terça-feira, 28 de setembro de 2010

workshop em Angola: Parcerias pública/privada reduzem investimentos do Estado

Luanda - O director do Gabinete de Acompanhamento de Programas Estratégicos do Ministério da Coordenação Económica, Mário Rui Pires, disse hoje (terça-feira), em Luanda, que a parceria público/privada no dominío das estradas reduz os investimentos do Estado no sector e assegura maior eficiência na efectivação.

Falando durante o workshop sobre "As parcerias publico/privadas e a modernização das infra-estruturas rodoviárias de Angola", o engenheiro disse que este modelo traz igualmente beneficícios qualitativos e quantitativos aos serviços público.

"Incumbe ao Governo o acompanhamento e controlo da execução dos serviços de forma a garantir os fins de interesse público", disse.

Mário Pires fez saber que estas parcerias podem envolver concessões integralmente onerosas ao Estado (compra serviços) ou não onerosas (venda de serviços ao público).

Com este modelo, prevê-se adoptar mecanismos que vai de encontro das preocupações do país, mantendo os custos de pagamento das estradas, aumentando a capacidade de investimento do sector privado, fazendo acordos e estudar a qualidade das estradas.

O evento, aberto pelo Ministro de Estado para Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, é uma iniciativa do Ministério do Urbanismo e Construção e conta com a participação, entidades públicas e privadas ligadas ao sector das infra-estruturas rodoviárias, banca, energia, construção civil e estudantes.

Dividida em quatro painéis, nomeadamente, O marco legal, Aspectos sociais desde questões ambientais até técnicas e económicas no estudo de viabilidade e Estudos de Casos, a actividade encerra ainda hoje.

Para a apresentação dos temas e sua moderação foram convidados especialistas angolanos e estrangeiros (do Brasil, Portugal, Moçambique) que com os mais de 200 participantes avaliam o quadro de implementação de parcerias no país.

Fonte: Angola Press - 28/09/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores