Mr. Smoke abre loja física e desafia fãs de hambúrguer e churrasco

Mr. Smoke fica no terreno atrás da Infohouse, quase na esquina com a Estrada do Encanamento. Foto: Maria Carolina Santos/PorAquiA Mr. Smoke, que vai ser inaugurada neste sábado (21) em Parnamirim, não é uma hamburgueria ou uma churrascaria qualquer. Aqui, não há cortes traseiros. Nada de picanha, nada de chouriço. É acém, é paleta. A casa conta orgulhosamente que vai trabalhar somente com cortes dianteiros.

“Aqueles cortes que vovó dizia ‘meu filho, isso só presta para guisadinho’, a gente vai fazer grelhado ali na parrilha. Vamos mostrar que não existe carne de segunda, e, sim, o modo de fazer. Vou apresentar aos pernambucanos o melhor acém que já comeram na vida”, desafia o chef Léo Macedo, um dos sócios do empreendimento, um contêiner com bastante espaço externo que fica por trás da Infohouse, bem pertinho da Praça de Parnamirim.

Apesar deste ser o primeiro espaço físico da Mr. Smoke, a marca já é conhecida de quem gosta de carnes e hambúrguer por conta dos vários eventos dos quais já participou. Com casa própria, ninguém mais vai ter que esperar para provar as porções generosas de lá – que são deliciosas (sim, já provei!).

Sim, é tão delicioso e recheado quanto parece…Foto: Maria Carolina Santos/PorAqui

O cardápio tem entradas que variam de R$ 10 a R$ 20 (linguiças, batata frita…). Os hambúrgueres variam de R$ 15 a R$ 20.  Neste sábado inaugural, abre ao meio-dia e segue até à meia-noite. Um dos carros-chefes da casa vai ser um prato com vários tipos de assados por R$ 45. O chopp vai ser Ekäut.

Desde criancinha

A paixão de Léo Macedo por carnes começou bem cedo. Aos 15 anos já comercializava os pernis defumados que a tia dele fazia em Boa Viagem. Estudou gastronomia, casou com a filha de um açougueiro e há cerca de seis anos abriu a Mr.Carnes, um açougue gourmet em Boa Viagem.

A Mr. Smoke surgiu quando comprou uma pit. É uma espécie de “carrinho” com tudo que é preciso para defumar e assar carnes como um profissional. Com esta pit, Léo já viajou para vários eventos Nordeste afora e por várias cidades de São Paulo. Foi com ela que ganhou o prêmio de melhor churrasqueiro de “brisket”, corte norte-americano de peito bovino, a mais importante categoria do Pit Master Brasil, a principal premiação para churrasqueiros no Brasil.

Com o hambúrguer bovino, foi parar em uma competição do programa de televisão Mais Você, de Ana Maria Braga. E foi o único finalista do Norte/Nordeste.

Mr. Smoke BBQ
📌Onde: Rua Figueira Filho, 77, Parnamirim, Recife-PE
Horário de funcionamento: está em esquema de soft-opening, com horários variados: quarta e quinta-feira, de 18h às 213h.Sexta, de 18h à meia-noite. Sábado, de 11h à meia-noite. Domingo, de 11h às 20h.
Informações: Instagram

PorAqui


Dobrar em dois anos: Avanade quer crescer no Recife e tem vagas abertas

Rodrigo Caserta, Country Manager da Avanade no Brasil

Com um aumento de faturamento de 23% no último ano fiscal, e um crescimento parcial de 35% para este ano, o escritório brasileiro da consultoria multinacional Avanade está surfando na retomada da economia nacional. E o comando da empresa quer aproveitar esse período positivo para investir mais na sua unidade no Porto Digital, no Recife.

De acordo com a diretoria da empresa, o objetivo para os próximos dois anos é duplicar a equipe pernambucana. E 40 dessas novas vagas já estão disponíveis através do programa Avanade Angular Academy (A3), que vai selecionar e treinar desenvolvedores(as) front-end. “Já tem projeto esperando essas pessoas”, avisa Rodrigo Caserta, Country Manager da empresa no País.

A ideia é recrutar talentos que já entendam de HTML+CSS+JAVASCRIPT, que irão passar por 2 semanas de treinamento hands-on do framework ANGULAR. “Queremos que essas pessoas comecem a trabalhar já em julho. Além desse projeto devemos contratar outras 20 pessoas até o fim do ano. Atualmente temos 203 funcionários no Recife e em dois anos e meio devemos passar dos 400”, afirma Caserta.

As inscrições vão até o dia 25/04.

Investimento local

A unidade Recife da Avanade já funciona no Porto Digital há quase 8 anos – foi aberta um pouco depois da chegada da própria empresa no Brasil. Mas nos últimos três anos vem crescendo de forma constante. “No fim do último ano fiscal (agosto de 2017) eram 148 colaboradores. Além do Recife, temos unidades em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas elas não devem crescer tanto. Estamos concentrando nossos esforços em Pernambuco agora”, conta o executivo.

Esse aumento no pessoal vem para suprir uma demanda que está sendo direcionada para a unidade. A Avanade não tem clientes no Recife, então o escritório local funciona como um delivery center da empresa, que quer montar na cidade um centro de inovação e aproveitar a mão de obra local para criar novas ofertas de venda para a companhia.

“Direcionamos 100% do desenvolvimento de Automação para o Recife, bem como todos os novos projetos de Cloud. Pernambuco também ficará com todos os projetos de CRM (Customer Relationship Management)”, explica Caserta. A Avanade é provedora de serviços digitais, soluções de negócios e experiências baseadas em projetos, entregues através do ecossistema Microsoft.

Com mais de 35 mil profissionais, a empresa nasceu em 2000 de uma joint venture da Accenture com a própria Microsoft Corporation. Em seu último ano fiscal, obteve um faturamento de US$ 2 bilhões.


Novo espaço de lazer: Shopping Tacaruna completa 21 anos com roda gigante na cobertura

A roda gigante do Tacaruna tem 20m de altura - Crédito: Júlia Molinari
A roda gigante do Tacaruna tem 20m de altura – Crédito: Júlia Molinari
No dia 28 de abril, o shopping Tacaruna irá inaugurar novo espaço de lazer e entretenimento, em comemoração aos seus 21 anos; celebrados no dia 29. Localizado na cobertura do edifício garagem, na segunda expansão do shopping, o local denominado de Rooftop tem uma área de 1.737,24 m². Foi um investimento de R$ 6,2 milhões: sendo R$ 5 milhões na obra e R$ 1,2 milhão nos eventos que serão realizados ao longo do ano.

O shopping Tacaruna inovou ao colocar uma roda gigante em cima da estrutura do mall – Crédito: Reprodução

A grande aposta da novidade é uma roda gigante, que será uma das atrações do projeto de Humberto Zirpolli. “A ousadia  de instalar um equipamento dessa magnitude, com 35  toneladas e 20 metros de altura na cobertura de um shopping é algo inovador”, pontua a superintendente Sandra Arruda. A roda gigante é um equipamento itinerante do Mirabilândia – inclusive, o brinquedo do Tacaruna ultrapassou a do parque em altura. No mall, para passear nele, o cliente deve pagar R$ 10, de segunda a quinta; e R$ 15, de sexta a domingo. Não há restrição de idade.

Crianças podem curtir a roda gigante, um ambiente específico para elas e eventos direcionados para o público infantil – Crédito: Reprodução

Ainda, a partir de um mezanino metálico construído no piso E6 do centro de compras, a vista das cidades de Recife e Olinda que o Rooftop proporciona é um dos diferenciais. Para quem preferir um local ainda mais alto, o topo da roda gigante oferece uma paisagem acima de 37m, juntando as alturas do prédio e do objeto. O espaço terá também mesas, cadeiras, bancos e cachepôs de plantas e parte do mobiliário possui iluminação especial em RGB podendo ter suas cores programadas (no ambiente pub, para jovens e adultos), além de uma área infantil.

O mezanino possibilita uma vista privilegiada das cidades do Recife e Olinda -Crédito: Reprodução

A ideia é que todo o espaço se adapte à proposta e público de cada evento, tornando decoração e serviços (oferecidos pelo centro comercial) mutáveis ao longo das programações semanais. Na data da inauguração, clientes, lojistas e funcionários poderão prestigiar um show com a Banda Urbana; que fará um tributo à Legião Urbana, às 18h. No dia 29, é a vez da criança celebrar com o “Show do Bita, no Mundo da Imaginação”, às 16h.

Em tempo, as atrações terão acesso limitado, com senhas que serão distribuídas ao público de 23 até 27 de abril – ou enquanto durarem as senhas; em uma loja ao lado da Donna Brigadeiro, no primeiro piso/expansão. Será possível retirar uma quantidade limitada de senhas por CPF para cada evento, sendo: 2 senhas para o sábado (Banda Urbana) e 4 para o domingo (Show do Bita).

Social1


Shopping Patteo Olinda abre as portas na próxima quarta (25)

O espaço terá cinco pisos de lojas

O espaço terá cinco pisos de lojas
Foto: Divulgação

O Shopping Patteo Olinda já tem data marcada para abrir as portas: o público poderá conferir o novo mall na próxima quarta-feira (25), a partir das 9h.

Entre os cinco pisos, terão espaços para mais de 380 operações. No Shopping, terá uma loja conceito da Saraiva, que será a primeira grande livraria de Olinda. A expectativa de público é, em média, 1,5 milhão de pessoas por mês.


Nova modalidade fitness, que promete queimar 400 calorias, chega ao Recife

A atividade é dividida em quatro blocos que se alternam entre sequências intervaladas de força e de cárdio.
Crédito: Bodytech/Divulgação

Misturando o mundo fitness com a prancha dentro da piscina, a modalidade Acqua Float chega a academia BodyTech no Recife. A atividade mistura o peso do corpo, com exercícios funcionais combinados ao ioga e pilates, aumentando a frequência cardíaca e promete queimar 400 calorias em 30 minutos de aula.

“O foco trabalhado nesta modalidade é a região do CORE, mas também há bastante ênfase em membros superiores e inferiores. A sobrecarga é do peso corporal, além da instabilidade gerada pela prancha na água”, afirma Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

A academia do Shopping Recife deve receber a prática até 27 de abril, dia em que a unidade pernambucana completa três anos.


Loja de moda feminina inaugura unidade na Zona Sul do Recife

Crédito: LePorte/Divulgação

As empresárias pernambucanas Gabriela Mota e Maria Duarte celebram nesta sexta-feira, a nova loja da Bliss, ​no Pina, com coquetel durante todo o dia. A marca, que existe desde 2015 e possui uma unidade no bairro do Parnamirim, vai poder receber a clientela da Zona Sul com muito conforto.

O novo espaço fica na Avenida Conselheiro Aguiar, 312, Pina, perto do salão Dorinha. A loja aposta em acervo diversificado para a moda feminina, com vestidos curtos e longos, macaquinhos e macacões, além de acessórios.


Recife recebe evento mundial de moda sustentável


Foto ilustrativa – Crédito: Pixabay

Focando na criação e produção de roupas e no impacto que elas causam a sociedade e ao meio ambiente, o Fashion Revolution – evento mundial em defesa da moda sustentável – desembarca no Recife entre os dias 24 e 29 de abril e será realizado no UniFBV, no Marco Pernambucano da Moda e no Garagem Café. O evento é composto por palestras, debates, mesas redondas e uma série de atividades. A iniciativa é gratuita e aberta ao público.

As oficinas, que acontecerão no Marco Pernambucano da Moda e na UniFBV, tem como temática a criação e produção de roupas e seu impacto. Além disso, as marcas locais exibirão seus processos produtivos e o que os resíduos que geram. Já as exibições de filmes e os debates serão realizados na UniFBV, localizada no Ipsep, e no Garagem café. O evento ainda tem espaço para troca de roupas e exposição das peças do concurso cultural.


Com faculdades públicas e sem vestibular, Argentina atrai cada vez mais universitários brasileiros

Estudantes na Universidade de Buenos AiresDireito de imagem Getty Images
Image caption Estudantes na Universidade de Buenos Aires, que tem 4% de estrangeiros, principalmente brasileiros

A possibilidade de estudar gratuitamente no exterior sem ter que prestar vestibulares tem atraído número crescente de universitários brasileiros para as universidades argentinas – a ponto de causar incômodo em alguns setores acadêmicos do país vizinho.

Nos últimos anos, a presença de estudantes brasileiros de diferentes regiões passou a ser cada vez mais frequente em cidades como Buenos Aires, La Plata e Rosario, onde estão algumas das principais universidades públicas da Argentina.

Há alunos brasileiros também em universidades menos conhecidas, como a do balneário de Mar del Plata, a 400 km de Buenos Aires.

O curso de Medicina é o mais procurado pelos brasileiros, segundo assessores das instituições de ensino argentinas.

O sistema universitário argentino exige dos brasileiros apenas o diploma do ensino médio, reconhecido nos ministérios da Educação do Brasil e da Argentina, e um documento de identidade (o DNI, emitido pelas autoridades migratórias). O desempenho do aluno no ensino médio não é avaliado. No caso do DNI, o processo foi simplificado nos últimos anos, mas o agendamento para o início da emissão do documento pode demorar alguns meses.

Sem vestibular

Diferentemente das universidades brasileiras, as universidades públicas argentinas não têm limites de vagas para vários cursos, incluindo os de Medicina, de acordo com a assessoria de imprensa das instituições acadêmicas. Essa facilidade de ingresso tem sido um chamariz para estudantes brasileiros.

Outro fator de peso, segundo acadêmicos ouvidos pela BBC Brasil, é a crise econômica brasileira.

“Nos perguntamos aqui por que tantos alunos brasileiros vieram nos últimos dois ou três anos e entendemos que o período coincide com a crise no Brasil”, disse um assessor acadêmico, pedindo para não ser identificado. “Sem dúvida, o que vem ocorrendo nos últimos tempos chama a atenção”, disse outro.

A Faculdade de Medicina da Universidade Nacional de La Plata (UNLP), a uma hora e meia de Buenos Aires, registrava em 2015 apenas 11 alunos brasileiros. Esse número saltou para 311 em 2017 e, neste ano, há 566 universitários brasileiros matriculados.

Universidade Nacional de La PlataDireito de imagem Getty Images
Image caption Alguns setores acadêmicos já manifestam preocupação com a presença crescente de brasileiros, uma vez que as universidades são financiadas com dinheiro do contribuinte

A reitoria da Faculdade de Medicina da UNLP diz que, nesse caso específico, o aumento é explicado pelo recente fim da exigência da prova de admissão, colocando em prática uma lei nacional de 2015.

“As provas (de admissão) deixaram de ser exigência para todas as universidades desde o retorno da democracia, nos anos 1980. Mas, por serem autônomas, algumas delas ainda aplicavam provas”, explica o reitor da Universidade Nacional de Rosário (UNR), Hector Floriani, à BBC Brasil.

Ali, dos cerca de 4 mil alunos de Medicina, 1,5 mil são brasileiros.

A UNR, assim como a Universidade de Buenos Aires (UBA), já não exigia há anos o exame de admissão, nem mesmo para o curso de Medicina.

Para facilitar a vida dos que chegam de fora, algumas universidades ainda oferecem cursos grátis de espanhol, antes de as aulas na faculdade começarem.

A brasileira Raquel Moraes, 25 anos, estudou Engenharia durante cinco anos na Universidade de Brasília e decidiu passar para Medicina. Ela está no primeiro ano da Universidade de La Plata e conta que optou por Buenos Aires justamente pela gratuidade e facilidade de ingresso. “Tem muitos brasileiros estudando aqui”, agrega.

Críticas

No entanto, o acesso ilimitado e gratuito – que é igual para argentinos e estrangeiros – começa a despertar críticas em alguns setores acadêmicos.

Ainda de forma incipiente, há quem defenda que o acesso continue irrestrito, mas apenas para os estrangeiros que cursaram os ensinos fundamental e médio na Argentina e que provavelmente continuarão vivendo no país.

“A Argentina tem mais de 20% de pobres. Não é mais um país rico. Como podemos sustentar a educação da classe média brasileira?”, questiona um assessor acadêmico.

O reitor Floriani, da UNR, admite que a crescente presença brasileira tem causado preocupação.

Estudantes de MedicinaDireito de imagem Getty Images
Image caption Cursos de Medicina são os mais procurados pelos brasileiros

“É interessante contar com alunos estrangeiros, porque a troca é enriquecedora. Mas depende da quantidade de alunos. Mil e quinhentos (brasileiros) é um número elevado. Além disso, não existe um sistema de reciprocidade. Não imagino que uma universidade federal brasileira receba 1,5 mil alunos argentinos”, diz ele, destacando ainda que 80% do sistema universitário argentino é financiado por dinheiro público.

Segundo o reitor, algumas famílias brasileiras têm achado mais vantajoso economicamente enviar o filho para uma universidade argentina, mesmo pagando passagem e estadia, do que mantê-lo em uma universidade particular brasileira. Isso apesar de o custo de vida não estar baixo na Argentina, onde a inflação deve chegar a 20% neste ano.

Procurados pela BBC Brasil, o Ministério da Educação da Argentina e o Consulado do Brasil no país vizinho informaram não ter dados atualizados sobre estudantes brasileiros nas universidades públicas.

Em São Paulo, o ex-ministro brasileiro da Educação Renato Janine Ribeiro concorda que a gratuidade do ensino e a não existência do vestibular são os motivos que atraem os estudantes brasileiros para as universidades argentinas. “É muito difícil entrar para uma universidade pública (no Brasil), principalmente em Medicina, e as particulares são caras”, destaca.

Mesmo no ensino particular há grande discrepância de valores. O preço da mensalidade de Medicina na faculdade Barceló, em Buenos Aires, onde a presença de brasileiros é a maior entre estudantes estrangeiros, é de 7,5 mil pesos (cerca de R$ 1.250). Já a mensalidade de uma faculdade particular no Brasil pode variar entre R$ 3,5 mil e mais de R$ 7 mil.

“Temos estudantes brasileiros de vários lugares do Brasil, como Rio de Janeiro, Mato Grosso e Fortaleza”, diz o Departamento de Relações Institucionais e Admissão da Barceló.

Janine afirma ainda que a tradição do ensino argentino também contribui para atrair brasileiros, lembrando que ainda é “muito baixo” (20%) o percentual de brasileiros entre 18 e 24 anos matriculados no ensino superior.

Prédio da Universidade de Buenos AiresDireito de imagem Getty Images
Image caption Analista diz que é mais fácil entrar em universidades argentinas, mas também é mais difícil concluir cursos

Fácil entrar, difícil sair?

O especialista argentino Alieto Guadagni, membro da Academia Argentina de Educação, é um dos que tem levantado hipóteses para a maior presença de alunos brasileiros nas universidades argentinas.

“Será que esses alunos não passaram no Enem no Brasil e buscam as universidades argentinas como alternativa?”, questiona.

Ao mesmo tempo, Guadagni afirma ainda que, embora seja mais fácil ser admitido, “é mais difícil concluir a faculdade na Argentina”.

Ele cita dados oficiais de 2015 que apontam que, a cada 10 mil habitantes na Argentina, 29 estudantes concluíram a universidade (não há dados específicos sobre estudantes brasileiros) naquele ano. Sob os mesmos critérios, no Brasil foram 56 estudantes.

“Ou o ensino aqui é mais exigente ou os alunos estão menos preparados quando entram na universidade e por isso têm dificuldade de chegar ao final da faculdade”, analisa Guadagni.

Como regra própria, a Universidade de Buenos Aires, a maior da Argentina, ministra o Ciclo Básico Comum (CBC), que é o primeiro ano de estudo na instituição e vale para estudantes de todas as áreas, incluindo Medicina. O curso pode ser ministrado até à distância.

O CBC é cursado durante um ano e oferece cursos específicos paralelos, como compreensão de texto e matemática, para aqueles que apresentam dificuldades para acompanhar o ritmo das matérias. O objetivo, informou a UBA, é “nivelar” a educação dos alunos para facilitar o ensino e aprendizagem “igualitários” nas aulas.

‘Meus pais não poderiam pagar’

A brasileira Rafaela Laiz, 20 anos, começou a cursar à distância o CBC neste ano e pretende se mudar de Lajinha (MG) para a Argentina em 2019, para cursar Medicina na UBA.

“Quero ser cardiologista, mas a faculdade aqui no Brasil é muito cara, em torno de R$ 5 mil. Meus pais não poderiam pagar. Por isso, me inscrevi no CBC da UBA, e no ano que vem vou para Buenos Aires”, conta. “Já soube que a prova para revalidar meu diploma argentino aqui no Brasil é bem difícil, mas mesmo assim vale a pena.”

O Revalida é o exame anual realizado no Brasil para que brasileiros ou estrangeiros que cursaram Medicina no exterior possam exercer a carreira de médico no país. O exame, aplicado pelo INEP (ligado ao Ministério da Educação), é considerado exigente. Em 2016, o índice de reprovação chegou a quase 60%.

A UBA, escolhida por Rafaela Laiz, tem 300 mil alunos (40 mil em Medicina) – sendo 4% deles estrangeiros, liderados por brasileiros, que começaram a chegar em maior número a partir de 2016.

Os últimos dados disponíveis apontam que mais de 60% dos brasileiros que estudam na UBA escolhem a carreira de Medicina.

O subsecretário de Assuntos Internacionais de UBA, Patrício Conejero, diz à BBC Brasil que o destaque da instituição nos rankings universitários internacionais acaba atraindo estrangeiros.

“O acesso à universidade é igual para argentinos e estrangeiros. A presença de estudantes estrangeiros contribui para melhorar nossa performance internacional”, opina.

Marcia Carmo De Buenos Aires para a BBC Brasil


Recife receberá cinco restaurantes da rede americana Pizza Studio

Rede americana investiu R$ 2,5 milhões para abrir cinco unidades até o fim do ano


A proposta do restaurante é oferecer o fast food usando ingredientes mais leves
Foto: Divulgação

O Recife será a primeira cidade do País a receber unidades da rede americana Pizza Studio. Com um investimento de R$ 2,5 milhões, o grupo pernambucano Drumattos adquiriu o direito de exploração da marca no Brasil.

A primeira loja será inaugurada em junho, no Aeroporto Internacional do Recife, e até o fim do ano devem ser abertas outros quatro espaços. O investimento vem sendo planejado há cerca de um ano e meio, quando o grupo iniciou uma série de pesquisas no mercado americano para trazer uma de suas marcas.

“Lá conhecemos a Pizza Studio, que tem um proposta que ainda não é muito explorada no Brasil, a do ‘fast casual’, e decidimos trazer isso para cá”, explica o gerente de novos negócios do grupo, Raphael Mattos.

A proposta do restaurante é oferecer o fast food usando ingredientes mais leves. O objetivo é entregar o pedido em no máximo três minutos, com preços que variam de R$ 13 a R$ 27. O cliente ainda pode criar os próprios sabores escolhendo os ingredientes.

Além do aeroporto, já estão definidas novas lojas para o Shopping Recife e o Shopping Patteo Olinda. Com o direito de exploração da marca, apenas a unidade do aeroporto é própria do grupo. A expansão se dará por franquia, cujo investimento sai em torno de R$ 500 mil, com previsão de retorno do investimento após quatro anos.

“Acreditamos que Recife é o local ideal para a nossa primeira unidade, pelo grande fluxo de pessoas que transita no aeroporto e buscam alimentação rápida e pratos mais nutritivos”, diz Mattos.


Google oferece curso gratuito para profissionais de tecnologia em Recife

O evento Google Cloud OnBoard acontecerá no dia 10 de maio na Arena Pernambuco, em Recife

Foto: Pixabay/Reprodução

A empresa multinacional de serviços online e software, Google irá promover um treinamento para desenvolvedores, programadores e especialistas em TI que buscam aprofundar seus conhecimentos nas novas tecnlogias do Google Cloud Platform.

O evento Google Cloud OnBoard acontecerá no dia 10 de maio na Arena Pernambuco, em Recife, e as inscrições são gratuitas. Além disso, os profissionais receberão certificado de participação.

Principais especialistas em cloud do Google dividirão seu conteúdo em sete módulos focados nas soluções go Google Cloud Platform, como Google App Engine, Datastore, Storage, Container Engine, Compute Engine e Network, Big Data e Machine Learning.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas até a véspera do treinamento no site oficial do evento. Depois de Recife, o Cloud OnBoard terá edições em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Serviço

Inscrições gratuitas: goo.gl/jrwkcN
Cloud OnBoard 2018 – Recife/PE
Data: 10 de maio
Local: Arena Pernambuco
Endereço: Avenida Deus É Fiel, 1A, Jardim Penedo, São Lourenço da Mata
Horário: A partir das 8h.
Capacidade: 1.000 pessoas


Mais de R$ 5 bilhões para investir em Pernambuco

Ernerto Cruz toma posse da superintendência do Banco do Nordeste em Pernambuco com a missão de fortalecer investimentos no setor produtivo local

Novo superintendente se disse pronto e lisongeado com a missão recebida de comandar Pernambuco, onde sua carreira no banco começou há 38 anos.
Foto: BNB/Divulgação

A missão do novo superintendente do Banco do Nordeste à frente do estado de Pernambuco, Ernesto Cruz, começou nesta sexta-feira (20). Sob seu comando, a meta é operar a quantia de R$ 5,6 bilhões em financiamentos na atividade econômica local em 2018. O montante é bem acima do orçamento de 2017, de R$ 2,9 bilhões, o que coloca no colo do novo gestor uma responsabilidade no conjunto do Banco. A cerimônia de posse contou com a presença do presidente da instituição, Romildo Rolim, que reiterou o objetivo de credenciar o banco como instrumento de desenvolvimento e que Pernambuco terá a estrutura para que as metas sejam atingidas.

“Estamos satisfeitos em estar no Recife para dar posse ao novo superintendente do banco em Pernambuco, Ernersto Cruz. Ele é uma aposta do banco na missão de aplicar a totalidade dos recursos do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste) para, fazendo isso, credenciar de forma forte o BNB como banco de transformação, levando crédito para as pessoas, para as empresas, promovendo realmente o avanço da produtividade da indústria, aumento na geraração de emprego e renda e assim fazer desenvolvimento”, destacou o presidente Romildo Rolim. “Até porque, em novembro, o relatório final do ano deve atestar que o trabalho está correto e que deve continuar, independentemente de quem será o presidente do Brasil”, complementou.

Em 2017, o orçamento do banco disponível para investimentos em Pernambuco foi de R$ 2,9 bilhões. Para 2018, passa para R$ 5,6 bilhões, sendo 4,6 bilhões do FNE e R$ 1 bilhão do Crediamigo. “É um desafio grande, mas estamos com as nossas esteiras negociais e técnicas trabalhando forte. Grande parte já está em andamento com projeto sendo trabalhado e a meta aplicar todo o recurso. O Ernesto está preparado e, juntamente com a equipe do estado, agências e funcionários de áreas técnicas, vão trabalhar com esse desafio, que é de um time só, o de buscar um grande resultado no estado de Pernambuco”, complementou o presidente.

Em seu discurso de posso, Ernesto Cruz pontuou o desafio e prometeu buscar os objetivos. “Volto a minha amada Recife, no meu querido Pernambuco, onde tudo começou há 38 anos. Muito nos honra o convite do presidente do banco do nordeste para assumir Pernambuco com um aporte de R$ 4,6 bilhões do FNE para aplicar numa economia punjante como a de Pernambuco, com potencial em diversos setores, como no agronegócio, nos serviços, na indústria e no turismo, além da infraestrutura, com a vanguarda da energia limpa”, detalhou.

Ainda de acordo com Cruz, é instigante o desafio. “Temos condições de alcançar, com tralho em equipe e sinergia total de todos os funcionários do estado. Não faltará garra, muito menos disciplina em foco nos objetivos de fazer os empresários obterem êxito, do miniprodutor rural à grande industria. Visamos o sucesso e a competitividade de todos os envolvidos, de forma que inspire outros empreededores e que o terreno esteja fértil para negócios que gerem emprego, renda e segurança para as famílias não só de Pernambuco, mas de quem os projetos locais alcançarem”, acrescentou.


Empreendedores escolhem Zona Norte como espaço para firmar marcas no Recife

Com quase 90% de unidades de serviço da região voltadas para comércio, casarões são adaptados para servir a moradores que têm hábito de fazer as coisas a pé e singularidades

Por: Thatiana Pimentel


Localização considerada central, tamanho do casarão e área verde ao redor foram motivos que fizeram Barchef se instalar em Casa Forte Local Nando Chiappetta/DP

Uma região com vocação para serviços e comércio, que guarda alguns dos metros quadrados mais caros do Nordeste, cercada de verde, onde os moradores se preocupam com o meio ambiente e gostam de circular a pé. Essas são características de alguns bairros da Zona Norte do Recife, a exemplo de Aflitos, Tamarineira, Parnamirim, Casa Forte, Jaqueira, Poço da Panela e Apipucos. Na área em que estão inseridos, o total de empresas ultrapassa 20 mil registros, 13% das unidades da cidade, sendo 87,5% desses de serviços ou comércio. Quem quer empreender por lá precisa entender as fortes singularidades dos consumidores locais. A primeira é a walkability ou caminhabilidade. É a necessidade das empresas de estarem à distância de uma caminhada de seus clientes. Os dois pontos são respeito à tradição e comprometimento com a sustentabilidade.

“Queríamos ter um ponto central com restaurantes, pub e um mercado que seja próximo ao público, com esse conceito de proximidade e ter opções para todas as idades. Isso não existia no Recife. Como precisávamos de um espaço como esse, um casarão grande e com muito verde, começamos a avaliar a Zona Norte e a renda per capita daqui, que é bem alta, fez a gente apostar”, explica Hélder Bezerra, que comanda o Barchef com os irmãos Gilberto e Bueno.

Para Roberto Ferreira, professor de economia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Faculdade Guararapes (FG) e morador da Zona Norte, o caráter tradicional dos bairros se preserva pelo lento desenvolvimento econômico deles e se tornou uma das qualidades que conferem nobreza à área. “Há 20 anos, não existia nenhum polo econômico nesses bairros nem residencial mesmo. Aqui, os prédios vieram primeiro e eles que trouxeram essa vocação de serviços e comércio para a região”, avalia o especialista.

Por outro lado, alerta Ferreira, esse desenvolvimento populacional e financeiro também está gerando um ônus para a mobilidade da Zona Norte. “Assim como a Via Mangue foi construída para ser um escape do trânsito da Zona Sul, a Zona Norte hoje já precisa de uma solução urbanística para o caos do trânsito”.

Escolha

Os sócios do GreenMix, Ricardo Canella e Rafaela Dias, Luciano Pontes e Mariana Dias, que têm uma unidade do mercado saudável em Boa Viagem, estão satisfeitos com a decisão de abrir uma unidade, em 2017, nas Graças, no famoso casarão da Toyolex. “Crescemos 80% neste primeiro ano na Zona Norte. Então, podemos dizer que fomos muito bem recebidos pelos moradores. Notamos que existe uma preocupação maior com a qualidade de vida, saúde e praticidade por aqui, que é o que oferecemos”, destaca.

Para jovens empreendedores, investir na Zona Norte é fundamental para consolidar uma marca no Recife. Esse foi um dos motivos da escolha de Eduardo Freyre, responsável pelo bar Vaporetto, inaugurado em 2014 em frente à Praça Compositor Antônio Maria, em Casa Forte. Com a consolidação, o empresário sentiu a necessidade de explorar também o público em busca de lanches e inaugurou uma Beleleu, hamburgueria gourmet, ao lado do Vaporetto, no final de 2016.

As empresárias Maria Duarte e Gabriela Mota, que possuem uma unidade da loja Bliss (moda feminina) em Boa Viagem e outra no Parnamirim, observam diferenças no perfil dos clientes das duas regiões. “Em Boa Viagem, as meninas são mais produzidas, gostam de brilho, roupas mais coladas. Na Zona Norte, notamos que as mulheres são mais descoladas e desencanadas. Aqui, a preferência é por roupas leves, coloridas e estampadas”, explica Maria Duarte.

Diario PE


Estaleiro Atlântico Sul (EAS) busca apoio para se firmar no mercado

Estaleiro Atlântico Sul (EAS) tem tentado sobreviver para se firmar no mercado internacional e conquistar novos contratos


Estaleiro Atlântico Sul

Também situado no Complexo de Suape, o Estaleiro Atlântico Sul (EAS) tem tentado sobreviver de outra forma. A empresa está angariando apoio político para poder competir com o mercado internacional e, consequentemente, conquistar novos contratos. Por isso, vai receber uma comitiva com membros do Ministério dos Transportes, do Fundo de Marinha Mercante e do Ministério de Minas e Energia na próxima segunda-feira (23).

Presidente do EAS, Harro Burmann explicou que o estaleiro foi o local escolhido para a celebração dos 60 anos do Fundo de Marinha Mercante. Afinal, está prestes a entregar o primeiro navio do tipo Aframax totalmente produzido em Pernambuco – o Castro Alves, petroleiro que voltou da prova de mar há poucos dias. Ele, no entanto, quer usar o evento em prol do EAS. “A expectativa é que os presentes se sensibilizem com o que vão ver aqui e nos ajudem a aprovar as medidas que nos dão a garantia necessária para destravar projetos”, afirmou.

Ele explicou que uma Medida Provisória está em tramitação no Congresso para mudar as regras do Fundo de Marinha Mercante. A ideia é criar um fundo garantidor para a indústria naval, que hoje, devido à falta de encomendas, não tem condições de oferecer garantias que os bancos exigem. O EAS, por exemplo, só tem mais quatro navios para terminar. Ou seja, não tem encomendas para trabalhar a partir de meados do próximo ano.


Petrobras quer vender parte da Refinaria Abreu e Lima, em Suape

Depois de vender a PetroquímicaSuape e a Citepe para a mexicana Alpek, a Petrobras quer vender ativos da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Suape

Direção da empresa admitiu desvio em contrato da Rnest
Foto: Agência petrobras

O Polo Petroquímico de Pernambuco pode ser quase que inteiramente entregue às mãos da iniciativa de privada. Depois de vender a PetroquímicaSuape e a Citepe para a mexicana Alpek, a Petrobras quer se desfazer de ativos da Refinaria Abreu e Lima (Rnest). A intenção foi anunciada nessa quinta-feira (19) busca amenizar a dívida da estatal. A Petrobras alega que a medida também será benéfica para o mercado de petróleo e gás, mas os trabalhadores discordam e podem entrar em greve contra a decisão.

A venda de parte da Rnest faz parte de um grande plano de desinvestimento, que também atinge as refinarias Landulpho Alves (BA), Alberto Pasqualini (RS) e Presidente Getúlio Vargas (PR), além de 12 terminais e 24 dutos de movimentação de petróleo e derivados – empreendimentos que representam 37% da capacidade de refino do Brasil.

“O modelo preliminar prevê a constituição de duas novas empresas. Uma no Sul e outra no Nordeste, com coparticipação de refino e logística”, anunciou o gerente geral de reestruturação de refino, transporte e comercialização da Petrobras, Arlindo Moreira Filho. Ele explicou que a ideia é transferir 60% de cada um desses ativos para iniciativa privada.

“Para a operação ser bem sucedida, é importante que o novo agente tenha liberdade para a formação comercial. Mas a Petrobras vai cobrar excelência nos padrões de segurança, saúde e meio ambiente”, garantiu. A empresa ainda afirmou que, mesmo com essas operações, manterá 75% da capacidade de refino nacional.

A Petrobras não revelou quanto pretende arrecadar com as vendas; mas admitiu que os recursos devem ser usados no abatimento da sua dívida, que hoje gira em torno de US$ 85 bilhões, e garantiu que a medida será benéfica para os brasileiros. A empresa detém 99% do mercado de refino nacional e acredita que a entrada de novas companhias na operação pode trazer mais competitividade, gerando preços mais atrativos e investimentos. Por isso, Moreira afirma que a medida pode favorecer as obras de conclusão da Rnest.

Lançada em 2015, a Refinaria Abreu e Lima foi projetada para ter dois trens de refino, com capacidade de processar 230 mil barris de petróleo por dia. Hoje, no entanto, não tem nem um trem funcionando com a capacidade total. É que as obras do segundo trem estão paradas desde 2014, e a Petrobras ainda está concluindo a Operação da Unidade de Abatimento de Emissões (SNOX), que vai permitir a operação integral do primeiro trem.

“Haverá uma condição mais favorável à conclusão dos investimentos com a criação desta nova empresa, que vai nascer com condições mais leves”, afirmou Moreira, admitindo, no entanto, que a conclusão do empreendimento não será exigido ao parceiro privado. “Não é uma condição imposta ou uma obrigação, mas uma escolha natural, por conta do crescimento do mercado nacional, do que já foi investido no local e da oportunidade que representa esse segundo trem”, avaliou o gerente da Petrobras, dizendo que a Rnest foi incluída neste pacote porque representa um bom negócio.

“Apesar de não estar concluída, a Rnest já tem capacidade de refino relevante, transforma muito petróleo pesado em diesel. É um ativo de qualidade, que vai contribuir para a geração de caixa da Petrobras”, alegou.

A venda da Rnest e das demais refinarias, porém, não está garantida. O projeto passará por um processo de aprovação interno na Petrobras e deve sofrer resistência dos trabalhadores. Se aprovado, ainda levará de nove a 12 meses para ser executado. Depois disso, o contrato deve passar por instâncias reguladoras como o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Por isso, a iniciativa privada só deve entrar nos empreendimentos em meados do ano que vem.


Correios Celular é implantado em Pernambuco

Planos pré-pagos do celular dos Correios variam entre R$ 30 e R$180. Entre os grandes diferenciais, benefícios como WhatsApp com tráfego de dados grátis e internet sem cortes por 30 dias, mesmo após o consumo do plano em baixa velocidade.

Com investimento de R$ 150 milhões, realizado pela parceria privada EUTV, os Correios lançaram nessa quinta-feira (19) em Pernambuco o Correios Celular. O serviço de telefonia móvel, já em funcionamento há um ano em 15 estados brasileiros, chega ao Estado dentro do plano de implantação gradativa da estatal.

O plano dos Correios prevê até o fim deste ano a ampliação de 120 mil para 1 milhão de usuários, que podem escolher entre as quatro opções de planos pré-pagos disponíveis, com cargas que variam entre R$ 30 e R$ 180. Os chips são comercializados por R$ 10 e estão disponíveis para compra nas cerca de 1.900 agências postais e mais de 150 mil postos de recarga dos Correios.

“Essa iniciativa faz parte da restruturação dos Correios, pois não há nada mais antigo do que o telégrafo, que integra o nome da nossa marca, e nada tão moderno quanto o celular”, revelou em sua passagem pela capital pernambucana o presidente da estatal, Carlos Fortner.

O diretor-presidente EUTV, empresa responsável pela infraestrutura e suporte do Correios Celular, Yon Moreira, reforçou o compromisso em fazer da operação a melhor experiência para os usuários. “Estamos disponibilizando atrativos que vão além do valor da carga mensal. Afinal, o nosso serviço mais básico, como o Alô 30, o consumidor vai pagar R$,30 e ter 1GB de internet para navegar e quando terminar a sua franquia não fica sem acesso, além do Whatsapp com tráfego de dados grátis”, destaca Moreira.

Atento a uma das maiores reclamações do segmento de telefonia móvel pré-paga, quem optar pelo serviço dos Correios Celular vai poder contar com o suporte dos atendentes do call center. “Quando o cliente liga, ele fala com uma pessoa, não com uma gravação. Esse é outro grande diferencial, pois estamos focados de fato em oferecer uma melhor experiência para o consumidor pré-pago”, afirma o investidor, que planeja ampliar no próximo semestre o serviço para o mundo corporativo.


Shopping Tacaruna anuncia nova área de lazer com roda gigante

Com investimento de R$ 6,2 milhões, o Shopping Tacaruna vai inaugurar uma área para lazer que contará com roda gigante


Nova área de lazer do Shopping Tacaruna
Foto: Divulgação

Para comemorar os 21 anos, o Shopping Tacaruna anunciou a novidade de uma área de lazer e entretenimento. Com investimento de R$ 6,2 milhões, o projeto denominado de Rooftop tem previsão de ser inaugurado no próximo dia 28. Do total, R$ 5 milhões foram recursos para a obra e R$ 1,2 milhão, nos eventos que serão realizados ao longo do ano. Localizado em uma área de 1.737,24 metros quadrados (m²), o espaço vai contar com uma vista para as cidades do Recife e Olinda a partir de um mezanino metálico construído no Piso E6 do mall.

Entre as atrações, está uma roda gigante que tem o projeto arquitetônico assinado por Humberto Zirpolli. De acordo com a superintendente do Tacaruna, Sandra Arruda, o projeto representa uma ousadia e inovação ao instalar um equipamento com 35 toneladas e 20 metros de altura na cobertura de um shopping. A superintendente ainda lembrou que o equipamento está sendo utilizado em eventos de grande porte e festivais musicais. A roda gigante será oportunidade para os clientes que desejam ter uma perspectiva mais alta das paisagens das cidades, representando uma atração turística para quem visitar o Tacaruna.

O Rooftop também será composto por mesas, cadeiras, bancos e cachepôs de plantas, além de parte do mobiliário possuir iluminação especial com cores programadas. O local será área para shows de adultos e crianças, além de outros eventos programados. Para inaugurar, o mall preparou apresentações da Banda Urbana e do Show do Bita a partir das 16h do dia 28 deste mês. O evento terá acesso limitado, com senhas distribuídas ao público de 23 a 27 da próxima semana. Será possível retirar as senhas no primeiro piso do shopping.

Atualmente, o Tacaruna conta com 269 lojas, além de serviços, lazer e um polo gastronômico. Por mês, mais de 1 milhão e 300 mil pessoas circulam no shopping, que tem área bruta locável de 48.969 m² e 100.093 m² de área construída. São cerca de cinco mil empregos diretos gerados no mall.


Novo Espaço de Atendimento ao Empreendedor é inaugurado no Recife

Parceria firmada entre o Sebrae em Pernambuco e a Faculdade Damas abrirá novo Espaço de Atendimento ao Empreendedor na área da instituição de ensino superior.

A inauguração será na Faculdade Damas, na próxima terça-feira (24), das 16h30 às 22h. O evento é gratuito e contará com palestras esclarecedoras acerca do ambiente empresarial.

O novo espaço atenderá a comunidade acadêmica e micro e pequenos empreendedores do entorno da faculdade, promovendo capacitações e oferecendo orientação gratuita. Outras parcerias como essa, entre o Sebrae e instituições de ensino, como a que foi feita com a UniFG, já apresentam bons resultados no atendimento e formação de jovens empreendedores.

A inauguração do Espaço Sebrae de Atendimento na Faculdade Damas será seguida de uma feira de negócios e food trucks e haverá palestras sobre formalização dos Microempreendedores Individuais (MEI) e sobre empreendedorismo e carreira.

De acordo com José Edson Monteiro, analista do Sebrae responsável pela realização do evento, ter espaço de atendimento do Sebrae dentro de instituições de ensino é uma forma de incentivar jovens e estudantes a ingressar no mundo do empreendedorismo. “Queremos fomentar o pensamento empreendedor nas pessoas, repassar informação de qualidade e capacitar possíveis empreendedores”, afirmou.


Xodó 4 Patas muda de endereço e oferece maior creche e hotel para cães no Recife

Quem tem um animal de estimação sabe do amor incondicional por esses seres de quatro patas. Cães e gatos são integrantes da família e recebem todo o carinho e cuidado de seus tutores. A publicitária e agora empresária em tempo integral, Marília Moraes, abriu há quase 4 anos, o Xodó 4 Patas e, nesse período, viu o seu negócio prosperar e está de malas prontas do Parnamirim para a Estrada do Arraial, na Tamarineira, a 500m do endereço antigo. O novo espaço, quatro vezes maior, será inaugurado no próximo dia 02 de maio, e oferecerá os serviços de Hotel, Creche, Consultório, Centro de Estética, Toca do Gato e vendas de produtos numa área de 1,4 mil metros quadrados.

Com a nova sede, o Xodó 4 Patas terá o maior espaço de creche e hotel para cães no Recife, com local de convivência. “Nessa área de 500 m2 os animais vivem a fantástica experiência de socialização com outros animais, estabelecem laços com outros grupos de cães, de forma saudável e leve, sem traumas ou imposições”, ressalta a empresária. Os profissionais que atuam neste espaço foram capacitados em São Paulo num resort específico para hotel e creche.

O Xodó 4 Patas, na nova sede, terá a capacidade de atender por dia, uma média de 120 animais no Centro de Estética; 60 cães na creche; 50 cães no hotel; 10 animais no Consultório; 3 gatos na Toca do Gato. Esse espaço para felinos agora conta com 3 ambientes amplos, salas climatizadas cheias de brinquedos e acessórios especiais. Cada ambiente é exclusivo para uma única família e o gato poderá deitar e rolar, em ambientes independentes.

O Centro de Estética para cães e gatos é um dos destaques do Pet Shop. Amplo, com serviço agendado e toda a visibilidade para os clientes acompanharem os procedimentos realizados em seus xodós. O consultório veterinário, também para cães e gatos, oferece atendimento diário nas áreas de clínica e dermatologia. Um veterinário está a postos, de segunda à sábado e, as sextas-feiras, um profissional especialista em nutrição. Os atendimentos são com horário marcado para cardiologista e oftalmologista. No espaço também são realizados exames clínicos, ultrassonografia e vacinação. Todo o controle das datas de vacinas, vermífugo e carrapaticida são lembrados pela equipe para que o tutor não se atrapalhe com as datas e mantenha a saúde de seu animal de estimação sempre em dia. Para quem não puder se deslocar até o pet shop um serviço de Delivery pode buscar e levar animais na zona norte.

A loja mais ampla e confortável permite uma melhor exposição das novidades do mundo pet nos setores de brinquedos, delicatessen, conveniência, farmácia, acessórios e coleiras da boutique que fazem o maior sucesso entre os pets e seus pais corujas. A loja e o consultório do Pet Shop funcionam de segunda à sábado das 8h às 18h. A creche de segunda à sábado, das 7h30 às 18h e o Hotel e a Toca do Gato, 24h por dia, os 7 dias da semana. Quem tem um Xodó de 4 patas não pode deixar de conferir in loco as novidades desse mega estabelecimento para cães e gatos, a partir de maio, na Tamarineira.

SERVIÇO:

XODÓ 4 PATAS

Estrada do Arraial, 3108, Tamarineira

(81) 3877-4440 / 99239-0465

instagram.com/xodo4patas

facebook.com/xodo4patas

www.xodo4patas.com.br


Chuvas recuperam barragens de Solidão e Santa Terezinha, no Sertão do Pajeú

Distrito de Borborema, em Tabira, também voltou a ser abastecido pela Barragem do Travessão, que está vertendo

O mês de abril trouxe chuvas generosas para a região do Sertão do Pajeú, após um longo período de seca. Desta vez, as barragens de Nossa Senhora de Lourdes, no município de Solidão, e a Barragem José Antônio, em Santa Terezinha, saíram do colapso e estão com condições de abastecer as duas cidades.

As chuvas também recuperaram a Barragem do Travessão, localizada em Tabira, que atingiu a sua capacidade máxima (270 mil metros cúbicos de água) e está vertendo, e já voltou a fornecer água para o distrito de Borborema, na zona rural do município. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) também já providenciou o retorno da distribuição de água pela rede em Solidão, e a previsão é que os moradores de Santa Terezinha voltem a ter água nas torneiras até a próxima quarta-feira (25).

O município de Solidão, que entrou em colapso no mês de fevereiro deste ano, festeja a água acumulada na Barragem de Nossa Senhora de Lourdes. O manancial atingiu aproximadamente 40% do volume total, e já está abastecendo os 2,5 mil moradores da cidade.

A Barragem José Antônio, que estava seca desde dezembro de 2016, registra agora 26% da sua capacidade máxima, que é de 2 milhões metros cúbicos de água. A Compesa realiza ajustes operacionais na Estação de Tratamento de Água (ETA) para voltar a abastecer a população de Santa Terezinha, cerca de 12 mil pessoas. Em função do longo período que o sistema ficou desativado, os técnicos farão um acompanhamento do comportamento da rede de distribuição com o retorno da operação.

O sistema de abastecimento da Santa Terezinha ainda recebe contribuição da Barragem do Tigre, que também conseguiu acumular água com as chuvas deste ano. Mas para utilizar água do Tigre, a companhia realiza um serviço de manutenção na adutora que transporta água da barragem até a ETA.

“Nas duas cidades e no distrito de Borborema vamos verificar o primeiro ciclo de abastecimento de água e estudar a demanda de cada localidade para depois definir como ficará o calendário”, explica Gileno Gomes, gerente da Unidade de Negócios da Compesa.