nas três cidades visitadas, a estratégia promocional contou com rodadas de negócios com novo formato bastante elogiado pelos expositores e público participante – show cultural e coquetel com deliciosos quitutes da gastronomia pernambucana assinado pela chef Rafaela Suassuna (Porto Fino).

Os workshops ainda passarão por mais nove cidades brasileiras, além de Buenos Aires, na Argentina, e tem as ilustrações e tema gráfico inspirados na arte do talentoso J. Borges.
O projeto recebeu investimentos da ordem de R$ 2,2 milhões, sendo R$ 1,5 de recursos públicos e R$ 700 mil da iniciativa privada.
O Pernambuco Bom Pra Você é uma ação da Empetur e tem a realização do Recife Convention & Visitors Bureau.
Maiores informações: www.pebompravoce.com.br.

Fonte:Recife Convention & Bureau

Projeto do 3º aeroporto de SP une construtoras

A Camargo Corrêa, que possui entre as subsidiárias uma empresa chamada Aporte, que opera aeroportos no Chile, Colômbia, Honduras e Curaçau, se associou à também construtora Andrade Gutierrez para construir e operar o terceiro aeroporto de São Paulo.
Executivos da Camargo estiveram discutindo o assunto recentemente no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O projeto já está pronto, mas para ser colocado em prática depende da decisão do governo de fazer um marco regulatório permitindo que o futuro aeroporto internacional de São Paulo possa ser construído e operado pela iniciativa privada, seguindo o modelo de decreto assinado na semana passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O decreto permitiu que o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, fosse objeto de concessão.
A assessoria de imprensa da Camargo Corrêa confirmou a existência do projeto e manifestou interesse em construir e operar o aeroporto.
Ressalvou, no entanto, que "aguarda o modelo do marco regulatório do governo" para apresentar a sua proposta.
Uma das áreas em estudo para o aeroporto seria a cidade de Caieiras, a 35 quilômetros da capital.
O aeroporto teria capacidade para receber 22 milhões de passageiros por ano, a mesma movimentação de Cumbica, conforme estudo elaborado com a consultoria de uma empresa ligada à Boeing.
A obra exigiria recursos de US$ 2 bilhões de dólares e a previsão é que não tenha participação pública.
A Camargo Corrêa já tem uma área na região de Caieiras, comprada em 2007 pela CCDI, braço de incorporação imobiliária do grupo.
O terreno de 5,2 milhões de metros quadrados pertencia à Companhia Melhoramentos e é uma área de reflorestamento.
O local fica a 20 km do Centro de São Paulo, margeado pela Rodovia Tancredo Neves.
O prefeito Roberto Hamamoto demonstrou interesse, mas acha que o terreno da Camargo Corrêa não tem condições de ser usado.
"O impacto ambiental seria imenso, porque a área é cortada por mananciais."

Fonte: O Estado de S. Paulo - 15/06/10

Seminário aborda vida no cangaço em Serra Talhada/Pernambuco

O Sebrae e a Fundação Cabras de Lampião, em Serra Talhada, promovem nesta sexta (18) e sábado (19), na Câmara de Vereadores do município, o seminário Beatos e Cangaceiros - Contextualizando a rota.
Na sexta, a palestra Sertão dos beatos, às 9h30, tem participação de Tarcísio Marcos Alves, professor de história da UFPE.
À tarde, mais dois debates: A manipulação da imprensa e o Rei do Cangaço, às 14h, por Rosa Bezerra, e A casa de couro: Em torno da simbologia do chapéu de cangaceiro, às 16h, por Adriano Macena.
À noite, o encontro aborda o tema De Virgolino a Lampião e o centenário de Maria Bonita, com Vera Ferreira, neta do casal de cangaceiros.
No sábado, o evento propõe um passeio pela rota de Cangaço.
Informações: (87) 3831 3860.

Fonte: Do Diario de Pernambuco - 15/06/10

Governo inaugura Casa Brasil para promover turismo na Copa de 2014

Foi aberta hoje (15) em Joanesburgo, na África do Sul, a primeira iniciativa do governo federal para a promoção da Copa do Mundo de 2014: a Casa Brasil. O local é um espaço de exposições voltado à atração de turistas e investidores estrangeiros para o país.

Em uma área de mais de 3 mil metros quadrados (m²), localizada em uma das áreas mais nobres de Joanesburgo, todas as 12 cidades-sede do Mundial do Brasil estão representadas. Estandes, instalações artísticas e uma exposição sobre futebol que custaram R$ 10 milhões têm como objetivo consolidar o país como um dos principais destinos turísticos do mundo durante os próximos anos.

“Aqui é o pontapé inicial para 2014 e a chance de o Brasil se tornar um grande destino turístico”, afirmou o ministro do Turismo, Luiz Barretto, uma das autoridades brasileiras presentes no evento.

Segundo ele, até 2014, a Copa deve colaborar para um crescimento anual de 10% do turismo nacional. Nesse mesmo período, o número de turistas estrangeiros que visitam o país deve saltar de 5 milhões para 8 milhões.

Para que isso ocorra, o ministro afirmou que o Brasil tem de melhorar a qualidade de seus serviços e de sua infraestrutura. “Temos quatro anos para melhorar o atendimento de nossos hotéis, para ensinar inglês e espanhol para nossos trabalhadores”, disse. “Temos quatro anos também para melhorar a estrutura de nossos aeroportos e a mobilidade urbana.”

De acordo com Barretto, o bom desempenho da economia brasileira ajuda a fazer com que essas necessidades sejam atendidas. “Estamos em um momento bom. O crescimento da economia do país está junto com a necessidade de melhorias.”

Fonte: Do Correiobraziliense.com.br - 15/06/10

Public Private Partnership Builds World Class Digital Hospital in Developing African Country

Bokamoso Private Hospital harnesses specialist care capabilities and state-of-the-art technology to move the country closer to achieving the highest standards of care.

JBokamoso Private Hospital opened the doors to its 200 bed digital hospital in 2010 with advanced specialist care capabilities and state of the art technology to improve health care provision in Botswana, a developing African country.
The tertiary care hospital was the result of a public private partnership between Botswana Public Officers Medical Aid Scheme (BPOMAS) and PULA Medical Aid Fund (PULA). The goal was to build excellent regional and international quality health care services; provide assurance to potential foreign investors that their employees would be able to access prompt, proper and world-class health care locally; and reverse the devastating brain drain that continues to adversely affect the delivery of health care services throughout Africa.

Bokamoso Private Hospital worked in partnership with Aspen Advisors via OR International to select, design and build the technology and telephony architecture, select and implement the hospital information system, hire and train the information technology team, and assist in getting the digital hospital open.

"Our vision for Bokamoso is to be an internationally recognized center of medical excellence providing state-of-the-art health care services and an advanced nursing practice model,” said Kabelo Ebineng, CEO of Bokamoso Private Hospital. "Key to achieving this vision is using state-of-the-art technology and highly trained, skilled and talented staff drawn from across the globe for their required expertise. OR International and Aspen Advisors have been strategic partners in making this a reality – even given the significant constraints of our USD6 million technology budget.”

"The word Bokamoso in Setswana means the future, and this is exactly what we together have been creating,” said Guy Scalzi, Principal at Aspen Advisors and then interim CIO at Bokamoso Private Hospital. “And when helping to build a world-class hospital from the ground up in a developing country, thinking outside of the box is a requirement.”

Among the challenges in creating the digital hospital were working within a technology budget less than half of that of a traditional U.S. budget for a fully integrated EMR alone, complicated technology supply chain logistics, limited technical talent resource pools and a hospital staff unfamiliar with not only American hospital processes but working in a digital environment in addition.

“The IT go-live, though critical, is only one facet of it all,” said Craig Schlusberg, Principal at Aspen Advisors. “The staff are so new to this kind of environment that even basic workflow needs to be learned anew by the staff.
For example, the notion that in the outpatient setting you get triaged by a nurse, seen by a doctor, then down to lab and radiology for tests, then back to OPD to checkout is a completely different process for them.”

Bokamoso Private Hospital opened on January 11, 2010 with all technology services to support hospital operations successfully selected, integrated and commissioned for the opening day. The hospital has an electronic medical record (EMR) in a paperless workflow environment. The radiology information system (RIS) and picture archiving and communications system (PACS) provide for completely filmless diagnostic imaging services found in all world class hospitals.

A highly redundant medical grade data network, including wireless service with 100% coverage within the hospital, is used for PCs mounted on mobile carts, patient vitals monitoring in OR and ICU, wireless patient telemetry in CCU and wireless IP telephones. A creative design, using wireless WAN technologies, provides telephone and Internet services at the hospital – since the hospital is remote from the city of Gaborone where no wire or fiber service to the campus existed. Botswana Power Corporation provides line power, which is then routed through uninterruptible supply, with further backup provided by three diesel powered generators whenever the hospital experiences service outages that frequently occur in the region.

About Bokamoso Private Hospital:
Bokamoso Private Hospital, owned by the Bokamoso Private Hospital Trust, formed by Botswana Public Officers Medical Aid Scheme (BPOMAS) and PULA Medical Aid Fund (PULA) is a private not-for-profit health care provider. We offer our patients a skilled and caring staff who provide patient centered care of the highest clinical excellence in a state-of-the-art facility.

About OR International:
OR International is a U.S. corporation of international hospital developers and management experts whose projects are distinguished by outstanding clinical performance and high levels of productivity, achieved by implementing a detailed program of largely American best practice clinical and support processes. ORI is providing a turn-key developer service for Bokamoso Private Hospital. It assembled an international team of experts to formulate business and clinical plans and coordinate all aspects of construction. The ORI team has also recruited doctors (among whom are re-patriated Batswana doctors trained in the US and Europe), nurses, administrative leaders and support staff for the hospital. ORI will oversee operations of Bokamoso Private Hospital during its initial five years.

About Aspen Advisors:

Aspen Advisors is a professional services firm dedicated to helping healthcare providers optimize the value of their information technology investments. The organization’s experienced team is highly skilled in all aspects of healthcare technology and understand the complexities of healthcare operational processes, the vendor landscape, the political realities and the importance of projects that are executed successfully the first time. Our hallmarks: top quality service and satisfied clients. Learn more at www.aspenadvisors.net.

Fonte: PRWEB - 15/06/10

Coreia do Norte fecha acordo para transmitir Copa

São Paulo - A televisão norte-coreana obteve legalmente os direitos para transmitir os jogos da Copa do Mundo, em um acordo fechado pela União de Redes da Ásia e do Pacífico, sediada na Malásia, representando emissoras de cinco países. A informação foi confirmada pela entidade nesta terça-feira, dia em que a Coreia do Norte estreia na Copa do Mundo contra o Brasil, às 15h30. Os norte-coreanos, porém, não devem ver os jogos ao vivo.

O fato de a Coreia do Norte já ter exibido jogos da Copa do Mundo surpreendeu a emissora que tem os direitos dos jogos na Coreia do Sul. A companhia temia que Pyongyang estivesse pirateando seu sinal, após discordar dos termos de um acordo para compartilhar o direito de transmissão. Quando a controvérsia chegou à Fifa, a Coreia do Norte informou que firmou um acordo com a União de Redes da Ásia e do Pacífico, que enviará vídeos dos jogos ao país asiático.

A união - uma organização sem fins lucrativos, que reúne emissoras de 58 países para facilitar a troca de programas noticiosos e de entretenimento confirmou o fato nesta terça-feira, mas não revelou os termos do contrato. Segundo a entidade, o acordo foi fechado pouco antes da abertura da Copa do Mundo e inclui também emissoras de Timor Leste, Quirguistão, Laos e Usbequistão.

Em 2002, a Coreia do Norte utilizou ilegalmente algumas das transmissões da Coreia do Sul na Copa do Mundo. No Mundial da Alemanha, em 2006, Pyongyang firmou um acordo para obter legalmente a cobertura do evento de uma rede sul-coreana.

Já nesta Copa, a emissora estatal teve reuniões com a sul-coreana SBS, que comprou da Fifa os direitos de transmissão para a península coreana, mas não houve acordo para a retransmissão dos jogos na Coreia do Norte.

No sábado, quando uma emissora norte-coreana exibiu uma reprise do jogo de abertura da Copa o empate entre África do Sul e México por 1 a 1, funcionários da SBS desconfiaram que o sinal havia sido roubado pelo vizinho. Desde então, a TV da Coreia do Norte mostrou alguns trechos de vários outros jogos, sempre com atraso.

Analistas apontam que dificilmente o país transmitirá jogos ao vivo de seu próprio time. Além do temor de que a equipe se saia mal, existe o receio de que alguém na torcida proteste contra a ditadura comunista.

Na segunda-feira, o técnico da Coreia do Norte, Kim Jong-Hun, disse em entrevista coletiva na África do Sul esperar que os jogos do país sejam transmitidos em seu próprio território. Após enfrentar o Brasil, a Coreia do Norte terá pela frente Portugal e a Costa do Marfim.

Há outro empecilho para as transmissões ao vivo na Coreia do Norte: o horário dos jogos. A partida com o Brasil, por exemplo, começará às 3h30 da madrugada da quarta-feira, no horário de Pyongyang. A TV norte-coreana geralmente transmite entre cinco e sete horas diariamente, sem operar até tarde da noite ou na madrugada, quando ocorrerão os jogos do país no horário local.

Fonte: Da Agência Estado - 15/06/10

Multinacional abre seleção para Caruaru

Por Clarice Costa
Repórter de Regional

Uma multinacional - que está instalando um Centro de Distribuição em Caruaru, no Agreste pernambucano - começa a recrutar interessados em atuar na unidade. Há oportunidades para profissionais e estudantes de nível superior nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Engenharia, além de um cargo com exigência de escolaridade em Ensino Médio. As vagas são para os cargos de chefe de logística (superior) e operador de logística júnior (superior) e operador de empilhadeira (médio) - sendo uma vaga para cada cargo.

De acordo com a Analista de Seleção e Avaliação de Pessoas, Patrícia Freitas, responsável pelo processo seletivo, o perfil das vagas oferecidas abre espaço para que candidatos que ainda não tenham concluído o curso superior possam ser selecionados pela empresa. “Nós acreditamos que esses estudantes já tenham condições de ocupar esses dois cargos”, explicou a analista.

Para os candidatos, é exigida experiência de um ou dois anos, dependendo do cargo, bem como serão avaliados alguns quesitos. Entre eles estão: relacionamento interpessoal, habilidade de atendimento ao público, organização, concentração, produtividade/qualidade, iniciativa e dinamismo.

Os salários não estão sendo divulgados e a empresa pede que os candidatos coloquem no currículo a pretensão salarial. Os interessados devem enviar um e-mail para patricia.freitas@laborh.com.brEste endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. . A seleção será feita em etapas e contará com triagem de currículos, entrevistas e teste psicológico.

TRAINEE

A Baterias Moura está com inscrições abertas para o Programa de Trainee da empresa - com vagas também no Agreste de Pernambuco - até o próximo dia 13 deste mês. Os interessados devem enviar currículo através do site www.moura.com.br. Podem se inscrever estudantes dos cursos de Economia, Ciências Contábeis e Administração, com formatura realizada entre julho de 2008 e julho de 2010. O programa tem duração de dois anos.

Fonte: Folha PE - 15/06/10

Um bom exemplo de PPP ambiental

A assinatura da primeira Parceria Público Privada (PPP) na área ambiental marcou o encerramento da IX Semana do Meio Ambiente em Barreiras. O evento foi nesta quinta-feira, na Praça Castro Alves e selou o compromisso de implantar na cidade um programa de arborização, com o plantio de 3.700 mudas nativas do cerrado. Os parceiros do programa são Prefeitura Municipal, 4º BEC e Viveiro Taquara.

A proposta se divide em duas etapas. A primeira, iniciada na semana passada prevê o plantio de árvores nas escolas municipais. A segunda, visa arborizar ruas, avenidas e praças e começará a ser posta em prática a partir da próxima semana. O 4º BEC fará o plantio das mudas fornecidas gratuitamente pelo Viveiro Taquara e a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo – Sematur, oferecerá o suporte técnico.

“Priorizaremos também as entradas da cidade, tanto de Brasília quanto de Salvador”, disse o secretário da Sematur, João Bosco. Outra novidade anunciada por Bosco é o disque árvore. “As pessoas poderão ligar para a secretaria e nossa equipe irá até o local para ver qual é a espécie mais indicada para ser plantada”.

A prefeita Jusmari Oliveira, que durante o evento fez o plantio simbólico da primeira árvore do Programa de Arborização de Barreiras, enfatizou a importância das parcerias. “Em nome do município de Barreiras quero agradecer seu Itacir Dalmagro (proprietário do Viveiro Taquara) neste sonho de transformar Barreiras numa cidade cada vez mais bonita e melhor para se viver”.

Atividades

O lançamento do Programa de Arborização de Barreiras contou com uma série de atividades desenvolvidas pelos organizadores da IX Semana do Meio Ambiente. Durante todo o dia na Praça Castro Alves foram feitas distribuição de mudas, mostras de maquetes e apresentações de projetos desenvolvidos por alunos de escolas e faculdades. Os parceiros na realização das atividades foram a Embasa, Ingá, UFBA, UNEB, Cargill, Ibama, Cáritas e Condema.

Fonte: Jornal Nova Fronteira - 15/06/10

Adiada votação da PPP do Castelão

Foi adiada a votação do Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) que decidiria sobre a suspensão, ou não, do processo licitatório da Parceria Público-Privada (PPP) do para reforma e exploração do Estádio Plácido Castelo (Castelão).
O procurador de Contas, Rholden Queiroz pediu vista do processo e a decisão sobre a matéria deve ficar para a reunião da próxima terça-feira.

Apesar do adiamento, o Governo do Estado teve uma parcial vitória na votação de ontem, já que o relator do processo, conselheiro Edilberto Pontes Lima, votou a favor da realização da PPP, que, se confirmada, será a primeira desta modalidade no Ceará.

Ele votou favoravelmente após ter recebido, da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte), uma defesa da PPP. "Minha manifestação foi baseada num parecer do órgão técnico do TCE, que analisou a representação do Ministério Público (MP)de Contas e o argumento da Sesporte e concluiu que a licitação está em plena conformidade com o que rege a Lei Federal nº 11.079, de 2004, que regulamenta as PPPs. Todos os pontos da representação foram elucidados", informou o conselheiro.

Segundo ele, o Estado esclareceu todos os pontos questionados pelo Ministério Público. "Foi mostrado que havia estudo técnico para a licitação, inclusive utilizando uma metodologia internacional. Também foi esclarecida a questão das parcelas fixas, já que, de acordo com a Lei, a remuneração pode ser feita com parte variável em indicadores de desempenho".

Outro ponto destacado pelo relator do processo diz respeito ao pagamento anterior à conclusão da obra. "Isso também foi questionado, mas está em conformidade.
A licitação está dividida em etapas e o Estado pode entrar com sua parte financeira quando forem concluías as respectivas etapas", explicou.

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará é composto por sete conselheiros, dois auditores e dois procuradores do Ministério Público de contas.
Somente na Reunião da próxima terça-feira, os demais componentes se manifestarão sobre o voto do relator.

Fonte: Diário do Nordeste - 15/06/10

Gargalo nos aeroportos no Nordeste


No Nordeste, nos últimos seis anos, a movimentação de passageiros e cargas dobrou e, em alguns casos, chegou a triplicar

Juliana Cavalcanti


A circulação de passageiros nos aeroportos brasileiros deve aumentar bastante nos próximos anos. O crescimento do país e a atração de investimentos e eventos internacionais devem influenciar a circulação de pessoas e cargas. No Nordeste, nos últimos seis anos, na maioria dos aeroportos a movimentação dobrou e, em alguns casos, triplicou, tornando urgente a ampliação da capacidade.


No Recife, desde 2003, o número de passageiros passou de 2,7 milhões para 5,2 milhões, em 2009. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press - 21/6/07
Exemplos de como cresceu a movimentação estão em aeroportos grandes, como Recife e Salvador, e também nos menores, a exemplo de Ilhéus e Petrolina. No Recife, desde 2003, o número de passageiros passou de 2,7 milhões para 5,2 milhões, em 2009. Em Salvador, o fluxo subiu de 3,4 milhões para 7 milhões, com 23.874 aeronaves a mais em 2009. Em Petrolina, o número quase triplicou, saltando de 81.626 para 207.271 pessoas.

Com reformas e ampliações planejadas até 2014 - quando o Brasil sediará a Copa do Mundo - a Infraero, que administra atualmente 67 aeroportos no país, reconhece que emalgumas cidades a situação é crítica, mas considera os investimentos suficientes para acompanhar o aumento da demanda por viagens.

"Temos que começar a falar em capacidade horária dos aeroportos. A capacidade é bem superior ao que ocorre nos horários de pico. Uma redistribuição e a autorização de novos voos para horários ociosos é uma forma de ampliar a capacidade de pousos e decolagens", explica Fernando Nicácio, superintendente da Regional Nordeste da Infraero. "Independentemente dos horários de maior concentração, é preciso investir para manter o nível de conforto dos passageiros", completa Nicácio.

No Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, no Recife, o terminal deve comportar o crescimento da demanda até a Copa. Até setembro, serão entregues novas quatro pontes de embarque e ainda este ano, feito o projeto para ampliar o pátio de aeronaves e construir uma nova torre de controle. A entrega das pontes está atrasada, pois uma das empresas que venceu a licitação não cumpriu os prazos, sendodestituída.

Em Juazeiro do Norte (CE), Teresina (PI) e Imperatriz (MA), onde não são feitas melhorias há vários anos, a Infraero está licitando a instalação de Módulos Operacionais. Para se ter uma noção da demanda, em Juazeiro do Norte, em 2003, circularam 30.126 passageiros. Em 2009, este fluxo foi de 247.775 pessoas. Em Imperatriz, o número de passageiros passou de 60.761 para 195.181, no mesmo período.

"O aumento dos usuários tem a ver também com o crescimento da renda, aumentando as possibilidades de viajar de avião", considera Paulo Roberto da Costa, superintendente da Regional Norte da Infraero. Ele diz que hoje a Infraero tem mais "voz" na decisão de autorizar novos voos do que na época do DAC (Departamento de Aviação Civil). "A Agência Nacional de Aviação Civil recebe a solicitação das empresas e nos consulta, juntamente com o órgão de tráfego aéreo. Elas querem concorrer, mas para a Infraero outros aspectos precisam ser analisados. Se a capacidade de passageiros/hora está ultrapassada, propomos outro horário", explica.

Segundo Wellington Santos, da Regional Centro-Leste, os investimentos estão programados até 2014, com concentração até 2012. "É preciso manter a infraestrutura e ampliar a capacidade. A infraestrutura aeroportuária do Brasil é compatível com aeroportos de todo o mundo", afirma.

Situação dos Aeroportos controlados pela Infraero na Região Nordeste


* Principais obras informadas pela Infraero


Fonte: Diário PE - 15/06/10

São Paulo dá garantias de R$ 265 mi por Copa-2014

O São Paulo encaminhou ao comitê paulista da Copa de 2014 as garantias financeiras para reforma do Morumbi no valor de R$ 265 milhões.

O projeto de reforma do Morumbi aprovado pela Fifa que credenciaria tecnicamente o Morumbi a receber a abertura foi abandonado.

A documentação e o novo projeto, que substituiu o anterior, orçado em R$ 630 milhões, seriam encaminhados na tarde de ontem à Fifa.

Subscreveram o projeto a Camargo Corrêa, a Visa, que fará investimentos diretos correspondentes a um terço do valor das obras, o Banco Rendimento e a Philips.

O Comitê Organizador Local informou ontem não existir chance de uma decisão a respeito dos estádios ser divulgada durante a Copa-10.

No comitê paulista, argumenta-se não haver motivo para o Morumbi ser descartado como sede do Estado. Apontam que receberá 65 mil pessoas e que já está pronto, necessitando só de reforma.

Dirigentes creem que o Morumbi prossegue com chances de abrir a Copa-14.
O governador de São Paulo, Alberto Goldman, refuta ideia de que um novo estádio seria construído em SP com a injeção de dinheiro público.

Fonte: Folha SP - 15/06/10

Governo admite portajar mais quatro Scut este ano em Portugal

por CARLA AGUIAR

Norte-Interior, Beiras e Via do Infante podem ser pagas, com oposição de autarcas


O Governo admite cobrar portagens ainda este ano em mais quatro auto-estradas sem custos para o utilizador (Scut), para além das que já tinha anunciado. São elas a Norte-Interior, que liga Chaves a Viseu, Beira Litoral (Aveiro-Vilar Formoso), Beira Interior (Torres Novas-Castelo Branco) e a Via do Infante, que liga Lagos a Vila Real de Santo António.

A revelação foi ontem feita pelo secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, em conferência de imprensa anunciada à última da hora, depois de ser conhecida a decisão de sete autarquias do Norte avançarem com uma providência cautelar contra a as portagens (ver texto ao lado) nas auto-estradas Costa da Prata, Norte Litoral e Grande Porto.

Arrasando argumentos contra uma eventual discriminação Norte/Sul, Paulo Campos disse que se iria estudar a evolução económicas das regiões em causa antes de decidir avançar com as portagens.

Mas os autarcas servidos pela concessão do Interior Norte, que inclui a A 24 - entre a fronteira de Chaves e a A 25, não acreditam na introdução de portagens nesta via. "Não acredito nisso. Há falta de alternativas e ainda falta muito para que estes concelhos atinjam o de-senvolvimento que leve à introdução de portagens", declarou Fernando Carneiro, o socialista que preside à Câmara de Castro Daire, a meio da concessão. Mais a Norte, em Lamego, o autarca classificou a intenção como "um absurdo". O social-democrata Francisco Lopes admitiu mesmo "erguer o tom de voz se o Governo portajar a única via decente que serve todo o Douro Sul". Em Viseu, onde esta Scut entronca com a A25, o social-democrata Fernando Ruas afirmou: "Não cumprimos os critérios de desenvolvimento". O autarca lembrou que a região "não tem um PIB igual ou superior a 80% do valor nacional. Tão pouco há alternativas", disse.

Entretanto, o PCP pediu ontem apreciação parlamentar desta lei. O Governo lembra, por seu turno, que o identificador da Via Verde, que é obrigatório, só será gratuito, financiado pelo Estado, se encomendado em 2010, responsabilizando assim a Oposição se revogar a legislação já aprovada. O dispositivo pode ser encomendado a partir de dia 21 e será gratuito por seis meses.

Fonte: Diário de Notícias - PT - 15/06/10

Aneel deve homologar hoje leilão de Belo Monte

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve homologar hoje (15), às 9h, o resultado do leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu. Na concorrência venceu o Consórcio Norte Energia, que apresentou lance de R$ 78 por megawatt/hora (MWh), valor 6,02% inferior ao preço inicial de R$ 83 por MWh.

Com a aplicação de um fator de modicidade tarifária previsto nas regras de licitação, o preço final da energia ficou em R$ 77,97 MWh.

A homologação vai permitir a assinatura dos contratos de concessão da usina. Essa etapa do cronograma estava prevista para o dia 1º de julho, mas foi adiantada em 15 dias.

Fonte: Da Agência Brasil - 15/06/10

Campanha combate desrespeito ao idoso no transporte público

Para combater o desrespeito aos idosos usuários do transporte público, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República lança hoje (15) a Campanha Nacional de Conscientização sobre a Violência contra a Pessoa Idosa. O lançamento marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

O transporte coletivo urbano e semiurbano foi escolhido como tema da campanha porque tem sido alvo frequente de reclamações nos conselhos estaduais de Direitos do Idoso (CDI). “Recebemos várias denúncias de que o motorista não para porque sabe que o idoso não paga passagem ou, quando para, o usuário tem que ouvir piadinhas como ‘Aí vem o 0800‘ ”, conta a secretária executiva do CDI do Distrito Federal (DF), Alzira Borba.

O aposentado Vitor Barros, 71 anos, morador do Guará II – região administrativa do DF – confirma a ocorrência de situações como essa. “Uma vez, puxei a cordinha para o ônibus parar e o motorista disse que só podia pedir para parar quem estava depois da catraca e tivesse pagado a passagem. Eu deveria esperar alguém descer para ir junto”, disse.

Em outra ocasião, o aposentado pediu para a cobradora lhe ceder o lugar, pois ela ocupava dois assentos no banco dos passageiros. A funcionária negou-se e ele procurou a empresa para denunciar o constrangimento. “Carrego comigo o telefone de todas as empresas para reclamar se for preciso”, afirma.

No entanto, é nas vans que os idosos são mais desrespeitados, de acordo com a aposentada Maria Lurdes Vilela, de 62 anos, moradora de Salvador. “ Há poucos dias fiquei mais de uma hora no ponto de ônibus porque as vans passavam e não paravam. Só consegui quando um cidadão me ajudou, fazendo sinal para a van e ainda deu uma bronca pra conseguir me colocar lá dentro. As vans não param porque o idoso não paga, acham que é prejuízo. Nos ônibus, pelo menos são mais conscientes do nosso direito".

Os usuários que forem discriminados ao usar transporte público podem denunciar o problema na empresa responsável ou no Conselho de Direitos do Idoso de seu estado. É necessário anotar o número da linha, o horário e a data.

A Campanha Nacional de Conscientização sobre a Violência contra a Pessoa Idosa começa nas capitais e nos municípios com mais de 500 mil habitantes. Serão afixados cartazes em ônibus e distribuídos folhetos informativos com orientações aos motoristas.

Fonte: Da Agência Brasil - 15/06/10

Eduardo assina contrato da Arena da Copa nesta terça-feira

O governador Eduardo Campos assina nesta terça-feira (15/6), às 11 horas, no Palácio do Campo das Princesas, o contrato da Arena da Copa, que será construída através de uma parceria público-privada (PPP), instituída entre o Governo do Estado e a Sociedade de Propósito Específico (SPE) Arena Pernambuco, liderada pela empresa Odebrecht Investimentos em Infraestrutura LTDA.

O custo total de construção da Arena da Copa é de R$ 464 milhões, e a contrapartida estadual é de aproximadamente R$ 4 milhões anuais, cerca de R$ 332 mil/mês, em valores atuais. Este montante só começará a ser pago a partir do início da operação, que deverá acontecer em janeiro de 2013, ano em que será realizada a Copa das Confederações.

Por meio do modelo de Parceria Público Privada (PPP), entre o Governo de Pernambuco e a iniciativa privada, o contrato prevê, além da construção, serviços de exploração, operação e manutenção da arena pelo prazo de até 33 anos, incluindo o período das obras. Também dá direito ao Concessionário a exploração imobiliária o que permitirá ainda o surgimento de novas oportunidades de crescimento econômico na região.

O novo estádio, concebido dentro dos mais modernos padrões de qualidade e eficiência, com capacidade para mais de 45 mil torcedores, terá todos os lugares numerados e individuais, distribuídos em arquibancadas comuns, camarotes e assentos premium. As arquibancadas serão na sua maioria cobertas por uma estrutura metálica cuja área alcançará mais de 25 mil metros quadrados. Serão preservados 600 mil metros quadrados de Mata Atlântica nativa existente na região e, durante a construção, serão adotadas tecnologias que garantirão o uso racional de recursos naturais como a reserva e utilização de água de chuva, reuso de água, energia solar e outras soluções que utilizam a luz e a ventilação naturais.

Cidade da Copa – Além da Arena multiuso, a Cidade da Copa, projeto do Governo do Estado de Pernambuco para receber a Copa 2014, será composta de complexo residencial com cerca de nove mil unidades e estrutura de comércios, transporte e serviços. Em uma área de aproximadamente 250 hectares de propriedade do Estado de Pernambuco, a Cidade da Copa está localizada estrategicamente em São Lourenço da Mata, na confluência dos municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe. A partir dos investimentos, a região se qualificará como a grande opção para o desenvolvimento da Região Oeste do Recife.

Fonte: Blog do Jamildo

British Council abre inscrições para o programa Climate Generation

Cem jovens ativistas da América Latina e Caribe serão selecionados, sendo 25 do Brasil; podem participar pessoas entre 16 e 35 anos engajadas em projetos para combater as mudanças climáticas

O British Council, a organização internacional do Reino Unido para oportunidades educacionais e relações culturais, está com inscrições abertas até 8 de julho de 2010 para o programa Climate Generation. O programa convida jovens ativistas, de 16 a 35 anos de idade, a fazer parte da rede internacional de Climate Champions, que reúne gente do mundo todo para compartilhar soluções sustentáveis para os impactos das mudanças climáticas.

Com o Climate Champions, os participantes do programa têm acesso ao conhecimento necessário para promover o debate sobre o tema em suas comunidades e elaborar projetos de adaptação e redução de danos das mudanças climáticas. Os jovens também têm a oportunidade de solicitar apoio financeiro para seus projetos e candidatarem-se para participar de eventos nacionais e internacionais, como por exemplo, a conferência das Nações Unidas sobre o clima, COP16, que, em 2010, será realizada no México.

O programa Climate Generation, realizado em 60 países, conta com uma rede de mais de 3.000 pessoas, das mais variadas áreas da sociedade, como governos, empresas, universidades, escolas, meios de comunicação, ONGs, entre outras.

Para participar, os candidatos devem ter entre 16 e 35 anos e estar engajados ativamente em algum projeto para combater as alterações climáticas. Ainda deverão fazer o upload de um vídeo no Youtube, preencher um formulário de inscrição e anexar duas cartas de referência que recomendem seu compromisso e entusiasmo com a busca de soluções para as mudanças climáticas.

No Brasil, o programa Climate Generation é realizado em parceria com a Escola Parque, uma instituição educacional, com compromisso com a responsabilidade socioambiental em todos os projetos em que atua. Para informações sobre o projeto e como participar, acesse o site do British Council.
O prazo para recebimento das inscrições é 08 de julho de 2010.

Fonte: Da Redação do pe360graus.com - 14/06/10

Hemobrás deve faturar até R$ 961 milhões por ano em Pernambuco

Os detalhes e potenciais econômicos de um dos empreendimentos em construção no Estado, a fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), foram apresentados na segunda-feira (7) para empresários do Estado.
O gerente de planejamento da indústria, José Gaspar, participou da reunião de diretoria da FIEPE para discutir as oportunidades de negócios possibilitados pela fábrica, atualmente sendo construída no Polo Farmacoquímico de Goiana, Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Segundo Gaspar, a fábrica pernambucana vai reduzir consideravelmente a dependência de importação de medicamentos derivados do sangue, que hoje geram déficit de mais de R$ 4 bilhões na balança comercial. O gerente destaca que a empresa deve faturar R$ 961 mi a partir do seu quinto ano de funcionamento, quando a fábrica estiver no ápice de suas atividades.

O empreendimento, previsto para ficar pronto em 2014, deve empregar 360 funcionários e gerar mais 2,7 mil empregos indiretos. O gerente se comprometeu a fortalecer o diálogo com a FIEPE para identificar oportunidades de inserção para as empresas pernambucanas que irão atuar como fornecedoras de bens e serviços para a indústria.

A reunião de diretoria da FIEPE foi a primeira sob o comando do presidente em exercício da Federação, Ricardo Essinger, que substitui temporariamente o empresário Jorge Côrte Real. Na ocasião, o diretor João Sandoval foi escolhido por aclamação para assumir a vice-presidência da entidade.

Fonte: FIEPE

Evolução econômica de Pernambuco em debate

Auditório dos Diários Associados vai sediar, dia 22, seminário sobre tema

Adaíra Sene

O progressivo crescimento econômico do estado é notório e está alterando o cotidiano da sociedade. Independentemente da classe social, as pessoas vivenciam diretamente as consequências desse processo de desenvolvimento.

A Transposição do Rio São Francisco, a construção da Transnordestina, os polos petroquímicos, têxteis, os gasodutos e estaleiros são apenas alguns dos empreendimentos que multiplicam a demanda por bens e serviços e estão gerando novos negócios no estado. No intuito de analisar toda essa revolução econômica pela qual Pernambuco transita, no próximo dia 22, o auditório dos Diários Associados vai sediar o seminário "A Revolução Pernambucana na Economia".

Os palestrantes serão o governador do estado, Eduardo Campos, o titular da TGI e consultor da SPPE, Francisco Cunha, e o diretor executivo do Banco Gerador, Paulo Dalla Nora. O seminário é fruto de uma parceria do Diario de Pernambuco com a Sociedade Pernambucana de Planejamento Empresarial (SPPE) - que está comemorando duas décadas de existência. O encontro apresentará uma retrospectiva da economia pernambucana nos últimos 20 anos e as perspectivas para os próximo 20, tomando o panorama atual como balizador da análise do desenvolvimento.

"A sociedade tem como fundamento básico difundir o conceito de planejamento empresarial. Estamos completando 20 anos e pensamos em fazer um seminário onde a gente pudesse refazer as últimas duas décadas de desenvolvimento em Pernambuco e prever os próximos 20 anos. E os seminários serão feitos por quem tem verdadeira paixão por nosso estado", salientou o presidente da SPPE, Márcio Borba.

Para o presidente dos Diários Associados Nordeste, Joezil Barros, o jornal acompanha todo esse processo de desenvolvimento estadual e não poderia deixar de acompanhar essa revolução econômica repercutindo com especialistas o que ainda está por vir. "O Diario de Pernambuco não poderia estar ausente de um debate dessa ordem que tem tudo a ver com as perspectivas econômicas de seu povo, levando em consideração a avaliação dos tempos anteriores, sua situação atual e as perspectivas futuras", salientou.

"No seminário, nós vamos fazer uma análise da trajetória econômica de Pernambuco desde o início de Suape, quando o estado entendeu e encontrou uma nova vocação logística e estratégica para importação e exportação aumentando sua matriz produtiva", destacou Dalla Nora. E ainda avaliou: "foi quando Pernambuco percebeu suas vantagens competitivas e mudou a economia, antes agroindustrial, baseada na monocultura da cana-de-açúcar para a atual, mais voltada para os serviços".

Na avaliação de Francisco Cunha, "em 2020, a economia duplica, principalmente por conta dos investimentos em Suape. Pernambuco atualmente é responsável por apenas 2,5% do PIB do país, somos um estado pequeno". Cunha continua: "mas obras como a transposição do São Francisco, as refinarias de Suape e a indústria de navios vão mudar isso. Com o aumento da renda, aumentará o consumo. É um desenvolvimento que trará consequências muito boas e outras preocupantes".

O seminário "A Revolução Pernambucana na Economia" acontece no dia 22 de junho, das 9h às 12h, no auditório dos Diários Associados. Será voltado para empresários, executivos e profissionais ligados à área econômica e empresarial, além de estudantes e professores de escolas e universidades.

Fonte: Diário PE - 15/06/10

Criados entrepostos frigoríficos para as pescas em Angola

Manuel Tomás

Ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas (ao centro) ladeado pela Secretária de Estado das Pescas e pelo governador provincial durante o encontro com os armadores

O Governo vai instalar em Porto Amboim armazéns frigoríficos, construir um porto pesqueiro e estaleiros para a reparação e manutenção das embarcações distribuídas aos pescadores. Esta informação foi prestada no Sumbe pelo Ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Afonso Pedro Kanga, no termo de uma visita de dois dias à província do Kwanza-Sul.
O ministro teve contactos com armadores, membros de cooperativas da pesca artesanal e outros agentes ligados ao sector da agricultura, nas cidades do Sumbe e Porto Amboim.
Pedro Kanga assegurou que os técnicos procuram as melhores soluções para o relançamento da empresa industrial Peskwanza, uma das maiores do País, que há muitos anos se encontra inoperante devido ao estado acentuado de degradação das infra-estruturas de apoio e do equipamento. Uma das soluções é estabelecer parcerias público-privadas.
O ministro Pedro Kanga anunciou que existem vários projectos exequíveis onde os recursos financeiros estão acautelados: “estamos a estudar mecanismos de financiamento dos projectos no quadro do Programa de Investimentos Públicos e no âmbito do investimento privado”.
O Executivo está apostado no relançamento da indústria têxtil. Pedro Canga visitou o projecto de relançamento do perímetro irrigado do algodão em curso na área da Gangula (Sumbe) numa extensão de cinco mil hectares e constatou que “tudo corre em bom ritmo” faltando apenas pôr em funcionamento o sistema de energia eléctrica e do abastecimento da água captada no rio Kuvo, onde se encontram os reservatórios.
Pedro Kanga disse que o Executivo “está decidido em relançar a produção do algodão e reabilitar a indústria têxtil porque não podemos continuar a importar tecido, quando temos possibilidades e potencialidades para produzir tecidos como antigamente”.
Na visita efectuada às instalações da Mecanagro, no Sumbe, Afonso Pedro Kanga, foi informado que algumas brigadas têm problemas com o pagamento de salários, devido a dívidas contraídas por empresas do sector público e privado que beneficiaram dos serviços e não pagaram. O ministro tranquilizou os trabalhadores e garantiu que “o assunto está a merecer o devido tratamento”.

Pescadores artesanais


Num documento apresentado ao ministro Pedro Kanga, os pescadores da comuna de Quicombo (Sumbe) pedem uma solução para as avarias que assolam as embarcações e a reposição de outras destruídas no ano passado pelas calemas, dificultando o reembolso dos empréstimos bancários.
“Outro problema dos pescadores é o arrasto constante das redes e outros apetrechos de pesca por parte de embarcações de grande porte de várias nacionalidades. São necessários meios de fiscalização no mar controlando as artes de pesca artesanal”, diz a mensagem dos pescadores.
Na comuna de Quicombo estão sedeadas as cooperativas Boa Sorte, Nova Geração, Boa Esperança e Primeiro de Agosto que enquadram 260 pescadores dos quais 120 são do sexo feminino, que trabalham na transformação do pescado.
Afonso Pedro Kanga esclareceu que a lei proíbe as artes dos arrastões em parelha e as autoridades estão a trabalhar para banir essa prática com o reforço da capacidade para fiscalizar, por isso os estão a ser dotados com novos meios e já foi aprovado pelo Executivo um contrato de aquisição de embarcações e equipamentos modernos para a fiscalização.
O ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, acompanhado pela Secretária de Estado das Pescas, Vitória de Barros, do governador provincial, Serafim do Prado e de outros quadros do seu pelouro, visitou o bananal da “fazenda Boa-venturança” pertencente ao grupo privado Mundo Verde com mais de 75 hectares onde também se produz batata e hortícolas.
O ministro disse que o Kwanza Sul está a marcar passos seguros para aumentar a produção alimentar e assim combater a fome e a pobreza, criando igualmente novos postos de trabalho.

Fonte; Jornal de Angola - 15/06/10

Bruxelas renova ataque às agências de ‘rating'

Olli Rehn criticou hoje a descida do 'rating' da Grécia para um nível equivalente a 'lixo' por parte da agência Moody's.

Na sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, o responsável afirmou que a decisão foi surpreendente e infeliz numa altura em que peritos da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) analisam atentamente as tentativas do país para reduzir a sua dívida.

A agência de notação de risco Moody's anunciou segunda-feira ter cortado o 'rating' da dívida pública grega em quatro níveis, de 'A3' para 'Ba1', equivalente a "lixo", devido aos "riscos económicos" relacionados com o pacote de auxílio ao país.

O pacote de resgate que está a ser preparado pelas autoridades europeias e pelo FMI, segundo a Moody's, "elimina, de facto, qualquer risco de curto prazo de um incumprimento motivado pela falta de liquidez, e incentiva a implementação de um conjunto de reformas estruturais credíveis e viáveis, que têm um grande potencial de estabilizar as exigências do serviço da dívida para níveis possíveis de serem geridos".

Porém, "os riscos macroeconómicos e de implementação associados a este programa são substanciais e mais consistentes com um 'rating' Ba1", salientou a agência.

Também a Standard & Poor's tinha já cortado o 'rating' da Grécia para "lixo", um nível de classificação de risco elevado que traduz uma probabilidade grande de entrada em incumprimento.

Fonte: Económico com Lusa - 15/06/10

Presidente da refinaria garante prazo da obra em Pernambuco

AUGUSTO LEITE

O presidente da Refinaria Abreu e Lima, Marcelino Guedes, voltou a garantir que a unidade estará pronta até o final de 2012, apesar de que nos bastidores se fala que o prazo foi prorrogado informalmente para 2013. Segundo ele, as obras de terraplanagem, anteriormente previstas para se encerrarem no mês passado, estão 98% concluídas. Nesta época do ano os trabalhos são prejudicados por conta das chuvas. “Os acessos também estarão prontos até o final do mês”, complementou. São R$ 23 bilhões em investimentos e o andamento tem sido duramente criticado. Ele conversou com a reportagem da Folha durante o Fórum Nordeste.


A Petrobras tem preferido não se posicionar sobre o assunto, alegando que o plano da empresa para os próximos quatro anos está em fase de revisão. O prazo de finalização da terraplanagem já foi alongado de abril para maio por conta dos problemas climáticos. De acordo com o Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe), a previsão até julho é de “normalidade”, com as tradicionais pancadas da época, ou “acima da média”, que seria uma grande densidade pluvial.

O fato de as intempéries climáticas interferirem de maneira forte nas obras de terraplanagem é relativamente normal, pois o terreno não pode ser trabalhado quando há incidência de chuvas. De fato, os serviços são suspensos em função da água. Os trabalhos já haviam sido paralisados porque o Tribunal de Contas da União (TCU) identificou irregularidades, mas a investigação não foi para frente porque o presidente Luiz Inácio Lula da Silva interveio no processo. No pico de construção, estimado para outubro do ano que vem, 23,5 mil pessoas devem estar empregadas.

Fonte: Folha de Pernambuco - 15/06/10

Projeto vai otimizar uso do bagaço

Até o fim deste ano, os profissionais do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), pertencente ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), contarão com uma Planta Piloto para Desenvolvimento de Processos (PPDP).
Com a instalação da usina, os profissionais esperam ampliar a escala dos estudos de laboratório referentes a processos de conversão da biomassa em combustível.
“Com a usina piloto, queremos otimizar o uso do bagaço da cana-de-açúcar. Com a inauguração do novo prédio, os técnicos poderão realizar a ampliação da escala dos processos físicos, químicos e biológicos relacionados à produção de bioetanol”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCT, Ronaldo Mota, durante a palestra “PAC da Ciência: Ações em Biocombustíveis”, realizada no Fórum Nordeste 2010. Segundo Mota, a PPDP começou a ser construída em novembro de 2009, em uma área de 2,5 mil m² no campus que abriga o CTBE, em Campinas (SP).
No projeto, estão sendo investidos R$ 100 milhões.
“O que nós queremos estudar são as formas de aproveitar industrialmente a biomassa integral da cana-de-açúcar e não apenas o caldo”, disse.
Conforme o secretário, cálculos feitos pelos pesquisadores do CTBE mostram que uma tecnologia comercialmente viável de transformação da biomassa de cana em etanol significaria um aumento inicial de 50% na produção atual deste biocombustível, em relação aos padrões atuais de fermentação do caldo da planta.
“Por meio desta ferramenta, os especialistas conseguirão ampliar os estudos de laboratório referentes a processos de conversão de biomassa em combustíveis”, previu.
De acordo com Mota, o etanol está sendo uma das prioridades do MCT. “Nós possuímos 13 áreas prioritárias.
Dessas, uma é o biocombustível e a outra, a energia renovável. O investimento nesta área se justifica devido ao aumento substantivo da demanda de energia.
A produção mundial de etanol em 2000 era de três bilhões de litros.
Este ano, o índice já está em 85 bilhões de litros por ano. Este aumento é motivado, principalmente, pela produção nos Estados Unidos e no Brasil”, destacou.

Fonte: Folha PE - 15/06/10

Seguidores