CANO DO PINA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e água

Clóvis Campêlo

Há quarenta nos atrás, amigos, era difícil imaginar a paisagem da praia do Pina sem aquele cano. Em torno dele, cresceram várias gerações de pinenses. Ali, nas peladas de futebol realizadas quando a maré estava baixa, formaram-se vários craques que depois despontariam no futebol pernambucano e no futebol brasileiro. Ali, também, por conta dos excrementos expelidos pelo cano, a alimentação farta atraia peixes e pescadores. Assim, o cano nos parecia eterno.

Mas, não era. Em março de 2004, quando a Prefeitura da Cidade do Recife fez um trabalho de revitalização da praia naquela área, o cano, que estava encoberta pela areia, foi redescoberto. Segundo matéria publicada no Diário de Pernambuco do dia 10 de março de 2004, entendeu a CPRH, hoje chamada de Agência Estadual de Meio Ambiente, que o cano, mesmo em desuso, funcionava como um elemento de poluição da praia. Ordenou, então, à Prefeitura que o retirasse.

Na verdade, não foi levada em consideração por nenhum daqueles técnicos a importância histórica daquela construção. Instalado em 1915, funcionava como um emissário submarino que trazia os dejetos tratados desde a estação de saneamento do bairro da Cabanga, do outro lado da bacia do Rio Pina, integrando o primeiro sistema de tratamento sanitário da cidade do Recife. Assim, o artefato com aproximadamente um metro de diâmetro, na época da sua demolição pertencente à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e que durante muito tempo foi usado como saneamento e esgoto da zona sul da cidade, foi retirado da paisagem da praia permanecendo apenas na memória dos seus antigos frequentadores.

Portanto, construído e instalado antes mesmo da ponte do bonde, de 1920, a primeira a interligar o Pina com a Cabanga, e antes da construção da Avenida Herculano Bandeira, que só ocorreria em 1926, o antigo cano fazia parte da história e crescimento do bairro, e deveria ter merecido por parte dos poderes constituídos uma maior atenção para a preservação da sua memória e importância histórica.

Confesso que para escrever esse pequeno artigo, vasculhei o google, com o seu acervo maravilhoso de informações disponibilizadas para todos, indiscriminadamente, e pouco encontrei sobre a história do cano do Pina. No que se refere a fotografias ou qualquer outro registro iconográfico, nada foi encontrado para ilustrar esse texto memorialista.

O Pina hoje é um bairro moderno, recortado por largas avenidas, e que vem perdendo de forma galopante a sua identidade cultural e histórica. Alguns culpam a especulação imobiliária por essa mudança. Prefiro dizer que é o preço do progresso e contra isso toda luta será inglória. Às pessoas, como eu, que viveram essa e outras épocas, talvez caiba o papel de tentar fazer esse resgate, embora não seja um trabalho fácil.


DIA DA BANDEIRA

Você sabia que, 19 de novembro, é comemorado o dia da bandeira do Brasil?

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Em 15 de novembro de 1899, após a Proclamação da República, a data passou a ser historicamente comemorada no país. Além disso, com o final do período Imperial, a bandeira que representava o regime foi substituída e, quatro dias após a proclamação, uma nova versão foi apresentada como bandeira nacional.

A substituição da bandeira imperial por uma republicana representa a simbologia que estava agregada ao regime da república, como a ideia do patriotismo e o surgimento do sentimento nacionalista. Além de focar nas mudanças que o Brasil passava naquele momento: mudanças na forma de governo e de governar, e da passagem do regime imperial para uma república federativa.

Um dos principais símbolos do Brasil, a bandeira nacional, reúne uma série de detalhes obrigatórios que devem ser obedecidos, de acordo com a legislação. A precisão nas cores, o tamanho, a disposição das estrelas que representam os estados e da faixa central devem ser seguidos à risca.


Google investe US$ 700 milhões em centro de dados ecológico

Getty Images

Getty Images
Empresa também vai assinará um acordo de compra de energia (PPA) na Dinamarca

O Google investirá quase US$ 700 milhões em um centro de dados da Dinamarca abastecido pela abundante energia verde que explica o interesse de empresas que consomem muita energia na região nórdica.

O Google também disse que assinará um acordo de compra de energia (PPA) para o novo centro de dados dinamarquês para garantir seu suprimento de energia renovável.

Há tempos os países nórdicos, que conseguem gerar eletricidade de forma relativamente barata de fontes renováveis, como água e vento, são um ímã para indústrias que usam muita energia, mas agora estão atraindo centros de dados com este perfil.

O investimento anual em centros de dados nórdicos pode dobrar e ultrapassar os US$ 4,57 bilhões até 2025, mostrou um novo estudo do Conselho Nórdico de Ministros, o organismo oficial para a cooperação regional, hoje (20).

Grandes empresas correram para garantir acesso a energia renovável barata para administrar seus gastos e reduzir sua pegada de carbono por meio de PPAs corporativas, que permitem a companhias como Google, controlado pela Alphabet, Facebook e Microsoft comprarem diretamente de geradores de energia.

O Google disse que está avaliando investimentos em uma série de projetos de energia eólica e solar no território continental e no litoral da Dinamarca.

O país abriga um grande setor de energia eólica, incluindo a fabricante de turbinas Vestas Wind Systems e a desenvolvedora de parques eólicos Orsted.

Redação, com Reuters


TJPE inaugura iluminação com Cantata Natalina

O coral do Tribunal será uma das atrações da noite

A decoração contará com cortina profissional de microlâmpadas com flash em LED blindado – Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promove, nesta quinta-feira (22), a 3ª Cantata Natalina. O evento, aberto ao público, acontece a partir das 18h, nas escadarias do Palácio da Justiça, em frente à Praça da República.

A solenidade contará com apresentações musicais e com a inauguração da iluminação natalina do Tribunal. Na ocasião, haverá apresentação musical do Coral do TJPE e da Orquestra Criança Cidadã de Ipojuca.

Também haverá uma participação especial da única bailarina de sapatilha de ponta com síndrome de Down no Norte/Nordeste, Amanda Lima.


Manguezal às margens do Capibaribe passa por mutirão de limpeza

O trecho do Cais da Alfândega passará por ações de limpeza a partir desta quarta-feira (21)

Limpeza da área de mangue do Cais da Alfândega, passará por ação de limpeza a partir desta quarta (21)

Limpeza da área de mangue do Cais da Alfândega, passará por ação de limpeza a partir desta quarta (21)
Foto: Divulgação/PCR

A área de manguezal às margens do Capibaribe, mais especificamente o trecho do Cais da Alfândega, passará por ações de limpeza nesta quarta (21), quinta (22) e sexta-feira (23). O mutirão – realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) – será realizado das 7h às 13h, horário escolhido por causa da variação da maré.

Oito homens, além do uso de banguês e caçambas estacionárias para o recolhimento do lixo, estarão à frente da ação. A expectativa é de que sejam retiradas aproximadamente 10 toneladas de lixo das margens do Cais.

Limpeza dos manguezais

Mensalmente a Emlurb realiza a limpeza nos manguezais que margeiam o Rio Capibaribe. As intervenções acontecem ao longo da Rua da Aurora, no trecho compreendido entre a Rua da Imperatriz e a Avenida Norte; na área que fica em frente ao Paço Alfândega, Bairro do Recife; Cais José Estelita, Cabanga e nos bairros da Jaqueira e Poço da Panela.

O trabalho de limpeza dos resíduos flutuantes do Rio Capibaribe, realizado pelo Ecobarco, também integra as ações de limpeza. O equipamento atua nos trechos navegáveis do rio, dentro da cidade do Recife, incluindo ilhas do Centro do Recife, a Zona Norte até a BR 101 e a bacia do Pina e seus afluentes.

A cobertura é de aproximadamente 35 quilômetros. Boa parte do lixo retirado nas ações são garrafas plásticas, móveis e equipamentos domésticos, além de colchões, móveis, sapatos e peças de aparelhos eletrônicos, como TV e computador.


Aeroclube de Pernambuco voltará a oferecer cursos práticos de piloto

Mesmo sem ter concluído a construção da nova sede o aeroclube retoma a formação de pilotos profissionais

Aquisição de novas aeronaves demandou investimentos de R$ 1,5 milhão / Foto: divulgação

Aquisição de novas aeronaves demandou investimentos de R$ 1,5 milhão
Foto: divulgação

Edilson Vieira
Repórter de Economia

Depois de seis anos desativado, o curso prático de piloto de avião do Aeroclube de Pernambuco irá voltar às atividades. Foram investidos R$1,5 milhão na aquisição de três aeronaves e um simulador de voo, que serão utilizados nos cursos de piloto aerodesportivo (amador); piloto privado e piloto comercial.

As aulas devem começar no início do próximo ano, no aeródromo Coroa do Avião, em Igarassu, a 48 km do Recife, enquanto a nova pista do Aeroclube de Pernambuco, que está sendo construída no Janga, em Paulista, não fica pronta. Desde maio deste ano, o aeroculube tinha dado início aos cursos teóricos de pilotagem de avião e helicóptero. No próximo ano, a formação teórica também será oferecida na versão EAD (ensino à distância).

Segundo Américo Amorim, conselheiro do Aeroclube de Pernambuco, a decisão em investir nas aeronaves, mesmo sem o aeroclube ter ainda sua sede própria, partiu pelo momento atual de procura pelos cursos. “Com a retomada da economia, cresceu a procura no mercado por mais pilotos profissionais.

Ou a gente esperava ter a nossa pista, que deve ficar pronta em três anos, ou começávamos agora. A aviação está começando a responder a essa melhora econômica então resolvemos aproveitar o momento”, diz Américo adiantando que a frota do aeroclube era muito antiga e precisava ser renovada.

As três aeronaves são dos modelos Fox Vector V6, Cessna 152 Aerobat e Cessna 172 RG, esta última permite ao aluno treinar manobras aéreas, como estol (perda de sustentação) e parafuso, simulando perda e retomada do comando da aeronaves. Esse tipo de habilidade em situação de risco é uma das exigências do curso de piloto profissional comercial. “Pernambuco terá o curso de prático de pilotagem mais moderno do Norte e Nordeste”, garante Américo.

AEROCLUBE

Para ter a licença de voo o investimento não é pequeno. O curso mais em conta, de piloto aerodesportivo, que permite a pilotagem de aeronaves tipo ultraleve, custa cerca de R$ 10 mil. O de piloto privado, que habilita a aviões de passageiros de pequeno porte, te o valor médio de R$ 20 mil.

Já o curso mais caro, de piloto comercial, que permite o ingresso em companhias aéreas, sai por cerca de R$ 100 mil. “Parte da carga horária exigida em pilotagem pode ser feita no simulador de voo, o que reduz o preço dos cursos em torno de 20%. É possível também diluir as horas de voo em vários meses, ou anos, . Um piloto comercial precisa ter 150 horas de voo até poder passar pelo exame da Anac e obter a licença de piloto”, diz Américo.

JC Economia


Recife vai ganhar um Instituto do Sono a partir de dezembro

Resultado de imagem para problemas do Sono

Patologias do sono podem diminuir em cerca de 10 anos a longevidade de um individuo. E o Recife terá um marco na medicina do sono, a partir de dezembro com o Instituto do Sono, a ser gerenciado pelo DurmaBem, da Interne, da ilha do Leite.

“Hoje o Nordeste conta com algumas ilhas de diagnóstico e vários profissionais de saúde bons e atentos as questões do sono.

Queremos gerar uma rede de referência para os pacientes de distúrbios de sono, em que os mesmos possam transitar do diagnóstico ao tratamento.

Queremos ser essa rede no Norte Nordeste do Brasil. Em relação ao eixo Sul e Sudeste, possuímos uma excelente relação com o instituto do sono de SP, compartilhando inclusive experiências nossas e de nossos pacientes”, ressalta Lidiane Santana, fisioterapeuta do sono à frente do DurmaBem.

Informações: 81. 2123 0440.


Encontro gratuito esclarece dúvidas sobre a cirurgia bariátrica no Recife

Palestras gratuitas acontecem nesta segunda-feira (dia 26/11), às 19h, no 7º andar, do anexo 3, no Hospital Esperança, na Ilha do Leite

O excesso de peso é um problema que acomete cada vez mais pessoas sem escolher sexo ou idade. Recente pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e divulgada pelo Ministério da Saúde mostra que 18,9% dos brasileiros tem obesidade e 54%, sobrepeso. É crescente o aumento da população de obesos no mundo e apesar da ampla divulgação dos benefícios da boa alimentação e da prática de atividade física, poucas pessoas conseguem inseri-las no seu dia a dia.

A vida moderna aliada a tecnologia, que muitas vezes leva ao sedentarismo, e os apelos de inúmeros fast foods espalhados pela cidade, dificultam a meta de muitas pessoas em ter uma vida saudável e levam, muitas delas, a obesidade. Um dos tratamentos para essa doença, quando já está em estágio avançando, é a cirurgia bariátrica. Nesta segunda-feira (26/11), às 19h, o cirurgião bariátrico Walter França realiza a Reunião Multidisciplinar da Obesidade, no Hospital Esperança (7º andar do anexo 3). Neste encontro gratuito, o profissional ministra palestra, juntamente com psicóloga e nutricionista de sua equipe multidisciplinar, para esclarecer dúvidas sobre a cirurgia da obesidade e o uso da robótica neste procedimento.

A obesidade é uma doença que traz consigo outras comorbidades como problemas cardiovasculares, depressão, hérnias, diabetes II, dermatites e dislipidemia (alteração do colesterol). Apnéia do sono, incontinência urinária, disfunções hormonais e erétil nos homens, doenças articulares e do refluxo, entre outros problemas, acometem quem está bem acima do peso.

Na reunião, o cirurgião Walter França, com quase 4 mil cirurgias bariátricas no currículo, irá repassar informações sobre o procedimento com uso da robótica, técnica minimamente invasiva capaz dar uma visão de 360 graus ao profissional, permitindo um campo 10 vezes maior da área a ser operada e uma recuperação mais rápida ao paciente.

Entre os procedimentos mais usados na cirurgia bariátrica estão o Bypass Gástrico e o Sleeve. No Sleeve ou Gastrectomia Vertical, o estômago do paciente é grampeado em forma de tubo que vai do esôfago ao duodeno. Assim se reduz o estômago em até 80% do seu tamanho.

O novo órgão fica com 150 ml a 250 ml e com forma parecida a um tubo gástrico.” Nessa redução se retira parte do fundo gástrico, região que produz o hormônio grelina, responsável pela sensação de fome. Após a cirurgia, o apetite diminui. Esse procedimento é indicado para paciente com obesidade 3 e mórbida principalmente o que possuem problemas intestinais ou quadro de anemia importante”, enfatiza.

No Bypass intestinal de Fobi Capella há um desvio do intestino delgado fazendo com que o paciente absorva menos gordura do que antes. “A média de perda de peso do paciente que se submete ao Bypass, oscila entre 40%, mas pode variar entre 25% e 55%”, relata a profissional.

SERVIÇO:

Reunião Multidisciplinar da Obesidade

Quando: Nesta segunda-feira (26/11), às 19h

Local: Hospital Esperança Ilha do Leite (7º andar do anexo 3)

Informações: (81) 3424.9796/ 3423.2772/ 3131.7887

Contato para entrevista:

Cirurgião Bariátrico Walter França

Fone: 3423.2772/ 3131.7887


Começa temporada de cruzeiros no Recife

Começou nesta terça-feira (20) a temporada de cruzeiros 2018/2019 no Recife. O primeiro navio a atracar foi o transatlântico de bandeira panamenha MSC Orchestra, com 2,4 mil passageiros espanhóis, portugueses e argentinos. Nesta temporada, 18 navios deverão atracar em Pernambuco até abril do próximo ano, o que deverá totalizar de 25 a 30 mil visitantes.

Na recepção dos turistas, o Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) foi operado pelo Porto do Recife. Já o serviço de traslado dos passageiros do cais 2, onde atracou o navio, até o TPM, ficou a cargo da Agemar Empreendimentos.

Nessa operação, a empresa disponibilizou 12 ônibus de turismo, além de estrutura de suporte com ambulância e paramédicos para atendimento de possíveis eventualidades.

O check-in começou às 7h no Terminal onde os turistas foram recebidos por dançarinos de frevo e maracatu. Para visitar o centro histórico da capital pernambucana, os passageiros utilizaram as vans disponibilizadas pelas agências de viagens. A embarcação zarpou rumo a Salvador após o meio dia.


Bairro dos Torrões recebe obra de implantação de sistema de esgotamento sanitário

Dez mil pessoas serão beneficiadas

O bairro dos Torrões, na Zona Oeste do Recife está recebendo obras de implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto. Esse é o primeiro bairro da cidade que ganhará esgotamento sanitário por meio de investimentos do parceiro privado do Programa Cidade Saneada. A Parceria Público Privada do Saneamento em Pernambuco busca elevar os índices de cobertura do esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife.

As intervenções para construção desse sistema são realizadas agora nas ruas Poeta Lucena, Veranópolis, Antônio Valdevino, Damasqueiro, Assucena e Guaporema. Todo projeto prevê o assentamento de dez quilômetros de rede coletora, a instalação de mais de 2 mil ligações domiciliares, além da implantação de uma estação de bombeamento e de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Para construir o empreendimento são investidos R$ 13,5 milhões, beneficiando 10 mil pessoas nos Torrões.

A obra é executada pela BRK Ambiental, parceira privada da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e contempla 57 ruas do bairro dos Torrões localizadas na área limitada pela Rua Maestro Jones Johnson, Avenida do Forte e Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho. Já foram assentados 3.300 metros de tubulações em mais de 25 ruas do bairro, como a Jaguari, Iguaraci, Serafina Carneiro, Jordão e Epaminondas Cristovão.

A Estação de Tratamento de Esgoto será construída na Rua Arthur Coutinho. A proposta é executar as intervenções causando o mínimo de transtornos para a população e impacto no fluxo do trânsito, principalmente, nas ruas mais movimentadas do bairro.

A obra para implantação do sistema de esgotamento sanitário no bairro dos Torrões iniciou no final do mês de junho e tem o prazo de conclusão de 16 meses. “O cronograma dos investimentos no programa Cidade Saneada foi elaborado buscando uma otimização do impacto social, ambiental, técnico e financeiro da situação do saneamento em todos os 15 municípios da RMR.

Para essa fase do programa que está em andamento, serão realizados investimentos relevantes no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Goiana (Centro e Pontas de Pedras)”, pontua o diretor de Novos Negócios da Compesa, Ricardo Barretto.


VAI COMEÇAR O PROJETO NOVO RECIFE NO CAIS JOSÉ ESTELITA

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e água

Com dois grandes empreendimentos lançados na última semana vai começar o Projeto Novo Recife, que vai trazer a recuperação de uma área abandonada da cidade e servir de fomentador da recuperação das áreas da Av, Sul, Av. Dantas Barreto e chegando no centro da cidade.

O Novo empreendimento:

APTOS:
230m2 e 265m2 | 4 suítes | Sala 3 Amb | Varanda | Dep Completa | 4 Vagas Prédio c/ Área de Lazer Completa com Quadra de Tênis

VENDA à partir de: R$ 1.150.000,00


CONHEÇA A HISTÓRIA DO BAIRRO DE TEJIPIÓ

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

O bairro com cerca de nove mil habitantes foi batizado de Tejipió no século 17 ⏳ Ele habita a margem esquerda do rio de mesmo nome, com nascente no limite do bairro da Várzea, perto de São Lourenço da Mata.
Segundo os linguistas, Tejipió é uma alteração da palavra tupi “tejupió”, corruptela de teyu’piog, que significa raiz de teju, uma planta que existia em grande quantidade na região 🤔

O local é muito antigo e costumava ser ocupado por nativos e, antes da invasão holandesa, tinha um engenho de açúcar pertencente a Sebastião Bezerra. Em 1630, o engenho foi abandonado e confiscado pelos holandeses 🇳🇱 e vendido para João Fernandes Vieira, em 1645.
Tejipió foi sede de luta 💪 contra os holandeses. Por lá, ancoraram-se tropas vinda da Bahia, que apoiavam o exército independente de Pernambuco. Dali, saíram muitos soldados rumo à batalha das Tabocas, primeiro embate da Insurreição Pernambucana ✊

Em meados do século 18, com o engenho de João Fernandes Vieira já em ruínas, foi construída a capela de Nossa Senhora do Rosário⛪. O Povoado de Tejipió era isolado e isso só mudou em 1819, com a construção de uma via 🛣 durante mandato do governador Luís do Rego Barreto.

E você sabia que o poeta baiano Castro Alves morou por lá? 😮 Pra ser exato, na região em que, atualmente está o bairro do Barro, mas que naquela época era Tejipió. Ele morava junto com o amor da sua vida 👩‍❤‍💋‍👨Eugênia Câmara, portuguesa considerada melhor atriz de todo império 👑.


MARAVILHOSA NOVA EXPOSIÇÃO NO MUSEU CAIS DO SERTÃO NO RECIFE ANTIGO

A imagem pode conter: área interna

Mudar de cidade e até de estado está na história do povo sertanejo 🌵. No território Migrar, não tem quem não se impressione com o painel criado pelo artista J. Borges.

São 60 matrizes de xilogravura que contam um pouco da história de quem precisou deixar o Sertão em busca de uma vida melhor. Vem conhecer!


A beleza da Magia do Natal 2018 em Garanhuns – Pernambuco

A imagem pode conter: grama e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: noite

As luzes da Magia do Natal 2018 se acenderam pela primeira vez na noite da sexta-feira (16), encantando o público presente em frente ao Palácio Celso Galvão, no centro da cidade. A decoração dos demais pontos de Garanhuns também foi apresentada simultaneamente, trazendo os detalhes de cada trabalho feito pelos artesãos ao longo do ano. O Palco Prefeitura recebeu uma série de apresentações culturais e o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, foi o responsável pela abertura do evento que tem se consolidado cada vez mais dentro do mapa turístico natalino da região.

O gestor homenageou os artesãos que produziram a decoração do evento e também agradeceu a secretária de Turismo e Cultura, Neile Barros, e sua equipe. “Quero agradecer a todos que fizeram esse Natal e também a Socorro e Michelle Régis, as idealizadoras do evento. Eu sempre sonhei com uma Garanhuns diferente e para muitas pessoas, nós estamos realizando. Temos quase 300 pessoas trabalhando na indústria do Natal e trabalhando para que a festa seja ainda mais grandiosa que nos anos anteriores”, ressaltou.

A Orquestra Manoel Rabelo inaugurou oficialmente o Palco Prefeitura, apresentando canções nacionais e internacionais, além de clássicos natalinos. A encenação “O verdadeiro sentido do Natal” emocionou o público, retratando a história do nascimento de Jesus, contada por a Vovó, personagem da contadora de histórias da Biblioteca Ler É Preciso, Jackelinne Brasileiro. O elenco também conta com as crianças dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV’s) dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras’s) dos bairros Magano e Boa Vista, que vem ensaiando desde agosto.

A cantora garanhuense Andrea Amorim fez uma grande apresentação junto às crianças que irão participar do Desfile do Papai Noel, cantando a Ave Maria na varanda do Palácio Celso Galvão. A artista também cantou as músicas oficiais da Magia do Natal 2018, lançadas no EP “A Magia do Natal II”, disponível nas plataformas de streaming, como Spotify e Deezer. O Palco Prefeitura ainda contou com uma atração surpresa: o cantor Rinaldo Viana, tenor com mais de 20 anos de carreira, descoberto em um programa de calouros. Ao fim da noite, a Orquestra Manoel Rabelo subiu ao palco novamente, desta vez para encerrar com chave de ouro a primeira noite do evento.

A aposentada, Nazidir Santos, de 70 anos de idade, veio com um grupo de 50 pessoas diretamente de Maceió. “Estou amando a Magia do Natal de Garanhuns. É a primeira vez que venho e estou me sentindo muito acolhida pelo povo dessa cidade. Até o frio está me agradando”, explicou a alagoana.

Fim de semana — Amanhã (17), a partir das 18h, o Desfile do Papai Noel passará pela avenida Santo Antônio com mais de 100 crianças que fazem parte dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV’s) dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras’s), que irão desfilar entre oito carros alegóricos, encantando o público presente no Centro da cidade. Após o desfile, o Papai Noel ficará em sua casa, localizada em frente ao Palácio Celso Galvão, para receber o público. O Palco Prefeitura irá contar com programação a partir das 19h, a Banda Cidade Nova, do formada por alunos da Escola de Referência em Ensino Médio de Garanhuns (Erem), a Banda Outono será a próxima, seguida pela cantora Swianne. Quem encerra a noite é a banda garanhuense Still Living.

No domingo (18), o Desfile do Papai Noel também será realizado a partir das 18h, dando início as apresentações. A primeira atração será o monólogo “O Galho do Pessegueiro”, seguido por o Grupo Nossa Arte, que virá com o Reisado e o Coral e Violino. O grupo é formado por crianças e adolescentes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). A última apresentação do final de semana será a do Coral da 4ª Igreja Presbiteriana de Garanhuns.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — ACSI
Texto: Daniela Batista — (Secom/PMG)
Foto: Daniela Batista, Camila Queiroz e Hilton Marques — (Secom/PMG)
Atendimento à imprensa: (87) 3762-0109


Prefeitura do Recife apresenta projeto da Nova Conde da Boa Vista

img_altVia será humanizada e mais segura para pedestres e passageiros do transporte público. Obras terão início em 2019 e duram um ano (Foto: Divulgação)

Principal corredor de ônibus e de pedestres do Recife, a Avenida Conde da Boa Vista passará por uma grande requalificação promovida pela Prefeitura do Recife. A humanização da via guiou os estudos, que tiveram início em 2016 e foram realizados pela Secretaria de Infraestrutura e Habitação e Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc). Os detalhes da intervenção foram anunciados nesta quita-feira (8), em um coletiva de imprensa. O investimento da gestão municipal na requalificação será de cerca de R$ 15 milhões.

Para viabilizar o início das mudanças, duas licitações foram publicadas no Diário Oficial do Município, nos dias 1º e 6 de novembro, referentes aos passeios públicos e à iluminação, respectivamente. A obra será realizada pela Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). Com a Nova Conde da Boa Vista, os pedestres, passageiros do transporte coletivo e condutores de veículos particulares vão ter uma avenida mais acolhedora, arborizada e eficiente no seu dia a dia. Ciclistas também vão ser beneficiados e poderão chegar à avenida com mais segurança pelas rotas instaladas no entorno.

O secretário de Infraestrutura e Habitação e presidente da Emlurb, Roberto Gusmão, destaca que, “para a melhoria da Avenida Conde da Boa Vista, a Prefeitura do Recife realizou inúmeros estudos, pesquisas e simulações. Essa intervenção tem uma importância fundamental para que a via volte a ser um grande corredor não só de transporte, mas também um indutor de desenvolvimento e da recuperação de todo o bairro da Boa Vista”, comenta. Além dos estudos realizados, o novo projeto foi discutido com diversas entidades.

A Avenida Conde da Boa Vista tem 1,6 km de extensão e conecta o centro da cidade às zonas Norte e Oeste. As obras vão acontecer em toda a via e terão início em março de 2019, com prazo estimado de um ano. Enquanto os trabalhos na Avenida Conde da Boa Vista estiverem em andamento, esquemas de mobilidade serão colocados em prática à medida que o cronograma da obra for avançando.

A premissa do estudo é moderna e inovadora. Iluminação em LED – inclusive com postes específicos para o pedestre; canteiro central ajardinado e floreiras nas calçadas; 90 árvores serão plantadas; as calçadas terão mais de 2.000m² de ampliação e receberão esquinas alongadas; as paradas de ônibus serão instaladas nas calçadas e serão mais modernas e confortáveis. Duas estações de BRT serão construídas no canteiro central, substituindo as seis existentes atualmente.

Dando continuidade às novidades, bicicletários e bancas para vendedores ambulantes cadastrados serão colocados ao longo da avenida. Rampas e pisos acessíveis serão instalados, além de nova sinalização nas travessias dos pedestres – também com piso elevado; ilhas de travessia; mais lixeiras e nova programação semafórica, com foco também nos pedestres. Os que caminham na via, inclusive, vão ter mais oportunidades de atravessar com segurança. Hoje, eles têm cinco locais voltados para esse fim e, com o projeto, passarão a ter 13.

O secretário de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, comemora mais essa melhoria. “Esse é um momento importante para toda a cidade. Discutimos bastante essas mudanças e o nosso objetivo é resgatar o centro da cidade e o bairro da Boa Vista. O projeto é um convite para as pessoas viverem a cidade, valorizando o centro, sem esquecer a mobilidade dos pedestres e da eficácia do transporte público.”

Durante os estudos e pesquisas feitos para a concepção do projeto, foi identificado que cerca de 310 mil pessoas passam pela Avenida Conde da Boa Vista por dia. Dessas, mais de 50% utilizam as 49 linhas de ônibus e as quatro de BRT que passam na via, cerca de 40% são pedestres, menos de 10% estão nos veículos particulares. Em alguns pontos, passam mais de 180 ônibus/hora. A partir daí, os arquitetos e engenheiros da Emlurb e CTTU trabalharam em um projeto para dar mais conforto aos usuários do sistema de transporte. Também participaram da discussão do projeto, a URB, as secretarias de Planejamento Urbano do Recife, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife. No Governo do Estado, o debate envolveu a Secretaria das Cidades e o Consórcio Grande Recife.

“Esse é um projeto bastante inovador, que traz vários aspectos relacionados a urbanismo para a via, considerada a mais importante da cidade e que merece receber esse tratamento cuidadoso. Questões como a acessibilidade, a iluminação e a vegetação foram priorizadas, o que vai dar mais conforto e segurança ao cidadão”, frisa a diretora de Manutenção Urbana da Emlurb, Fernandha Batista.

ROTAS CICLÁVEIS – O projeto da Nova Conde da Boa Vista receberá em seu entorno uma nova malha cicloviária. Dessa forma, todo o centro da cidade ficará interligado, com circuitos que conectam os bairros da Boa Vista, Soledade, Santo Amaro, Santo Antônio, São José, Ilha do Leite, Coelhos e o Bairro do Recife. De acordo com o projeto, bicicletários serão instalados e permitirão que os ciclistas coloquem as suas bicicletas e, assim, caminhem pela via arterial.

Os ciclistas poderão acessar a Avenida Conde da Boa Vista através da Rua da Aurora, do Beco do Estudante e das ruas Gonçalves Maia e José de Alencar. O percurso em paralelo com a Avenida Conde da Boa Vista será realizado através da Rua João Fernandes Vieira, Avenida Oliveira Lima e Rua do Riachuelo (chegando até a Rua da Aurora). Através desta última, será realizada a conexão com o Eixo Estruturador Camilo Simões.

Além da integração em rota paralela com a Avenida Conde da Boa Vista, a nova rota permitirá a conexão com o Eixo Estruturador Camilo Simões, inaugurado em abril de 2017. Também haverá ligação com a ciclovia permanente da Avenida Mario Melo, já projetada pela CTTU. A ligação com a futura ciclovia da Avenida Mario Melo será realizada através de Rua Bispo Cardoso Ayres. Também faz parte da malha proposta uma nova estrutura cicloviária, essa ao longo da Rua José de Alencar até a Praça Miguel de Cervantes, que atenderá o bairro de Coelhos e Ilha do Leite.

CIRCULAÇÃO – No sentido cidade/subúrbio, não haverá restrição de circulação. Já no sentido subúrbio/cidade, veículos particulares vão poder trafegar na via para acesso local, com possibilidade de prosseguir apenas por uma quadra e, então, sair da avenida. Essa medida vai permitir a redistribuição do espaço público: pedestres vão ter mais espaço nas calçadas, os abrigos de ônibus e estações de BRT serão mais confortáveis e o importante corredor de transporte público será fortalecido, com mais efetividade na operação dos ônibus e BRT. No total, quatro novos equipamentos de fiscalização eletrônica serão instalados para coibir a passagem irregular de veículos.

COMÉRCIO POPULAR – Essa será mais uma questão que o projeto da Nova Conde da Boa Vista vai priorizar. Os ambulantes cadastrados pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) poderão trabalhar nos fiteiros dispostos ao longo da Conde da Boa Vista ou nos centros de comércio localizados nas ruas da Saudade e 7 de Setembro, que serão entregues em 2019. Todos deverão comercializar em equipamentos e locais definidos pela pasta, com o objetivo de preservar a mobilidade dos pedestres.

PRINCIPAIS OBJETIVOS DO PROJETO

1. Tornar a via mais acolhedora e arborizada

2. Proporcionar conforto e segurança para o pedestre

3. Melhorar a fluidez do transporte coletivo e dar mais conforto ao usuário

4. Assegurar a infraestrutura para os ciclistas

5. Garantir a infraestrutura urbana necessária

6. Respeitar a arquitetura, a história e o valor simbólico da via

NÚMEROS DA CONDE DA BOA VISTA

– 1,6 km de extensão

– 310 mil pessoas circulam na via por dia

– Mais de 50% está nos ônibus

– Mais de 40% são pedestres

– Menos de 10% está nos veículos particulares

– Menos 1% é usuário de bicicletas

– 49 linhas de ônibus

– 4 linhas de BRT

– Mais de 180 ônibus por hora no horário de pico

– Cruzamentos com até 6.800 pedestres/hora

– Transporte coletivo: 80% nos ônibus convencionais e 20% usuários do BRT

– 1.500 unidades habitacionais

– Cerca de 370 estabelecimentos comerciais

NÚMEROS DO PROJETO

– 13 será o número de travessias de pedestres. Hoje são 5

– 13 sinais sonoros serão instalados na via. Hoje são 4

– 50% será a redução do tempo de espera na travessia dos pedestres

– 6 vezes mais oportunidades de travessia dos pedestres, de 157 para 936

– 15 travessias elevadas para pedestres serão implantadas

– 2 mil m² de calçadas serão implantados

– 20 novas paradas de ônibus serão construídas. Hoje são 14

– 50% é a expectativa de redução do tempo de viagem dos ônibus

– 135 floreiras nas calçadas serão colocadas nas calçadas

– 90 árvores serão plantadas

– 18 vezes de aumento da área verde pública da via

– 2.361 m² de canteiro central ajardinado serão implantados

– 6 bicicletários estará dispostos ao longo da via

– 70 novas lixeiras do tipo papeleira e 13 do tipo coletiva serão instaladas

– 7 circuitos interligados de rede semafórica serão instalados. Hoje, o circuito é isolado

– 271 luminárias de LED, com foco nos pedestres e na via, serão implantadas

– 700m novos de rede de drenagem

– 86 novos pontos de captação de drenagem

CONSULTE O PROJETO AQUI


Cantata de Natal traz Elba Ramalho em apresentação gratuita no Bairro do Recife

Foto: Divulgação

Essa é pra anotar na agenda e não perder de jeito nenhum! A Caixa Cultural Recife recebe, pela quinta vez, o espetáculo Caixa de Natal, que este ano traz a cantora paraibana Elba Ramalho como convidada especial. Junto com ela, se apresentam  38 crianças e jovens do Coral do Movimento Pró-Criança e ainda o guitarrista Paulo Rafael.

Todos os 40 artistas se apresentam das janelas e varanda do prédio da CAIXA Cultural Recife, no Bairro do Recife, bem em frente ao Marco Zero, começando pontualmente às 18h. É importante chegar ao local antes do horário marcado para facilitar a acomodação na Praça do Marco Zero, já que a apresentação é gratuita e costuma reunir milhares de pessoas. O espetáculo tem cerca de 1h40 de duração. Pode trazer sua cadeira ou banco de casa pra garantir mais conforto!

Roteiro

Com figurino assinado por Francisco Câmara, haverá um número solo com um jovem revelação do Movimento Pró Criança: o jovem Cássio cantará acompanhado do Coral. No roteiro, clássicos natalinos, hits inesquecíveis, canções símbolos da cultura nordestina, além de sucessos consagrados na voz de Elba. A artista, a convite de Paulo Rafael, ficou também responsável por  compor a programação deste ano.

Coordenado pelos idealizadores Luiz Carlos Filho (Lulinha) e Diogo Leite, o Caixa de Natal conta ainda com Tovinho (Direção Musical), Rodrigo Leite (Direção Artística), Rogério Andrade (Som), Roberto Riegert (Iluminação) e Paula Azevedo (Coreografia). São mais de 80 pessoas que se dedicam a 8 meses de trabalho.

Nomes como Ivan Lins, Guilherme Arantes, Geraldo Azevedo e Lenine já participaram do Caixa de Natal.

Acessibilidade

Haverá 1.ooo cadeiras reservadas às pessoas idosas, gestantes, crianças de colo e pessoas com mobilidade reduzida, que contaram com o apoio de promotoras  orientando e reforçando a importância dos espaços.

Caixa de Natal

Data: 02 de dezembro de 2018
Hora: 18h (recomenda-se ao público chegar uma hora antes)Local: CAIXA Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Praça do Marco Zero, Bairro do Recife, Recife/PE
Telefone: (081) 3425-1915
Entrada gratuita (o evento é visto gratuitamente da Praça do Marco Zero)
Duração: 1h40min
Classificação livre


Bugan Hotel no Recife disponibiliza café da manhã para o público externo

Crédito: Bugan Hotel/Divulgação

Novidade para os moradores de Boa Viagem. O Bugan Hotel by Atlantica, além de atender aos turista de negócios e de lazer, decidiu abrir também as portas do café da manhã aos recifenses.

A ideia é se relacionar com os moradores da cidade. De segunda a sexta, a buffet é servido a partir das 5h30 para atender principalmente quem tem compromisso nas primeiras horas do dia. Já nos finais de semana e feriados, começa às 6h.

O cardápio é variado e há diversas iguarias da cozinha regional preparadas na hora, como tapiocas, omeletes e bolo de rolo.

Crédito: Bugan Hotel/Divulgação

O Bugan Hotel by Atlantica Recife é o primeiro hotel do Grupo Rio Ave e conta com consultoria comercial da Atlântica, considerada a segunda maior rede hoteleira do Brasil, com aproximadamente 120 hotéis em operação.

Instalado a 400 metros da praia de Boa Viagem, o empreendimento de alto padrão tem nove pavimentos, 162 quartos, fitness center, piscinas e lobby bar, além de sala corporativa e auditórios moduláveis para reuniões e eventos.


Fiordes Bistrô em funcionamento na Rua da Aurora

Crédito: Rafael Medeiros/Divulgação

Com proposta contemporânea, o Fiordes Bistrô abriu as portas oficialmente na semana passada dentro da casa de eventos Fiordes Aurora, situado na Rua da Aurora.

Sob o comando da empresária Mariana Lucena, o projeto segue a linha contemporânea e dispõe de pedidos à la carte, incluindo agenda de festivais gastronômicos, assim como carta de vinhos, sommelier e bar de drinks.

A priori, funciona apenas para almoço, de segunda à sexta, das 12h às 15h. O espaço conta com projeto conceitual e toque paisagístico assinado por Luciano Lacerda.

Crédito: Rafael Medeiros/Divulgação

Crédito: Rafael Medeiros/Divulgação


Feira nacional de artesanatos acontece em janeiro no Classic Hall no Recife

A Fenahall de 2019 comemora sua 16ª edição. – Crédito: Reprodução/www.fenahall.com.br

Evento tradicional do calendário pernambucano, a Fenahall de 2019 já tem data confirmada. O evento que atrai mais de 100 mil pessoas em seus 10 dias de programação acontecerá entre os dias 11 a 20 de janeiro.

O evento conta com uma estrutura de centenas de estandes com peças de decoração, roupas, acessórios, brinquedos e comidas regionais, fora a programação musical variada com shows todos os dias e espaço exclusivo para crianças. Além de artesanatos pernambucanos, a feira também oferece peças de diversas partes do mundo.